sábado, 13 de fevereiro de 2016

Pai Tobias de Aruanda - "Os responsáveis pela história / Você não precisa se preocupar com o que os outros pensam sobre você / Você já foi de tudo neste vida Terrestre" - 11.02.2015



Salve, filhos!

Vamos ter uma prosa? Uma prosa sobre tudo que vocês já foram e tudo que vocês representam nesta Terra. E que já passou da hora de vocês pararem de se entristecer e preocupar com o que os outros pensam a seu respeito. Quando pensam de forma negativa, vamos dizer assim, vocês se entristecem, mas então, porque, quando vocês recebem elogios, vocês não se aborrecem? (risos...) Vamos procurar um ponto de equilíbrio, um lugar onde vocês estejam em paz, tanto com os elogios, quanto com as críticas. Um lugar que deixe vocês centrados e que essa paz não seja abalada nem pela euforia do elogio, ou pela tristeza da crítica. Um lugar que é comum a todos, embora a maioria não tenha se dado conta ainda: O Centro Crístico do Coração.

Você não é responsável pelo que os outros pensam sobre você. Se alguém escolhe amaldiçoar você, ao invés de abençoar, isso é uma escolha dele e não sua. Permaneça no seu amor e nada que, de forma negativa, for jogado contra você terá apoio para sustentar-se. Você é responsável apenas pelo que emite para eles. Emita amor e luz e possibilite que nós possamos sempre estar por perto dentro da sua vibração positiva. Tudo que o outro pensa sobre você é de responsabilidade dele, da mesma forma que você é responsável pelo que emite. Então, ninguém é responsável por ninguém, apenas pelo que é e emite em vibração. 

Costumeiramente, vocês que vivem na Terra tem hábitos de se preocupar muito com o que os outros pensam sobre vocês. Se preocupam ao ponto de perder o equilíbrio e a harmonia, pensando: “O que será que ele pensa de mim? Será que eu preciso mudar quem eu sou, será que eu preciso melhorar mais?” – Isso faz com percam a sua paz interior, para dar lugar a questionamentos. Vocês, às vezes, ainda vão mais longe, pois não apenas se preocupam, mas levam uma vida contrária ao que o seu coração deseja, apenas para se encaixar dentro dos valores dos que os outros julgam como certo. Não tenham medo de ser quem vocês são, filhos! O que os outros pensam sobre vocês não é da sua conta. Comece aceitando a si mesmo como é, sem se esconder de si mesmo e dos outros. Comece dando apoio e amor à pessoa que vocês são e vocês irão atrair somente bênçãos para sua vida!

Uma coisa, filhos, é que nós sempre temos algo para aprender, para expandir em nós, mas não temos que nos preocupar com o que as pessoas pensam sobre nós. Não temos de dar alguma satisfação sobre quem somos e o que fazemos para ver se está enquadrando nos conceitos delas. Temos, em verdade, de dar o exemplo de amor puro ao próximo. Essa é a satisfação que temos que dar. Satisfação de que estamos procurando viver o ensinamento de Jesus, que abriu o coração para o mundo e, mesmo sendo o exemplo vivo do amor, não foi aceito por muitos. Essa satisfação também não precisa ser dada em discursos públicos, mas com exemplos, tal como fez o mestre Jesus.

Vejam, filhos, que ele não se preocupou com o que pensavam dele. Ele não veio ao mundo para dar testemunho dele, ele veio para dar testemunho do amor que estava no coração dele. E ele o fez com exemplos, sem pedir permissão para agir como agia, apenas agia seguindo o coração. Deem o mesmo testemunho de amor, não se preocupem ou entristeçam se alguém lhes for áspero, maso compreenda e o abrace no seu amor e compaixão, da mesma forma que Jesus faria.

Também, não seja intrometido a querer entrar nos assuntos que não são seus. Se alguém tem hábitos particulares e se esses são grosseiros ao seu ver, compreenda e abençoe, não compete a você julgar, isso não está na sua lista, isso não é da sua conta. Se ele pensa mal de você, isso novamente não é da sua conta. Ame e abençoe, porque é isso que vai pesar positivamente na sua balança. Isso, sim, é da sua conta, porque foi isso que você veio fazer:  viver o Exemplo de Jesus.

