segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Suzanne Lie PhD - "Ativar nossas percepções expandidas" - Parte 3 (Final) - 17.02.2016



Amar seu eu, outros e o seu planeta

O que significa amar?

O amor é um campo de energia, uma ressonância, uma frequência que funciona como uma onda portadora para todas as nossas mensagens para o nosso eu, os outros e para o planeta. O amor é uma linguagem silenciosa.

Todos nós somos familiares com o medo como uma onda portadora e também com a raiva, pois quando entramos na energia, frequência, emoção do medo, nosso cabelo arrepia na nuca, a adrenalina percorre nosso sistema e nós ficamos hipervigilantes para encontrar a fonte. Sentimos o medo como um grito porque ele ativa nossa resposta lutar/fugir e nos põe em alerta.

Por outro lado, o amor é um sussurro, uma brisa fresca suave, uma sensação de paz e de bem-estar. Tudo em nosso corpo nos alerta para o medo e prepara nossos sistemas biológicos para a batalha, mas o que nos prepara para o amor? É compreensível por que nós temos medo do medo, mas por que tantos têm medo do amor?

Na verdade, por que nossa realidade é tão cheia de medo, enquanto que o amor é muito mais raro? A resposta é “sobrevivência”. Em nossa longa estada pelas realidades tridimensionais, nós aprendemos que se não prestássemos atenção ao medo, nossas vidas poderiam estar em perigo. Mas quem quer viver uma vida sem amor? Infelizmente, para muitos o amor é um sentimento, na melhor das hipóteses. Entretanto, isso é porque é o amor humano.

O amor humano é cheio de medo, raiva, dor, julgamento e condições. Tal como os humanos podem ser cheios de medo, o amor humano é cheio de medo. Por outro lado, o amor incondicional não é baseado na humanidade que está presa na matriz tridimensional de medo, separação e limitação. Enquanto que o amor humano, que também pode ser lindo, ressoa à frequência da terceira dimensão, o amor incondicional ressoa à frequência da quinta dimensão e acima.

De fato, o amor incondicional está além da emoção humana. O amor incondicional é uma ressonância de frequências multidimensionais que pode aderir a qualquer pessoa, local, situação ou coisa em qualquer dimensão de todo o Cosmos. O Amor incondicional é um vento suave num dia claro e o sopro de Deus por toda a eternidade. O amor incondicional é a cola que mantém unida toda a vida e a força de cura de toda criação.

Mais importante, o amor incondicional é a linguagem silenciosa que pode ser compartilhada para criar calma, paz, unidade e saber. Ele pode curar qualquer comunicação e resolver qualquer problema. Entretanto, para usar o amor incondicional como uma onda portadora para as nossas comunicações com o nosso eu, com outros e até com nosso planeta, nós precisamos estar conscientes das ondas portadoras que presentemente estamos usando.

Assim que ficamos conscientemente cientes de qual ressonância, frequência, emoção é a onda portadora para nossa comunicação, nós podemos escolher substituir a ressonância mais baixa da onda portadora, tal como raiva, medo, tristeza ou amor condicional por amor incondicional. Além disso, para permitir o amor incondicional entrar em nossa consciência pessoal, primeiro nós precisamos amar o nosso eu – incondicionalmente. Portanto, nós precisamos começar por ouvir a onda portadora que nós usamos quando falamos com o nosso eu.


Parte 1 Aqui
Parte 2 Aqui

Autor: Suzanne Lie PhD 
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com
Veja mais Os Arcturianos e Suzzane Lie PhD Aqui 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...