terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Benjamin Fulford - "O Império ataca, na medida em que a máfia khazariana lança boatos com vírus Zika e ofensiva com taxas de juros negativas falham" - 01.02.2016



Está evidente que a máfia khazariana está com medo e ficando sem munição. O fato de que a máfia khazariana, controladora do Banco do Japão, na semana passada, ser forçada a recorrer a taxas negativas de juros, prova que sua falsa moeda fiduciária, agora vale menos do que nada. O Federal Reserve Board, em breve, também será forçado a fazer a mesma coisa. Quanto mais colocarem dinheiro em seus bancos, mais seu dinheiro desaparecerá. Voltarei mais adiante sobre esse assunto.

A outra coisa que claramente está falhando, é sua capacidade para criar pânico, medo e ódio em massa, suas tradicionais ferramentas de controle. Sua última tentativa, aprimorando uma doença relativamente pouco conhecida como vírus Zika, numa pandemia de microcefalia, é tão totalmente falsa, com nada além de truques de computação gráfica de pequenos bebês, utilizadas como prova, que muito poucos médicos ou hospitais estão levando a sério. É hora de arrebanhar os criminosos mentirosos da OMS.

A última tentativa de criar pânico com doenças pode estar relacionada com os esforços para forçar a Fundação Bill e Melinda Gates ceder o controle sobre a vacinação e outras atividades "médicas" (de Eugenia) para a gestão meritocrática.


Também, Bill Gates, agora é apontado por fraude de computação, na certificação de que um mafioso khazariano ganhe a próxima "eleição" presidencial nos EUA. Isso está sendo apresentado como um voluntariado da Microsoft em usar seus "aplicativos", na contagem de votos em Iowa.


É evidente que não será permitido à máfia khazariana ser autorizada a roubar mais uma eleição nos EUA, dizem fontes de agências dos EUA.

Em vez disso, a investigação do FBI sobre Hillary Clinton, está sendo "ampliada para agências de inteligência, visando expurgar verrugas de Bush/agentes israelenses incorporadas”, diz uma fonte do Pentágono. Enquanto isso, uma fonte da CIA, coloca seu pescoço na linha, prevendo que Hillary será "indiciada, até 28 de fevereiro".

Se o Pentágono e as agências estão tão determinados a derrubar Hillary, deveriam como, Vladimir Putin, da Rússia, disse de forma tão eloquente para, "depois ir atrás do o dono do cachorro". Eis como Hillary descreveu seu mestre, em suas próprias palavras, faladas em 15 de julho de 2009, sobre os escritórios do Conselho de Relações Exteriores, controlado por Rockefeller, em Washington DC:

"Estou muito satisfeita por estar aqui nesta nova sede. Estive muitas vezes, acho que, na nave mãe, em Nova York, mas é bom ter um posto avançado do Conselho aqui, na mesma rua do Departamento de Estado. Recebemos muitos pareceres do Conselho e isso irá significar que não terei de ir muito longe para dizer o que devemos fazer e como devemos pensar sobre o futuro".


Muitos sinais claros, já estão sendo enviados para os mafiosos de Wall Street, em Nova York. Por um lado, sua grade de controle da mídia corporativa está sendo rompida. De acordo com fontes do Pentágono, "Rupert Murdoch, da Fox Network, foi ordenado a reiniciar o programa Arquivos-X, para revelar a verdade sobre tecnologia extraterrestre, energia livre, antigravidade, 11.09, NSA, despovoamento etc.".  Fontes de agências dizem que "Bush cancelou o show em 2002, para impedir a exposição do 11.09". Enquanto isso, a CIA desclassificou seus arquivos ufológicos. 

Outros meios corporativos de comunicações, também se juntaram a este súbito retorno à narrativa real, com estabelecimentos como, o New York Times e Time Life, no relato da verdade sobre o 11.09.


Os EUA e a aliança russa/chinesa contra a máfia khazariana, também está agindo na derrubada do regime khazariano mafioso, que atualmente está escravizando o povo de Israel com lavagem cerebral, incutindo medo e paranoia. 

A rede elétrica israelense foi hackeada e derrubada em 25 de janeiro, depois disso, em 27 de janeiro, o principal general dos EUA, Joseph Dunford e o secretário de Defesa Ashton Carter, visitaram o comando cibernético dos EUA "para encorajar as tropas cibernéticas na a luta contra o ISIL e seus patrocinadores".

Num sinal claro de que os israelenses sensatos estão lendo a escrita na parede, o Ministro da Defesa de Israel, Moshe Ya'alon tentou culpar a Turquia por ser responsável pelo ISIL.


Os EUA, também já aderiram à EU, numa demanda de rotulagem e boicote de todos os bens produzidos nos territórios ilegalmente ocupados da Cisjordânia. A cooperação militar EUA/Rússia contra Israel, também significou que as tropas aliadas iranianas, agora chegaram à fronteira israelense, enquanto a Força Aérea Israelense permanece no solo,  incapaz de qualquer ação. Como o site de notícias Mossad ligada DEBKA coloca, "os líderes optaram por evitar a ação em três frentes ameaçadoras".


A cooperação militar russa/norte-americana, agora, ampliou o compartilhamento de informações sobre a China, bem como sobre inimigos como ISIL, "os meninos maus de Israel", Turquia, drogas, Arábia Saudita e "alvos da cabala".

Por exemplo, o site russo de notícias, Insider, disse o seguinte sobre a criminosa do Departamento de Estado, Victoria Nuland, principal agitadora e criadora de problemas na Ucrânia: "Ela é um alvo".


