quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Benjamin Fulford - "A primeira reunião entre o Papa e o Patriarca Russo em 1.000 anos,está dirigida contra oskhazarianos satanistas" - 08.02.2016



A primeira reunião entre o chefe da Igreja Ortodoxa Russa e o Papa em 1.000 anos, visa cimentar uma aliança contra a máfia khazariana de adoradores de satanás, dizem fontes russas e do Pentágono. Isto é importante, porque uma investigação forense feita por este escritor, mostrou que o Pentágono, em última análise se reporta ao Império Romano (publicamente encabeçado pelo Papa) e o poder por trás do presidente russo, Vladimir Putin, é a Igreja Ortodoxa Russa. O "Patriarca Kirill, da Igreja Ortodoxa Russa, concorda em se encontrar com o Papa, em Cuba, em 12 de Fevereiro, na medida em que Leste e Oeste se unem para lutar contra [a máfia khazariana]", conforme descrição de um funcionário do Pentágono sobre o encontro previsto. O fantoche de Rockefeller, Henry Kissinger, foi "obrigado a aceitar um mundo multipolar e declarar que a Rússia não é uma ameaça e sim, um parceiro essencial", continuou o funcionário.

Outro sinal da aproximação Russia/EUA é o fato do ex-chefe da Agência de Inteligência de Defesa, o tenente-general Mike Flynn está assessorando o candidato presidencial americano, Donald Trump. De acordo com a fonte do Pentágono, Flynn foi "chave do bromance (amizade fraternal entre homens), entre Putin e Donald". O apoio militar é a razão de Trump e outros para agora, com segurança e abertamente, poderem acusar os candidatos da máfia khazariana como Hitlery Clinton e Ted Cruz de roubarem as eleições.



De qualquer maneira, a aliança Rússia/EUA contra a máfia khazariana está produzindo muitos resultados, especialmente no Oriente Médio. A mafiosa khazariana de alto escalão, a chanceler alemã (e filha Hitler) Angela Merkel, está voando hoje (08 de Fevereiro) para visitar o assediado satanista khazariano, presidente turco, Recep Erdogan, depois das grandes derrotas de seus exércitos de procuração na Síria. Ambos os líderes, estão na mira para serem eliminados, segundo fontes do Pentágono. Alguém deveria dizer a eles que seu fuhrer, Bush, não está mais no controle e que a rendição é a única opção.

Por outro lado, a Arábia Saudita, num ato de reverencia ao Rússia como o novo agente de poder no Oriente Médio, prendeu 33 apoiadores do ISIL, 9 agentes americanos da CIA, com base em dados da inteligência russa, concordam várias fontes. Isso torna mais provável que os Sauditas em breve sigam o Irã e a Rússia, num movimento de parar a venda de seu petróleo nos chamados dólares norte-americanos controlados pelos khazarianos.

Também há muitos relatos de que a Arábia Saudita iniciou o despejo de seus US $ 8 trilhões de ativos, investindo em títulos do Tesouro americano. Muitos sauditas interpretaram a queda de neve em Meca como um sinal de Deus de que estavam no caminho errado, o que pode explicar sua súbita mudança de tom.


Agentes do Pentágono confirmam que os laços de inteligência russos no Oriente Médio, agora, incluem os Emirados Árabes Unidos, Jordânia e Egito. Israel, que enfrenta um boicote global e sanções da ONU, também está cedendo aos russos. Isto significa que, se a Arábia Saudita também deixar a coalizão pró ISIL, como parece estar fazendo, a Turquia ficará sozinha e enfrentará desastres e divisões, como resultado da estúpida tentativa de Erdogan de usar a força militar para recriar o Império Otomano. Já existem a venda 1.300 hotéis turcos por falência, devido à queda do número de turistas e das intensas lutas que entraram em erupção na Turquia.

Além disso, numa exclusividade a este informativo de notícias, autoridades da indonésia estão relatando que 4.000 terroristas armados, financiados pelo mafioso khazariano, George Soros, foram detidos na parte indonésia da Ilha de Bornéu. O grupo era liderado por um indivíduo que passou 5 anos numa prisão indonésia, após a qual, foi enviado para os EUA para "treinamento especial", disseram as autoridades. Quando voltou, "usou o financiamento de uma ONG, financiada por George Soros", para organizar e armar uma milícia "muçulmana fundamentalista", chamada Gothatar. "Foram ao local, onde se localiza o depósito mais rico de minério de urânio do planeta e montaram um grande acampamento em torno desse povoado", disse um funcionário indonésio local. "O Urânio foi explorado por forças especiais francesas", acrescentou. De acordo com documentos enterrados, descobertos por autoridades indonésias, o grupo deveria criar o caos na Indonésia, um país com uma população de 250 milhões de pessoas em sua maioria muçulmana.



Num outro desenvolvimento, o governo da Indonésia recusou-se formalmente de renovar a licença da gigantesca mina de ouro Freeport-McMoRan na Indonésia. De acordo com um oficial da CIA na Indonésia, esta decisão resulta de uma visita a Washington, em Outubro, do presidente indonésio Joko Widodo, em que o Porta-voz presidencial dos EUA, Barack Obama exigiu que ele renovasse a licença da mina. Como resultado, Widodo, ou Jokowi como ele é conhecido, reduziu sua curta visita à algumas horas e voou de volta para a Indonésia.