Todos são livres para fazer as suas escolhas entre bem e mal. Todos são, mas há uma responsabilidade maior para aqueles que são as lamparinas que mostram o caminho. Vocês que leem as palavras deste velho que já esteve na Terra, assim como eu, vocês já viveram todas as vidas possíveis, de escravo a rei, de rei a escravo. Vocês são essas lamparinas de luz e tem a responsabilidade de ser os exemplos de luz, porque vocês escolheram isso antes da sua encarnação atual, que, para muitos que leem agora, é a última neste planeta. Vocês não podem mais simplesmente se dar a liberdade de escolher o mal, porque vocês mesmos não se dão mais. Vocês não aceitam mais, seus corações não suportam mais dores e tristezas. 

Assim, queridos filhos, respeitem e amem o seu próximo como ele é. Não queiram mudar sua forma de ser, porque ninguém mudou vocês, foram vocês mesmos que escolheram a mudança, vocês mesmos escolheram a luz. Deixem que os demais também tenham o seu direito de escolha.  O próximo sempre age conforme julga que tem que agir e vocês, que estão procurando viver o ensinamento de Jesus, devem começar antes de tudo a silenciar em amor diante das falhas do seu próximo. Sem acusá-lo, essa não é a sua função. Sua função é vibrar positivo e torcer pela redenção do seu irmão que escolheu viver apontando o dedo ao outro e ainda não viu que há 3 dedos apontados para ele mesmo. Não julguem ninguém, vocês não sabem a história daquele espírito.

Muitos de vocês estiverem encarnados em Jerusalém, em Roma e viram o ensinamento sendo pregado pelo Amor encarnado. Vocês, queridos filhos, muitos de vocês estiveram naquela época e hoje sentem em suas almas a Chama do Amor arder de maneira a se sentirem poderosos nesse amor. Vocês não aceitam cair, vocês não aceitam fraquejar, não aceitam regredir, porque vocês sabem o que vivenciaram naquela época e o que estão vivenciando agora. Uma oportunidade foi deixada para trás, quando escolheram não ouvir diretamente o Cristo, mas agora vocês tem a sagrada missão de viver exemplificando aquele amor que foi ensinado a vocês há 2 mil anos. Muitos de vocês sentem na alma a força e o desejo poderoso de não cair novamente. Muitos de vocês foram senadores, cobradores de impostos, pessoas de muito poder material, ricos... e tantos outros da época que decidiram não abraçar o ensinamento, no entanto agora vocês abandonaram tudo, abandonaram os conceitos preconceituosos e duros daquela época, neste momento vocês tem a Chama do Amor radiante em seus corações. Quando vocês saíram daquelas encarnações, a única coisa que pediram foi uma nova chance, e ela foi dada. Vocês cresceram, expandiram os corações. 

Muitos voltaram seguidamente e começaram a mudar as suas histórias. Artistas, grandes professores, médicos, curandeiros e uma outra infinidade de contribuições à Terra, vocês começaram a dar. Muitos dos que me escutam agora foram os responsáveis pelo fim de guerras. Lutaram para trazer justiça, liberdade, amor e paz. 

Vocês entendem agora, meus filhos, o porquê de muitas vezes vocês se irritarem ferozmente quando veem alguém agindo de forma igual como vocês agiram no passado? Vocês entendem o porquê de muitos de vocês não suportam ver de forma alguma corrupção? Sim, meus filhos, vocês viveram no meio da corrupção romana. Vocês viveram no meio dos Césares. Entendem o motivo de vocês se irritaremtanto quando veem alguma violência contra algum animal ou algum ser humano? Porque vocês viram isso de perto e decidiram que não iriam mais permitir isso. Vocês prometeram para si mesmos isso. Experimentaram os dois lados da moeda. Vocês estiveram no Coliseu, na França, Londres, Japão, Rússia, África... Vocês experimentaram tudo. Vocês não precisam se preocupar com o que os outros pensam a seu respeito - Vocês já foram de tudo nesta vida terrestre.

Diariamente, há notícias de corrupção e violência à sua inteligência e contra ao povo de modo geral. Quando digo à inteligência, me refiro a como certas informações falsas desafiam e desrespeitam a sua inteligência. Entendam, filhos, que isso acontece também por um motivo, e que nada está oculto aos olhos de Deus.

