segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mestre El Morya / Mestra Mirian - "Sobra as Graças Divinas" - 13.02.2015


Amados irmãos,

Hoje vimos a lhes trazer um recado de amor e benevolência. Vimos a lhes falar sobre as graças divinas. Dizemos sobre aquilo que lhes foi garantido e ofertado para que se busquem em iluminação.

A todos vocês, meus amados, foi concedido o livre arbítrio. Desde que adentraram nesse jogo da ilusão física, lhes foi dada autonomia para que decidam seu caminhar. Apesar de lhes ser ofertada toda a ajuda existente, apesar do Pai conhecer suas dores e cicatrizes no âmago de seus seres, jamais será permitida qualquer interferência em seu caminhar, sem sua expressa autorização.

O Pai confia plenamente em sua maestria, em seu poder, em sua divindade e Ele lhe concede a oportunidade de se desenvolver livremente. Nesse caminho, desvios foram cometidos, os quais na verdade se transformaram em grandes lições sobre vocês mesmos. Os desvios servem e serviram a lhes mostrar o correto caminho, que está relacionado a quem são, à sua essência divina.

Amados, estamos a lhes dizer que vocês se desviam para tomarem conhecimento de sua própria escuridão, então ao ressaltarem sua escuridão, vocês podem iluminá-la. Óbvio que esse caminho é doloroso, muitas vezes. Porém, é ele que os conduz ao crescimento, à felicidade plena.

Junto ao livre arbítrio, o Pai lhes também traz algumas responsabilidades, entre as quais uma delas é conhecida como Lei do Karma ou Lei do Retorno. Ou seja, sempre que se desviarem, terão que retornar e resgatar suas dores, curar suas cicatrizes, bem como as de seus irmãos de jornada.

Sim, meus amores! Essa também é uma graça divina porque representa o amor incondicional do Pai, que sempre concede oportunidade para seus filhos resgatarem suas decisões menos elevadas. Junto à lei do resgate de suas dores da alma, o Pai lhes abençoa com a iluminação de seus aspectos infantis, ainda escuros. A própria necessidade de resgate os conduz ao caminho da iluminação. Concebam, amados, a perfeição do plano divino, em graça.

Essas leis se aplicam em suas vidas, atentem-se para isso. Não há nada em suas vidas que não esteja em absoluta perfeição. As dores que possuem internamente são oportunidades de resgate, de iluminação, de se superarem. Então, vocês se utilizando de seu livre arbítrio e, em comum acordo com seus mentores e guardiões, decidem trazer determinadas experiências em suas vidas para que possam receber a graça da iluminação e da evolução espiritual.

São vocês, meus amados, que criam todas as experiências que enfrentam nesse momento, desde as mais dolorosas às mais sublimes. Mas em todas elas foram vocês que as pediram, em graça divina, ao Pai. O Pai, pelo amor que possuem por vocês, lhes concebe a experiência mais adequada à sua evolução e iluminação.

Obviamente que sob sua perspectiva dirão, “eu jamais pediria isso tudo que enfrento!” E nós lhes dizemos, “sim, vocês pediram desesperadamente por uma nova oportunidade de resgate e aprendizado, por uma nova tentativa!”

Tudo que possuem em suas vidas está em absoluta perfeição à graça divina. Lembrem-se, a quase totalidade de vocês já vivenciaram inúmeras outras vidas nesse projeto que se inseriram, a vida física na terra. Vocês mesmos, muitas vezes não conhecem a origem de suas resistências, de suas limitações, de suas dores mais profundas. Pois o véu os impede de ter acesso a essas informações. Porém, essas dores que trazem junto à si, todas têm uma origem em uma vida anterior ou nessa mesmo, em que um aspecto seu, em desenvolvimento, os levou a uma experiência extremamente dolorosa que traz seus efeitos para esse agora. Essa dor que sentem é uma graça divina, porque é ela que irá fazer com que se transmutem e se desenvolvam à caminho da completude e da perfeição.

Por outro lado, não se esqueçam que na vida física, em graça divina, tudo é passageiro: as dores e inclusive a própria vida. E justamente por ser passageiro nada lhes pertence, família, amigos, bens materiais, profissão, tudo é experiência a caminho da iluminação e em graça divina.

Porém, esse mesmo véu não lhes permite que visualizem a grande cena, mas mesmo assim, vocês, através de seu livre arbítrio, podem pedir diariamente aos seus anjos, guardiões e mentores que lhes apresentem a grande cena para compreender o motivo das experiências que vivenciam.

Mas, amados, lembrem-se de um fato importante. Ao pedirem isso o ego tentará lhes dizer o contrário. Ele fará vocês se sentirem menosprezados, vitimados, não amados, impossibilitados, mas até mesmo isso é uma graça. A superação do ego fará com que sua essência se torne mais forte e prevalente. A existência do ego é uma graça divina à sua essência.

Porém, meu filhos, há ainda algo importante a lhes dizer. Essa mesma lei da ação e reação que lhes trouxe os enfrentamentos, lhes trazem inúmeras bênçãos. Isso porque, todos vocês que estão a ler esses ensinamentos, sem exceção, realizaram maravilhosos atos de iluminação e bem aventurança em seu mundo. Então, vocês são amados e apoiados, porque também possuem um enorme karma positivo. Todos vocês, apesar de, em algum momento, terem se desviado porque isso é ser humano, acertaram o caminho na grande maioria das vezes, para não dizer, em praticamente, todas. Se não fosse assim, não receberiam a graça divina de experimentar a vida física nesse planeta em uma época em que tantas bênçãos e oportunidades os circundam. Estar aí nesse agora é uma grande graça divina que alcançaram, porque como já o dissemos, há muitos almas que gostariam de estar em seu lugar vivenciando uma experiência que lhes proporciona um crescimento sem precedentes.

Eu sou o mestre El Morya e venho hoje lhes trazer um recado de graça por tudo aquilo que representam e são.

Eu sou a mestra Mirian e vos agradeço pela graça que me concedem ao se debruçarem sobre esses ensinamentos que lhes trazemos.

Com grande amor e admiração, seus irmãos.

Mestres El Morya e Mirian


Canal: Thiago Strapasson
Veja mais El Morya Aqui 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...