domingo, 27 de dezembro de 2015

O Amanhecer da Consciência - "Permitir"



Pode-se viver intensamente. Sim, é possível. Sentir a Vida manifestar-se diante de tua percepção, segundo teu estado de graça. Enxergar-te como realidade criativa expansível.

Se percebes uma realidade desarmoniosa, não é de ti, então é somente uma realidade crua. Não a realidade de origem, desnuda das aspirações de um conjunto de conceitos inextensíveis, inexplicáveis, inverossímeis. A desarmonia não vai além das experiências que abrem portas ao discernimento.

Não precisas mais olhar para este nada reincidente. Projetado como algo para ganhar tua atenção permanente. Encerram-se as funções dos labirintos matriciais, a roubarem de ti a fé na vida, nos semelhantes, na luz, no amor, e na abundante energia vibrante.

Nada disso lhe foi tirado, está provado pelo que renasce fortalecido. Apresentado por manifesto de teu coração, que lhe convida a ver os sinais de tudo que já conheceis. Rejuvenescendo teus sonhos de criança.

Tua Fonte de Vida não se calou, ou ensurdeceu, ou vendou os olhos, diante do que percebestes tão realístico. Que te causaram dores, repulsas ou medo. A Fonte lhe convida a experimentares de novo, como seria veres sob sua ótica. Ouvires sob o seu discernimento. Proferires tuas palavras sob seu Verbo. Abraçares com os braços de sua incomensurável sabedoria.

Se permitires, podem refluir todas as dádivas esperançosas de teu coração, este templo que Deus nunca deixou de habitar em Luz contínua. Se permitires, poderás não mais te separares de quem és. Poderás quebrar a barragem construída pela ilusão de intenções divididas, e deixar jorrar o Amor expandido em ti, como um rio crescido da perfeita nascente da Vida.

Perceberás que te elevas, e ao invés de reescreveres uma história por sobre palavras suprimidas e apagadas, num velho pergaminho desgastado, escreverás tua nova criação sobre branca, cristalina e imaculada página da evolução.

Se permitires, inspirar-te-á a partir de tua sagrada liberdade readquirida. Viverás intensamente o novo a partir de tua ressurreição. Ao relembrares que a Fonte de toda Vida, ofereceu-lhe a escolha de apenas permitires.

E assim vivenciarás, tanto quanto entender claramente. No auge da plena felicidade exemplar que teu fluir compartilha. Verás em tudo, teu Deus a sorrir novamente.

Fred Cury


Autor: Fred Cury 
Veja mais O Amanhecer da Consciência Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...