segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Jesus - "Sejam os mestres do Coração" - 29.12.2015



Queridos irmãos!

Um novo ciclo se inicia em suas vidas, aquelas em que uma nova jornada de amor, de fé, de irmandade, de integração com a luz se faz no horizonte. Para que sigam por esse caminho, basta que se entreguem a essa nova energia, permitindo-se ser aquilo que são. Isso é tudo, porque vocês são tudo e tudo são vocês.

Em suas vidas e nessa existência terrena têm sido levados a acreditar que são indignos, que estão em um mundo para purgar antigos erros, que o Pai os colocou em "castigo”, assim como fazem com crianças mimadas. Essa é a crença que prevalece, que os levou a estarem nessa posição de espera. Aguardam pelo governo, aguardam a volta do salvador. Aliás, indignam-se com o governo e com a religião que não os traz o que esperam. E assim vão esperando, mas o fazem porque seguem aquilo que lhes ensinaram e que aceitaram como verdade: a crença de que por si só não seriam capazes. Acreditam ser insignificantes diante da criação e dos "erros" que cometeram, então devem passar pela dor, sofrimento e dificuldades, a fim de espiar as obras do passado.

Isso, filhos amados, foi o que o sistema quis que acreditassem. Dizem até mesmo que morri na cruz para os salvar de todos seus pecados, quando meu único propósito era que eu fosse um mestre em terra. Sendo, eu pude lhes trazer um exemplo de obra e maestria na vida física. Seguindo meu coração, acabei por levar a palavra do Pai e mostrar um novo modo de ser. Mas esse foi o propósito de minha última vida, assim como é o de vocês.

Ao assumirem toda essa energia de culpa, foram se aprofundando nas energias densas, considerando-se pequenos e indignos de serem filhos do Pai. Tanto que muitos me chamam de filho de Deus, como se fosse o único deles e vocês não tivessem essa dignidade, sendo indignos de pertencerem à criação e a tudo que é. Nessa energia de negação se esqueceram que são mestres, que todos somos filhos do mesmo Pai, provenientes da mesma fonte e que possuem em seus corações a mesma energia que possuo. Estão tão preparados a serem mestres de si, como qualquer um de nós que estamos do lado de cá do véu.

Amados irmãos, amados mestres, filhos do senhor, como fico feliz de me referir dessa forma a vocês. Ainda mais feliz quando percebo que muitos de vocês já são capazes de assim se verem. Isto já está a ocorrer, em grande número. Isso é tudo pra mim e para nossos irmãos. Queremos que se vejam em toda confiança, que se utilizem de sua intuição e sigam seu coração e que manifestem no mundo físico o mais puro amor do Pai. É assim que os vemos e é assim que devem se buscar.

Meus irmãos do coração, mestres em toda riqueza de nosso Pai! Considerem amar-se, respeitar-se, ouvir-se e deixar que sua voz mais amorosa prevaleça. Assim estarão vindo até nossos reinos para nos tornamos um, como é o desejo de nosso Pai.

Ao assim se reconhecerem como merecedores, estarão se afastando da mente e adentrando na amorosa energia que lhes proporciona o coração. Porém, muitos talvez estejam a se questionar que veem muitos de seus irmãos trilhando o caminho da luz e que gostariam de ir pelo mesmo caminhar, mas lhe falta força e coragem de o mundo enfrentar.

Eu lhes digo, meus queridos: nada precisam enfrentar para que sejam vocês em toda sua essência; basta que se entreguem ao fluir e se aceitem. Mantendo sua paz interior não terão mais necessidade de provar nada a seus irmãos. Não terão que trazê-los a seu caminho nem seguir o deles, pois apenas seu coração prevalecerá. Ao assim fazerem, a sua simples presença dirá tudo sem que discutam, sem que provem, sem que se julguem melhores ou piores. Vocês estarão sendo, então, essa presença de paz, de amor, de centramento que se manifestará de forma suave, como fazem os mestres, como vocês o podem fazer!

Imaginem um mestre que admiram. Vocês o imaginam tentando provar algo, discutindo filosofias religiosas, se tal fato de deu de uma determinada forma ou não? Ou o veem sendo, manifestando a maestria em seu modo de ser, irradiando sua paz interior?

Agora façam isso com vocês: imaginem-se mestres de si. Como seriam? Mantenham-se na paz crística e reconheçam-se naquilo que realmente são. Parem um minuto, olhem para dentro de si, busquem o mestre do coração. Como ele é? Não julguem, não entendam-no e não temam: sintam-no! Deem-se esse presente. Vocês são filhos do Pai assim como eu, lembram-se? Então, sejam vocês e, ainda que por um minuto, tragam  esse mestre até sua presença. Ele é amoroso. Reconhecem sua maestria? Ele se permite. São vocês, meus irmãos. Esse mestre - são vocês.

Compreendem, meus amados? Não precisam provar, nem entender. Basta que sintam-se, permitam-se e se entreguem ao seu coração, que sua presença será a prova de tudo. Eu estive entre vocês e minha presença é lembrada pela vida e obra, sem que eu escrevesse uma única linha. Não há essa necessidade, entendem? Agora, minha promessa a vocês: muitos de vocês também serão lembrados. Estão preparados para isso? Chegou o momentos de se permitirem, se aceitarem, simplesmente confiarem e se entregarem a tudo que são. Entreguem-se ao amor que ele os guiará. Tragam esse mestre até vocês e sejam ele, em toda sua essência. Não precisam fazer nada, além disso. Isso é tudo e basta!

De seu irmão amoroso.

Jesus


Canal: Thiago Strapasson
Veja mais mensagens do Jesus Aqui


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...