O retorno da mina para a Indonésia tem repercussões que se estendem para além da perda de ouro, por causa da base submarina secreta localizada lá, dizem agentes da CIA e do Pentágono. Quanto ao ouro, agora será utilizado para financiar projetos de desenvolvimento de infraestrutura dirigidos pela China.

No entanto, num esforço para evitar uma confrontação militar com os EUA, os indonésios ofereceram aos americanos a oportunidade de desenvolver um dos mais ricos depósitos de Platina e Ouro do planeta, localizado no extremo Nordeste de Kalimantan, na parte de Bornéu, controlada pela Indonésia. O depósito é tão rico que a Platina não é encontrada, "em gramas por tonelada, mas em percentagem por tonelada", disse o agente da CIA. "A indústria da Platina é intocável porque esse metal é usado para projetos de outros mundos", disse. Aos norte-americanos, também está sendo oferecida a oportunidade de desenvolver um novo porto e uma base de submarinos lá, disse ele. Os norte-americanos se mostraram interessados e, em breve, enviarão uma delegação para confirmar a natureza desses depósitos minerais, disse ele.

Em qualquer caso, a perda da mina de ouro Freeport-McMoRan é outro duro golpe nos bancos da máfia khazariana e seus fundos de hedge.

Os bancos e fundos de hedge khazarianos já estão em colapso, devido à perda de dinheiro do petróleo e das drogas. O fato de que a maconha medicinal, agora legal em todos os 50 Estados dos Estados Unidos, é um sinal da quantidade de dinheiro de drogas que estão perdendo.

Os fundos de hedge khazarianos, também enfrentaram recentemente grandes perdas quando tentaram forçar uma desvalorização do agora crescente Yuan chinês. Estavam apostando numa China debilitada, na esperança de obriga-la a se submeter mediante a ativação de uma fuga de capitais. Em vez disso, resultou que a queda no preço das commodities e outras importações da China, mais que compensou qualquer queda nas exportações de bugigangas para os EUA e Europa e assim, o superávit comercial da China está crescendo.

Fundos de hedge da máfia khazariana como: Vanguard, Carlyle, Blackstone e outros realizaram uma reunião de emergência na semana passada, para discutirem suas perdas enormes. Esta reunião foi seguida de uma admissão por parte da Goldman Sachs, a "lula-vampiro", de que as "questões mais amplas sobre a eficiência do capitalismo" precisam ser questionadas. Em outras palavras, eles estavam dizendo que o sistema pode estar quebrado.


Rockefeller e  a Arábia Saudita controlada pelo Citibank, por sua vez, disseram que a "economia mundial está presa numa espiral de morte".



No entanto, é provável que seja mais exato dizer que é o Citibank e suas instituições khazarianas mafiosas companheiras que estão presas numa espiral da morte. O fato de que um número cada vez maior de títulos em sistemas financeiros khazarianos controlados, como: O Japão e a UE estarem oferecendo taxas de juros negativas, significa estar havendo uma fuga de capitais destas economias. Nenhum investidor sensato irá manter seus fundos em títulos que perdem valor. A desculpa de que isso irá promover o investimento não engana ninguém. É uma espiral da morte, pura e simples.

Agora que o Ano Novo Chinês do macaco fogo começou oficialmente, podemos esperar muitas novidades vindas da China.

Talvez, numa antecipação a isso, os norte-coreanos tenham lançado um míssil, na semana passada. Isto foi seguido pela por anúncios da Coreia do Sul, Estados Unidos e japoneses de um super novo sistema de defesa antimísseis para se "protegerem da Coreia do Norte". Ninguém na comunidade de inteligência mundial está sendo enganado por esta farsa. O que isso realmente significa é que o Japão está usando seus mercenários da Coreia do Norte para anunciar que possui mísseis balísticos intercontinentais equipados com ligações de hidrogênio. Além disso, ao anunciar que possui defesa antimíssil contra esses "mísseis norte-coreanos", está enviando uma mensagem para a Rússia e China que pode deter seus mísseis.

Os chineses estão comentando que as tropas norte-americanas, baseadas no Japão, nunca iriam levar a sério a China para defender o Japão. No entanto, isso não é verdade, porque os americanos sabem que, se não defenderem o Japão e a Coreia da China, não iria demorar muito antes de se encontrar defendendo o Alasca e, em seguida, a parte continental dos EUA da China.

Felizmente, os chineses não têm a menor intenção de atacar a Coréia, Japão nos Estados Unidos ou em qualquer outro lugar. Em vez disso, estão ocupados na construção de fábricas, escolas, estradas, hospitais, portos etc. em todo o mundo. Ao mesmo tempo, estão apoiando a sua moeda com ouro e outras coisas que existem no mundo real. Eles sabem que o tempo está do seu lado e que a guerra é a opção mais idiota disponível para eles.

Numa nota final, dois oficiais militares norte-americanos, um com sede no Japão e outro nos EUA, contataram a Sociedade do Dragão Branco - SDB, na semana passada. As discussões foram centradas em como realizar um jubileu no Japão e EUA. A SDB recomendou confiscar todos os fundos roubados pelos mafiosos khazarianos e devolvê-los ao povo. Isso significaria cerca de US $ 100.000 para cada homem, mulher e criança no Japão e cerca de US $ 400.000 para cada americano (os norte-americanos tem sido vítima dos saques khazarianos mais do que os japoneses e, por isso é que mais é devido a eles). Também recomendou a amortização das dívidas e uma redistribuição das propriedades em zonas urbanas, bem como as propriedades rurais.


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...