Vocês estão em um país onde há muita diversidade, nasceram no país que será um palco precioso do planeta. Um país de um povo forte e que carrega no coração a Chama da Liberdade. Filhos amados do meu coração, como representantes da Chama do Amor Crístico, amem incondicionalmente. Vocês, queridos centuriões, queridos senadores, vocês senhores e senhoras de engenho, que deixaram para trás as riquezas materiais e ancoraram a maior riqueza no coração: o amor. Sim, filhos, os que leem essas minhas palavras são esses que eu citei. Vocês que experimentaram as chicotadas dos feitores, vocês que foram os feitores e escravos, pois vocês foram tudo. Vocês tem a história da humanidade em seus corações. Vocês tem tudo. 

Muitos de vocês estiveram também no antigo Egito, experimentaram muita abundância e fartura de toda sorte, presenciaram a descida dos discos prateados, viram a fusão energética deste mundo com outros mundos. Viram também a decadência de antigas civilizações. Vocês presenciaram tudo o que se passou neste planeta. Líderes e liderados, vocês foram mestres em magia, foram especialistas nos céus (Maias), vocês viram duas guerras mundiais, encarnados e do plano astral, vocês viram a revolução em todos os sentidos neste planeta. Vocês viram os visitantes amigos arrodearem a Terra e presenciarão o maior acontecimento nunca antes visto na história deste Universo. Nada mais justo do que vocês verem a elevação deste planeta que foi palco da sua história. Nada mais justo do que ficar para o final da festa. 

Vocês, filhos, são Grandes Seres. Vocês são a História, são aqueles aos quais aplaudimos e reverenciamos. Escutem os seus corações, pois, diante de tudo que já passaram, vocês adquiriram experiência, sabedoria e, com isso, podem chegar à paz. A Paz interna de saber que tudo está em seu lugar. A paz de saber que ninguém passa por algo que não tenha que passar. Que cada um está na experiência escolhida. Que cada um tem em si a Chama do Amor e que somente o amor traz a redenção. Somente o amor renova, somente o amor purifica. É por ter passado por tudo isso que, hoje, sabem do poder do amor. Então, não olhem com desdém, raiva e crítica para os seus irmãos que ainda não se lembraram do poder deste amor. Tenham amor e compaixão. Vocês não sabem a que passo na estrada eles estão.

Então, para finalizar a prosa de hoje, se vocês representam a história desse planeta, não tem motivos para se preocupar com os julgamentos e críticas contra vocês. Veja seu irmão como alguém que vocês foram no passado, e não o julguem. Aquele que critica e julga você hoje é o mesmo você do passado. Todos nós passamos pela fase do julgamento e crítica, e ascendemos à compreensão e ao amor. Perdoe sempre, filhos amados, perdoem sempre com amor. O Perdão alivia as suas almas e vai possibilitar no futuro que o seu próximo alcance a sua paz de espírito. O Perdão é simplesmente não jugar os atos cometidos. É manter-se em paz e harmonia, entregando ao Universo a responsabilidade que não é sua: a de Julgar. O Universo, que nada mais é do que a Usina replicadora das nossas vontades. Portanto, se fazemos o mal a outro, estamos ancorando o mal no coração e, como consequência disso, teremos o mal em nossas vidas. Se perdoamos o mal, estamos dizendo ao Universo que queremos paz, e assim será concedido, porque tudo que fazemos é sempre para nós. Sempre retorna para nós. Deus dá, conforme as nossas obras,ou seja, Deus dá sempre de acordo com a nossa vibração. 

Fiquem com as bênçãos deste velho que ama vocês e os reverencia sempre.

Salve!

Pai Tobias de Aruanda.

---------------------------------------------------------------------------------

Nota do Gabriel: A mensagem me foi passada na linguagem que os antigos escravos no Brasil usavam, no entanto, eu não consegui transcrever esse modo de falar, por isso o texto está em linguagem comum dos nossos dias. 

Também deixo, pessoal, um áudio que eu fiz recentemente sobre o Perdão, e que no final esse querido Preto Velho veio e deixou a sua benção. Clique Aqui para ouvir.

Muito obrigado, querido Pai Tobias!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...