quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Jennifer Hoffman - "O poder do espaço intermediário" - 12.01.2016



Tivemos a nossa primeira lua nova do ano neste fim de semana e com  ela veio uma poderosa mudança em um novo paradigma para todos os “guardiões do portal”, aqueles com uma missão que inclui ser guardião da energia da Terra e de instrumentos de energia para novas transmissões. O potencial está disponível para entrarmos, embora possa não acontecer exatamente da maneira que você o imaginou, assim é importante manter um campo de energia aberto (e uma mente aberta) agora, porque quando tudo é possível, tudo se torna possível.

Quando estávamos esperando que as coisas acontecessem, como estivemos por muito tempo, pode ser difícil “aguardarmos” os nossos resultados. Sim, estamos começando com uma página em branco, mas isto pode ser assustador, especialmente se as páginas de sua vida estão em branco, porque tudo o que você uma vez conhecia, foi tirado delas. Por onde você começa? Tente começar com a intenção, esta é sempre a melhor maneira, e, então, não pense que você tem que esperar pelos resultados, porque é isto o que você faz no espaço intermediário, o espaço em que somos colocados à prova, na chamada em espera, que é o verdadeiro ponto de poder. E este é o tema da mensagem desta semana.

Se você sente como se a sua vida estivesse “em espera” por muito tempo, e muitos estão, uma vez que a energia começa a se mover, como agora, ela traz um ímpeto de ação e de atividade. Temos muito a alcançar e tanto terreno perdido a recuperar que estabelecemos muitas intenções poderosas para movimentar a energia e avançar com as nossas vidas. E, então, aguardamos com alegre expectativa e enquanto o tempo passa e nada parece acontecer, perdemos a esperança. Aqui vamos, novamente, nós pensamos: mais atrasos e mais limitações. Mas estamos no “espaço intermediário”, este meio-termo entre a intenção e o resultado, onde podemos criar energeticamente novos caminhos e múltiplas tarefas, mantendo a nossa intenção, enquanto também permanecemos abertos a diferentes resultados. É um espaço muito poderoso para estar, porque todo o nosso poder está no “espaço intermediário” e é o que fazemos neste espaço intermediário que mantém a energia fluindo.

A Paciência é onde a nossa vontade atende ao tempo divino, mas não gostamos de esperar, especialmente se precisamos de algo, imediatamente. Se não vemos resultados muito rápidos, ficamos perturbados, irritados e impacientes. Mas o período de espera é onde todo o potencial se reúne e assim também a nossa energia. E há duas maneiras de encarar a situação: com impaciência ou com otimismo. Impaciência leva a querer fazer suposições sobre nós mesmos e o universo, acreditando que estamos fazendo algo de errado, e, então, entramos no caminho do medo de que nossos resultados desejados e necessários não aconteçam. O Otimismo, a outra escolha nos mantém no caminho e nos incentiva a manter a energia fluindo, mantendo a nossa intenção e canalizando energia para a abertura de novos portais de possibilidades. Podemos usar a nossa energia para sermos impacientes e bloquearmos o fluxo, ou podemos incentivar o fluxo, permanecendo com a nossa intenção e vendo o que mais está acontecendo.

Fizemos tantas mudanças nos últimos anos e tanto trabalho em nós mesmos, que muitos tipos novos e diferentes de potenciais são possíveis. Mas não sabemos quais são eles, porque só podemos pedir o que achamos que seja possível, disponível e acessível. Um vasto campo de potencial está além do conhecimento de nossa mente, um que ainda temos que explorar e aqueles potenciais se tornam possíveis no “espaço intermediário”, contanto que não julguemos quanto tempo isto está levando a acontecer.

A energia começa a fluir na direção de nossa intenção no momento em que o fazemos. Então, os milagres começam a acontecer enquanto a energia se expande e outras coisas se tornam possíveis, também. Mas, se ficarmos impacientes, pensando que nada está acontecendo, e começarmos a julgar o processo, a energia deixa de fluir. E se este espaço intermediário fosse onde todos os nossos resultados diferentes, inesperados, imprevistos e milagrosos estivessem se tornando possíveis? É uma oportunidade para mantermos a nossa intenção enquanto estamos também aguardando os resultados melhores e mais elevados que possam estar além do que estamos esperando. Ficamos impacientes porque o que queremos é importante, ou uma emergência, ou sentimos que já estivemos esperando por muito tempo apenas para chegarmos a este ponto.

Não requer “tempo” para que os nossos resultados se manifestem. É um processo de alinhamento e de integração. Estamos alinhados com novos potenciais agora, mas não podemos saber disto até que comecemos a criar novas coisas. Receber é a segunda etapa do processo de manifestação e é a que achamos que temos que “esperar”,mas nós não esperamos. Temos apenas que saber que os resultados refletem a nossa energia e o nosso potencial mais elevado, que é, muitas vezes, a coisa que não sabemos que seja possível. Pense em algo que você quer e o que você acredita que pode acontecer. O que mais é possível que você não pediu ainda, ou que não considere possível? Qual é o milagre, o resultado que você pensa que é impossível, mas que seria o melhor para você? Isto é o que acontece no espaço “intermediário”, pedindo e recebendo, e é o ponto de maior poder.

Quando estamos intencionalmente otimistas e criativamente ativos, esperando o melhor de todos os resultados possíveis, nós capacitamos as nossas intenções com a crença e a fé em nossas próprias habilidades. Somos os arquitetos de nossas realidades, o que pode parecer muita conversa de nova era, mas é verdade. Se não começarmos a movimentar a energia na área de nossas intenções e mantê-la se movimentando, ela fica presa e, então, sentimos como se estivéssemos esperando. Mas se usarmos este tempo que passamos em nossa sala de espera pessoal, o “espaço intermediário”, podemos explorar novos potenciais e permitirmos maiores possibilidades do que podemos imaginar que se tornem possíveis e, então, permitirmos que nossos resultados mais elevados se tornem a realidade que realmente desejamos.


Autor: Jennifer Hoffman 
Fonte: http://enlighteninglife.com/
Tradução: 
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...