sábado, 12 de março de 2016

Mestra Rowena - "O agora é o único momento que o amor existe" - 10.03.2016



Filhos do coração,

Viemos hoje, com todo nosso amor, a lhes falar sobre o agora, sobre a arte de se fazer presente, de permanecer e viver o momento existente. 

Quando seus pensamentos se deslocam no tempo, há sempre uma ansiedade ou uma expectativa pelo futuro, ou pode haver uma sensação de culpa sobre algo que já se passou e não foi plenamente vivido. Porém, quando for assim, sempre acabarão por bloquear suas sensações do agora, porque quando se deslocam estão entrando numa ilusão, numa perspectiva que não lhes pertence e que também não controlam.

Entendam, amados, que cada vez mais, seu mundo estará a se modificar. Então, não há mais possibilidade de planejamentos. Vocês já sentem isso em suas vidas, porque a mudança não é apenas para vocês, mas, sim, a todos os seus irmãos de jornada. As mudanças, ocorrerão porque é inerente ao momento que vivenciam. Isso impossibilita qualquer probabilidade - que jamais existiu, na verdade - de tentar controlar os fatos que virão. Tudo pode, a qualquer momento, se alterar. 

Da mesma maneira, vocês carregam as mágoas e as dores do passado, daqueles atos praticados pelos “antigos vocês”. Porém, em razão desse mesmo ciclo de mudanças e evolução, os “antigos vocês” deixaram de existir. Então, quem tomou aquela decisão não foi essa sua atual consciência, mas, sim, a anterior mais restrita. 

Nesse atual ciclo planetário, o você do dia de hoje não é o de ontem e nem será o de amanhã. Pois seus guias e mentores estão os conduzindo no limite da expansão de consciência e, a cada dia, vocês estão se renovando, se expandindo. 

Isso significa que não há planejamento, porque amanhã haverá uma nova concepção mais expandida sobre esse mesmo fato. Como o você de ontem já não é mais o de agora, então uma nova forma ou atitude poderá ser adotada. 

O que dizemos é que, nessa época, tudo que possuem é o presente, é os “vocês de agora”. Não há mais uma preconcepção. Tudo está no momento, no sentir. 

Aliás, há algum tempo lhes trouxemos uma série de ensinamentos sobre a importância do sentir. E como lhes dissemos, o sentir é fundamental para que vivenciem o fluxo nessa época. Isso porque, através dele, vocês não tomam uma decisão antecipada e ainda abandonam seus preconceitos. Vocês sentem o momento, e então se entregam àquilo que seus corpos lhes dizem e aos sinais, às evidências que seus corações os conduzem. Esse é o caminho para o verdadeiro fluxo da vida, que lhes trará paz e alívio. 

Nessa concepção, tudo é vivido no presente. Então, aquela ansiedade pelo momento futuro ou a tristeza do passado é deixada de lado. Nessa forma de vivenciar as experiências, vocês sempre tomarão a melhor decisão ou se conduzirão de acordo com suas consciências presentes no agora. 

Muitos dirão que isso exigirá confiança. Digo-lhes que não, mas apenas disciplina para se manterem presentes. Mesmo porque o passado se foi, não volta, e o futuro ainda será, talvez, vivido. Então, confiança seria exigida se tivessem controle sobre essas situações, mas como não possuem, só resta o agora, e não há outra alternativa. Absolutamente tudo fora do agora somente existe dentro de sua consciência, e não externamente. Ao seu lado está somente o momento presente. 

Veja, meu amado, como tudo o mais é a ilusão de sua consciência. Não há passado e nem futuro. O que existe é você, de frente com o “você de agora”. O que você fará aqui, agora. Sinta o que seu corpo, seu coração lhe diz ser o melhor e perceberá que agora tudo está bem.

Vocês, então, passam a tomar suas decisões de acordo com o que sentem no momento, da melhor forma que suas consciências e vibração os permitem. Mas, para isso, devem se manter presentes, porque como já lhes dissemos, quando se deslocam, vocês deixam de sentir. 

Somente assim é que se colocarão no fluxo da vida, que se manterão em paz, sem medo, sem expectativa, sem frustração, sem receio. Somente sob essa perspectiva é que se manterão conscientes, pacientes com tudo ao seu redor, vivendo esse segundo de seu tempo linear. 

Se não acreditam, realizem um simples exercício. Sempre que um sentimento menos elevado estiver a os causar dor ou incomodar, parem, respirem, olhem ao seu redor e aos detalhes que estão ao seu lado. Voltem-se ao agora. Se fizerem isso, sentirão uma sensação imediata de segurança e alívio, porque agora tudo está muito bem. Tudo o mais não se sabe ou já se foi. 

Então, manter-se presente é também exercitar sua paciência, seu amor, sua compaixão, sua misericórdia e, acima de tudo, sua humildade. Porque quando vocês olham apenas para o presente, seu ego perde o domínio e passa a exercer sua função, que é protegê-lo contra os perigos iminentes. Quando se está nessa perspectiva da vida, você está sendo um mestre, aquele que se identifica com os sentimentos sublimes da criação e não permite que a negatividade aflore. 

Isso porque, toda sua negatividade decorre do rancor, da tristeza do passado ou da expectativa, do medo do futuro. E você, que tem a possibilidade de ler essa lição agora, poderá observar que tudo está bem nesse exato momento. Aliás, esse é o melhor momento de sua existência, porque os demais já não existem ou ainda não se sabe se virão. 

Eu sou a Mestra Rowena e sustento a chama do amor. Venho lhes falar para se manterem presentes, porque esse é o único momento em que poderão flamejar todo seu amor. Então, não percam essa única oportunidade. 

Eu vos agradeço, de todo meu coração, meus filhos! 

Mestra Rowena 


Canal: Thiago Strapasson
Revisão de texto: Solange Yabushita  
Veja mais mensagens do Mestra Rowena Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...