terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Gustavo Tanaka - "O que fazer quando se está desempregado?" - 10.01.2016



Mudando sua perspectiva sobre onde você está hoje

Um dia desses uma pessoa me chamou no Facebook e perguntou o que poderia fazer para ajudar um amigo. Ela disse que ele estava desempregado e começando a entrar numa espiral negativa de pensamentos.

Então resolvi escrever esse post. Aqui vão as minhas observações.

1 - Mude a perspectiva sobre o status desempregado.

Acho que a primeira coisa é a mudar a perspectiva sobre o status "desempregado".

O que é estar desempregado? Desempregado é não ter emprego. Eu não tenho um emprego. Então, eu também sou desempregado e também estou desempregado.

O que significa que estar desempregado não é necessariamente uma coisa ruim. Pra ir um pouco mais a fundo, leia esse texto que eu escrevi sobre "Porque você não nasceu para ter um emprego".

As palavras têm poder. Não carregue essa palavra de energia negativa. Se preferir, nem fale desempregado. Fale que está em período de transição.

2 - Mude a perspectiva sobre o que você tem e não tem

Tudo bem que sem um emprego você não tem aquela grana garantida no final do mês.
Mas não quer dizer que você não vai conseguir ganhar nenhum dinheiro.

Quando você está livre de um trabalho que te consomem 40 horas semanais, você tem uma vida com o recurso mais valioso que existe. Você tem tempo!!

Você tem tempo para conversar com pessoas, tem tempo para participar de eventos, para ajudar pessoas. Tem tempo para sonhar.

Os períodos mais criativos da minha vida aconteceram naqueles intervalos entre um emprego e outro, entre um empreendimento e outro.

Você tem uma vantagem que quase ninguém tem. Use isso a seu favor.

Marque de visitar amigos que você não vê faz tempo. Mande mensagem para pessoas que você não conhece e gostaria de conhecer. Participe dos inúmeros eventos gratuitos que existem. Conecte-se a redes de assuntos que te interessam. Faça call por skype com pessoas de outras cidades e até de outros países. Assista palestras na internet. Medite!

3 - Coloque-se a serviço

Aqui é uma questão de mindset. Tem muita gente que fica somente se lamentando do que não tem. Lamentando do que a vida não trouxe e das oportunidades que não está tendo.

Para de pensar no que você não está ganhando e comece a pensar em como você pode ser útil.

Pense em quem você pode ajudar. Ofereça ajuda gratuitamente. Não pense só em dinheiro.

Eu montei meu primeiro negócio de depois que comecei a ajudar um amigo numa loja que ele tinha. Eu me ofereci, comecei a ajudar e aí a gente começou a compartilhar ideias. Disso surgiu a ideia de montarmos algo juntos.

O segundo negócio que eu tive foi a mesma coisa. Tinha acabado de sair do primeiro e me ofereci para trabalhar de graça com uns amigos que estavam começando uma empresa. Eles depois me oferceram umas comissões mas não era para isso que eu estava lá. Só queria ajudar. Depois de uns poucos meses, o trabalho que eu comecei a fazer deu resultado e eu virei sócio da empresa.

Existe um equilíbrio sistêmico entre dar e receber. Eu escrevi sobre isso nesse texto: "O que aprendi sobre dar e receber". Quando você ajuda as pessoas, você ganha créditos. E quando vai acumulando esses créditos, eles voltam pra você na forma de oportunidades.

4 - Aceite o lugar onde está

Talvez você ainda esteja ressentido com a sua saída do último emprego.

Eu não sei o que aconteceu e talvez tenha sido uma injustiça. Talvez você não merecesse isso.

Mas uma coisa que eu sei é que do ponto de vista do universo e da natureza não existe nada que não acontece como deveria acontecer. Ou seja, tudo acontece por um motivo.

A gente não tem a capacidade de entender tudo com a mente racional.

Por ora, o que você precisa fazer é aceitar. Confie que tem algo melhor por trás de tudo isso.

Eu passei por maus bocados na minha vida. Algumas vezes achei que não conseguiria sair. Muitas vezes senti que era uma injustiça o que a vida fazia comigo. Mas hoje, olhando para trás, não me arrependo de nada e mais que isso, sinto gratidão por tudo que me aconteceu.

Eu não estaria aqui hoje se não tivesse passado por isso.

Talvez eu fosse outra pessoa. E eu não quero ser outra pessoa. Quero ser eu mesmo.

5 - Fique em paz consigo mesmo

Acho que tudo na vida se resume a uma coisa. Poder ficar em paz no aqui e agora.

Quando você não está em paz, você tem alguma coisinha para resolver. Suas emoções te apontam o que é.

Mas a verdade é que está tudo bem. Tudo está caminhando como tem que caminhar.

Faça o possível pro seu dia de hoje ser bom. Ajude quem puder ajudar, aproveite o tempo que tem, faça coisas que gosta, cuide bem de você mesmo. Alimente sua alma e você vai ficar em paz.

Nada acontece quando você está mal. Mas basta você ficar bem pras coisas mudarem. É de dentro pra fora. Por isso é importante cuidar bem de si mesmo.

E aí, quando você menos esperar, sua vida vai ter mudado.

Você vai receber uma proposta de trabalho, você vai enxergar uma oportunidade, você vai conhecer pessoas novas.

Fique bem internamente que fora as coisas se resolvem.
Gustavo Tanaka


Autor: Gustavo Tanaka 
Autor do Livro "11 Dias de Despertar"
Veja mais Gustavo Tanaka Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...