sexta-feira, 4 de março de 2016

Mestre El Morya - "Os sinais da vida" - 02.03.2016



Amados irmãos!

De todo nosso coração, vimos a lhes trazer um recado de incentivo, de fé, a lhes mostrar o caminho a ser perseguido, a ser trilhado.

Dizemos que não há segredo para trilhar o caminho, pois ele possui sinais de indicação. É como se estivessem em uma via sinalizada que o tempo todo lhes diz por onde ir. Mas há mais. Vocês possuem instrumentos tecnológicos altamente avançados que lhes mostrarão o trajeto a ser percorrido. Basta que sigam as indicações ou se utilizem de seus instrumentos de localização e, no fluxo, caminhem juntos de seus irmãos de jornada.

Acreditem, amados! Vocês possuem um instrumento que é dos mais desenvolvidos da criação. É seu centro de amor, o coração, que lhes diz o caminho mais belo. Ele é seu centro intuitivo e quando olharem a ele, descobrirão avançados recursos a os mostrar as vias mais belas da criação. Ele é de fácil uso porque se utiliza da energia amorosa de nosso Pai.

Quando acessaram esse mundo, vocês não foram deixados ao léu. Ao contrário, vocês possuíam um mapa detalhadamente traçado. Ele os dizia por onde passariam. Esse mapa está em seu sentir, em seu pulsar e, ainda, foi dada uma cópia aos seus guias e mentores para que, no caso de se desviarem, eles pudessem lhes sinalizar o retorno mais próximo.

Claro que nesse caminho previamente traçado poderiam aparecer desvios, haver surpresas inesperadas que os fizessem parar por uns instantes. Mas a partida e o destino estão lá, embora possam optar por vias diversas ao longo desse caminhar. Há caminhos mais longos e também atalhos. Uns mais claros e belos e outros nem tanto, ou, mais escuros. Vocês traçaram esses mapas aos mínimos detalhes junto daqueles que conhecem profundamente sua trajetória, seus anjos e amigos espirituais.

Então, embora esse mapa não esteja o tempo todo em suas mãos, vocês sempre terão as lembranças desse trajeto, pois foram vocês que traçaram aquele que entenderam ser o melhor caminho de sua existência. Vocês sempre terão essa lembrança, ainda que em alguns trechos elas possam estar meio apagadas da memória.

Mas sequer isso é um problema, porque, como já lhes disse, vocês possuem as sinalizações ao longo do caminho, os avançadíssimos instrumentos do seu coração e, ainda, seus guias que estarão a lhes sinalizar os desvios e retornos. Olhem a benevolência desse trajeto! Quanta ajuda disponível, ao seu alcance!

Sim, filhos! Vocês possuem uma voz interior que sempre lhes dirá, lhes mostrará o trajeto de sua existência. Muitos a chamam de “a voz do coração” ou “centro intuitivo”. Ela está lá a os falar, mas para escutá-la, vocês têm que, momentaneamente, abafar uma outra voz, a de sua mente, do seu ego. 

O ego, a mente racional, é também um importante instrumento no trajeto de sua existência física, porque ele estará o tempo todo a os alertar dos perigos, precavendo-os contra eventuais acidentes que possam enfrentar. Sua indicação nem sempre será a mais bela e suave, como do coração, mas com certeza os levará à segurança física diante da realidade imediata e visível. Por isso que o ego deve ser tido como um servidor, que não deve ser anulado, mas, sim, utilizado sob a perspectiva do espírito. Então, uma voz lhes dirá o caminho mais belo, outra lhes alertará dos riscos. Cabe a vocês decidirem a assumir os riscos ou se resguardarem, mudando ou paralisando o trajeto. Mas, de qualquer modo, todos esses trajetos lhes trarão ao mesmo destino, a morada de amor de nosso Pai.

É tudo muito simples. Não há segredo para seguir o fluxo da vida. Basta que se atentem e aprendam a utilizar os instrumentos que estão disponíveis. Há em seu avançado coração, os sinais externos da criação, as indicações de seus amigos e guias e os sinais de segurança da mente. Enfim, vocês vão se utilizando de todos esses equipamentos energéticos que estão à sua disposição para seguir o fluxo da criação e da de sua breve existência terrena.

No caminho, basta que estejam lá, presentes no agora, observando todos esses sinais disponíveis para que o trajeto seja percorrido com maestria. Então, não se preocupem qual caminho seguir no dia seguinte porque o mapa já foi traçado. Basta que busquem os sinais do agora.

Amanhã? Ah, o amanhã! Ele trará novas indicações! Não se preocupem! Fluam o trajeto do agora para que sejam capazes de manter a atenção a todos esses instrumentos disponíveis. Para usá-los, então, é importante que permaneçam presentes.

Eu sou o mestre ascendido El Morya e vos agradeço, irmãos, por estarem cada vez mais atentos aos sinais da vida, a seguir o caminho traçado com cada vez menos desvios e acidentes. Eu voz deixo confiando que a lição será compreendida.

Como todo meu amor.

Mestre El Morya


Canal: Thiago Strapasson
Fonte: http://coracaoavatar.blogspot.com.br/
Revisão de texto: Solange Yabushita
Veja mais El Morya Aqui 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...