sábado, 28 de novembro de 2015

Lua de Luzz - "De Alma para Alma" - 27.11.2015



Gostaria de compartilhar com vocês um momento fugaz, feliz e mágico dentro de uma semana muito corrida e estressante. Sabe aquelas semanas cheias de afazeres e compromissos cronometrados? Pois é, tive uma delas e  com muito planejamento que começou na semana anterior. Talvez vocês não saibam, mas escolas ao final do ano, podem ter setores onde o ritmo e as condições de trabalho tornam-se desumanas.  

Concluí todos os compromissos, sobrevivi. Mas na quinta, fui almoçar com uma colega de serviço, que trabalha em outro setor. Eu nem iria sair, pois havia me aborrecido muito na quarta ao final de um expediente sufocante, mas essa colega passou, me avistou sozinha e me chamou para almoçar. 

Essa colega é bem mais jovem do que eu, e também atravessa fora na rotina escolar, momentos de muita sobrecarga. Durante esse almoço, algo mágico aconteceu. Tanto ela quanto eu, sempre fazemos questão de comer com muita calma, conversar com calma e interpretar os fatos sempre pelo lado da evolução espiritual, evitando comentários depreciativos. 

Foi nesse almoço, que pude ouvir a alma dela falar comigo. Foi tudo muito rápido, em questão de segundos. A alma dela me passou força e confiança para a segunda jornada de trabalho depois de almoço. Pude sentir e interpretar rapidamente o conforto enviado pela alma dela. Não sei se para ela foi consciente, mas para mim foi. 

Descobri que as almas se comunicam todo o tempo e enviam mensagens umas para as outras, basta que tenhamos calma para ouvir. 

Já testemunhei em momentos de grande calma e sossego, a comunicação dos astros comigo, do vento, da chuva.  Também já pude ver um raio violeta saindo do coração do meu marido,  num momento de pura calma e ternura. Nessa época, eu ainda nem era desperta e fiquei achando que tinha algo a ver com a cor preferida dele. 

Queridos, as almas se comunicam o tempo todo, mesmo que nós não falemos nada. As almas sabem muito melhor do que nós próprios, tudo que nos aflige o coração. Se tivermos calma, poderemos ouvir não apenas a nossa própria alma, mas também a da alma amiga. O segredo é o sossego e a paz. 

Gostaria também de aproveitar esse texto, para falar um pouquinho sobre a transmutação de energias dentro de ambientes de serviço. Nós, trabalhadores da luz, talvez, de alguma forma que ainda não consigo explicar, mas já começo a desconfiar, podemos estar transmutando muitas energias desqualificadas dos ambiente e pessoas de nossos locais de trabalho. Pensem nessa possibilidade quando os ânimos esquentam e tudo parece estar muito desarmônico. Talvez, o nosso próprio descontrole seja gerado por termos absorvido por puro amor e zelo, as energias densas ao redor. Vamos absorvendo, até que num determinado momento podemos explodir por ter atingido o ponto de saturação. Em nossos locais de serviço não temos a terra para descarregar através de nossos pés descalços. Então, o jeito é sair e respirar nesses momentos. Saia para tomar um café, uma água, pegue um pouco de sol. Chame seus mestres e guias, peça ajuda aos mestres de luz. Peça força e amor, evitando um rompimento de barragem. 

Agradeço muito à Mãe Maria, que me ajudou a concluir meu trabalho e colocou no caminho uma alma amiga. Sou grata, sou grata, sou grata. 

Desejo a todos um ótimo e pacífico fim de semana. 

Beijos no Coração de todos 


Autor: Lua de Luzz 
Fonte: http://luadeluzz.blogspot.com.br
Veja mais Lua de Luzz  Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...