segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O Amanhecer da Consciência - "A vida como ela é"



Olha para o céu e não verás fronteiras.

Observe o voo das aves e não verás destinos.

Corteje uma majestosa árvore e não sentirás o tempo.

Acompanhe a correnteza das águas e não enxergarás o impuro.

Partilhe das luzes do Sol, da Lua e das estrelas, e não te cegarás pelo escuro.

Receba a brisa dos ventos e não te sentirás inerte.

Mergulhe em outro olhar profundamente e não reconhecerás o mal.

Feche os olhos, respire profundamente, mergulhe em si, declare-se amor, agradeça.

Levite em elevação com tua alma, pronuncie-se vida essencial de expansão universal, e ao reconheceres tua grandeza, não te sentirás em solitária existência.

Encontrar-se, não te exige desafios, nem lutas ou esforços além de teus limites...

Nada a superar. Nada a programar ou controlar.

Desvendar-se, não lhe cobrará o intelecto além do conhecimento. Não desvendarás enigmas ou caminharás em labirintos.

Tu existes com propósitos de Vida pela Vida. Não por funções estabelecidas, mas por fluência. Nem por batalhas a serem travadas ou para venceres obstáculos. Existes, porque és essência. Porque és alegria. Por seres Vida fruto do Amor Infinito, da evolutiva semente ao que se expande em liberdade, em harmonia.

Daí se cria a tua beleza sem vaidade. Tua natureza sem sacrifícios. A existência sem princípios ensinados como teus, as dores ou medos. Somente o saber consciente, de que és Vida Fluente. És Luz de intensidade. Uma Estrela Ascendente. A parcela do todo em toda parte.

De onde viestes ou para onde fores, não terás mais a vida colonizada, mas Integrada. Honrada. Amada. A alma que se fez aprendiz. A que reencontrará sua mestria na criança feliz, de pureza intocada.

Fred Cury


Autor: Fred Cury 
Veja mais O Amanhecer da Consciência Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...