domingo, 20 de abril de 2014

O Grande Dragão Azul - 19.04.2014



Voo, sinto, crio, protejo, mereço, inalo, volto do passado, sinto a noite e seu ar gelado. Subo as montanhas e do alto vejo o que vocês não conseguem ver e sentir. O que vocês pressentem, eu já vi o final.

Trevas não penetram meu coração, ele é feito de luz, a mesma do seu. Somos um com toda a criação. Sei que vocês me temem e me pressentem, pois meu calor irá abalá-los. Mas é para seu bem, sabem porque?  Porque sigo as ordens do universo, porque ele e eu somos um e desejamos vê-los mais fortes. Somos um com tudo, com a deusa, com o pai, com a terra, com as estrelas.

Vocês são feitos do mesmo ar que exalo, com a força e poder de minha fogueira interna. Eu e você já voamos alto, dentro e fora das naves, se bem que eu prefiro navegar ao lado delas, com os anjos, como piratas do espaço, pois ousamos pegar o que é de todos, o brilho das estrelas.

O brilho delas não tomamos emprestado, pois ao passar por elas, elas gentilmente oferecem a matéria prima das grandes viagens galácticas. Somos o próprio pó das estrelas, e nas galáxias vamos ao centro, brincar de carrossel, e de lá, ajudamos a espalhar o vento cósmico, através de nosso sopro celestial, cheio de justiça e poder.

A verdade prevalecerá, custe o que custar. Pegue seu escudo, sua armadura e tome sua espada. Suba nessa montanha comigo e juntos, pediremos ao criador a força que somente os nobres corações possuem.

Eu amo as estrelas, e vocês?  Eu amo os dragões e pressinto sua aproximação. Não precisamos temê-los. Seu fogo derreterá todas as ilusões.

Beijos estrelados no coração de todos.


Canal: Lua de Luzz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...