sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O Conselho - "O tempo é uma coisa divertida" - 11.11.2015



O tempo é uma coisa divertida, não é? Bem, primeiro deixem-nos lembrá-los de que o tempo realmente não existe. E é por isso que ele pode ser uma coisa tão engraçada. Então vamos examinar e ver por que dizemos algo assim. É hora de nos divertirmos um pouco.

Vocês notaram que ultimamente o tempo está correndo como um comboio descontrolado? A maioria de vocês sim. Vocês notaram que as coisas estão acontecendo tão lentamente que o tempo parece estar parado? Sim, notaram. Agora, isso é absurdo, certo? Como ele pode estar voando e ficar parado ao mesmo tempo? Pensem nisso. Não se tem dito há bastante tempo – eis essa palavra novamente – que ele não passa de uma construção mental que os humanos inventaram? É uma invenção útil simplesmente aceita.

Então vamos nos afastar por um momento da construção do tempo e observar para ver se há um modo que possa nos mostrar como ele pode ser útil. Vocês veem que ele é principalmente usado para controlar seus movimentos para o benefício daqueles cujo trabalho vocês fazem. E isso é válido até se vocês trabalharem para si mesmos. Ele se torna um grande aprisionamento, algo a que vocês servem. Mas há um modo em que ele é construtivo?

Ao observar o que é e avaliar, seu conceito de tempo lhes dá a opção para observar o que é e avaliar novamente e novamente. Vocês podem observar através de muitas permutações que mostram uma diferença muito pequena entre elas, vocês chamariam isso de um curto espaço de tempo, ou podem observar algo mais e então permitir a espiral de tempo/espaço trazer, ou como parece, para sua atenção novamente. Vocês chamariam isso de um espaço maior de tempo. E suas percepções teriam mudado. Elas teriam mudado esperançosamente porque vocês teriam aprendido e trazido um conjunto de entendimentos diferente para a situação.

É assim que vocês têm escolhido construir essa coisa de tempo. Sim, é um modo demasiadamente simples para explicar algo que não é nada simples. Mas lhes dá a chance de olhar para as coisas de um modo novo. E é divertido. Esse jogo que vocês têm jogado por muitos éons dessa coisa de tempo é um modo de aprender e crescer. Se não fosse, então não pareceria servir a propósito nenhum. E o universo não faz nada sem uma razão.

Agora, isso parece contradizer a declaração de que nada tem qualquer significado exceto aquele que vocês dão. E essa declaração está correta. Nada tem qualquer significado exceto aquele que vocês atribuem. Vão em frente e permitam que sua mente dê o próximo passo inevitável. Poucos de vocês o fazem. Mas o próximo passo inevitável é que se são vocês que atribuem o significado, então vocês são uma parte muito importante do que está ocorrendo. Agora, para que vocês não fiquem entusiasmados demais com isso, percebam que o mesmo é verdadeiro para todos os seres sencientes do universo. Então sua enorme importância, de fato, importância divina, é compartilhada com toda a consciência, Tudo Que É.

Vocês não se perguntam às vezes como nossas divagações pulam daqui para ali? Bem, nós começamos por dizer que íamos nos divertir um pouco. E talvez nós provocamos uma pequena consideração pelo caminho. Vocês estão recebendo muitas ondas grandes de informação e energia agora. Vocês já têm muita coisa séria com que lidar. Mas para colocar isso em perspectiva, vocês estão para dobrar outra esquina. E essas esquinas estão ficando mais perceptíveis conforme vocês continuam.

Aguentem aí, como vocês dizem, e nós conversaremos novamente em breve.


Canal: Ron Head 
Veja mais mensagens do Conselho / Eu Superior Aqui
































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...