Também os EUA e as forças armadas cubanas já estão em modo de plena cooperação para cortar o fluxo de dinheiro da droga da cabala de Bush e seus procuradores mercenários do ISIL, de acordo com funcionários do Pentágono e do Vaticano. É por isso que Cuba recebeu mísseis Hellfire, para permitir abater aviões utilizados no trafico de drogas, dizem fontes do Pentágono.

Também tem havido cooperação do Pentágono, destinada a impedir provocadores da cabala de iniciarem uma guerra civil nos Estados Unidos. Este é o caso da disputa acontecendo no Oregon, onde um grande grupo de milicianos armados apreendeu uma propriedade do National Wildlife Refuge. A disputa teve inicio com o que parece ser uma queixa legítima sobre  excessiva perseguição de dois fazendeiros por agentes federais.


Todavia, essa queixa foi encaminhada para os tribunais onde esperamos que a justiça prevaleça. Nesse meio tempo, surgiram evidências de que atores oportunistas khazarianos chegaram ao local, uma tentativa de provocar conflitos civis.


É compreensível que os americanos patriotas sintam-se irritados com o Governo Federal. No entanto, escolhendo o errado da batalha, contra o inimigo errado, só resultará em derrota. O inimigo não está no Oregon, está em Washington DC e Nova York. Assim, se realmente desejam lutar pela liberdade, vão lá e ataquem os chefes da máfia khazariana como a família criminosa Bush/Clinton e não descontar em alguns pobres funcionários do FBI, trabalhando duramente ou o xerife local.

De qualquer maneira, a verdadeira guerra será vencida nas esferas econômica e financeira, onde as coisas estão indo muito mal para os khazarianos. De um lado, na semana passada, os chefes da União Africana, parecem ter se juntados ao Irã, Rússia, Europa Ocidental e muitos outros, se afastando de instrumentos de dívida de controle khazariano, erroneamente rotulada de "dólar norte-americano" e, em vez disso, concordando em ir com o Yuam, apoiado em ouro.


Os khazarianos continuam a perder o suporte real de seus chamados dólares. Por exemplo, agora existem 500 vezes mais contratos para a compra de ouro na Chicago Mercantile Exchange do que ouro físico para garantir estes contratos. Na realidade, em oposição ao papel, o comércio de ouro agora migrou para a Shangai Exchange.

Também, o London Bullion Market Association, parece ter perdido o controle da capacidade de definir o preço da prata, quando na semana passada, seu preço acabou ficando 6% inferior ao preço físico, à vista.


Depois que a família imperial japonesa em sua ida às Filipinas, na semana passada, não conseguiu encontrar ouro para suportar o iene, o Banco do Japão, de controle khazariano, foi forçado a se juntar ao Banco Central Europeu e emitir taxas negativas de juros. Isto significa que o dinheiro real japonês, estará fugindo em forma de dinheiro em espécie e ativos reais, como ouro e prata.

Os banqueiros escravos khazarianos estão iludidos de que as taxas de juros negativas irão impulsionar a economia real, forçando as empresas e pessoas investir e gastar seu dinheiro. No entanto, com o Japão e a UE sofrendo de encolhimento de populações e economias, o roubo de poupança das pessoas não irá aumentar a produção.

De qualquer maneira, no Japão, o regime escravo khazariano está em seus últimos instantes. Na semana passada, Akira Amari, Ministro da Economia do Japão, que supervisionou as negociações do TPP, foi forçado a renunciar por acusações de suborno. Outros o seguirão.

Ao que também agora parece, na Malásia, a Goldman Sachs e os árabes sauditas, estariam subornando o Primeiro-Ministro Najib Razak.


Tenham certeza de que a trilha desta investigação de suborno, acabará por levar à verdade sobre o desaparecimento do voo 370, da Malaysian Air Lines.

Os khazarianos, agora estão perdendo o controle eletrônico do sistema financeiro, na medida em que os bancos, em todo o mundo, estão sendo forçados a instalar o CIPS, que irá substituir o atual sistema de SWIFT khazariano. Isso vai levar algum tempo. Pode ser por isso que o delegado chinês na Sociedade do Dragão Branco, envolvido em sistemas informáticos bancários, disse que: 2018 será o ano quando os dólares norte-americanos, negociados internacionalmente, terão uma assinatura chinesa.

Os fundos de hedge de khazarianos mafiosos como: Soros, Carlyle, Nexus etc. todos disseram que vão usufruir e apostar numa desvalorização do Yuan chinês. No entanto, o que essas pessoas não entendem é que os chineses estão ocupados, derramando seus haveres em dólares de propósito, porque sabem que irão substituir esses dólares.

Em qualquer caso, não importa quantos dólares os khazarians coloquem em seus computadores bancários, pois a realidade é uma coisa diferente. Mesmo que um coro crescente de banqueiros esteja chamando para uma proibição de dinheiro, de modo que as pessoas sejam forçadas a aceitar taxas de juros negativas, não pode proibir a realidade.

Nesta frente, o aperto do comércio global contra as pessoas que se recusam a pagar pelo transporte em Yuan está começando a doer. Fontes do Pentágono, dizem que um fechamento de portos de Nova York por estivadores, "é uma mensagem para Wall Street e a máfia khazariana".  Agora, a Coreia do Sul relatou uma queda de 18,5% de seu comercio, em Janeiro.

Finalmente, o site oficial chinês de noticias, Xinhua, confirmou um recente relatório deste boletim, de que o Partido Comunista Chinês, está se movimentando em direção à partilha do poder com outros partidos políticos.


Não pode haver nenhuma dúvida sobre isso, os mocinhos estão ganhando.


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Fonte secundária: 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...