terça-feira, 19 de abril de 2016

Benjamin Fulford - "Sociedades secretas asiáticas Vermelha e Verde sob nova liderança" - 20.04.2016



Na semana passada, um representante alegando ser um dos principais da família chinesa, a União Mundial Hongmen, informou à Sociedade do Dragão Branco que as Sociedades Vermelha e Verde, estavam sob nova liderança. Disse que, "quando os asiáticos fizerem seus gigantescos movimentos, a terra irá tremer, embora, seu objetivo seja a paz mundial".  Pouca coisa mais pode ser escrita sobre as conversações entre as sociedades Vermelha, Azul e a SDB. No entanto, podem ter certeza de que grandes eventos irão se desenrolar em breve.

Também, existe muita conversa de varias fontes, incluindo a CIA e Pentágono de que algum tipo de evento financeiro, muito maior do que o choque Lehman, seja iminente. Embora a experiência tenha nos ensinado a ser cautelosos sobre datas específicas, muitas fontes chegam a ir mais longe, para dizer que será em 19 de abril. Este é o dia em que a Shanghai Gold Exchange iniciará sua plataforma de negociação de ouro, destinada a assumir a fixação do preço do ouro dos bancos controlados pela máfia khazariana.


Provavelmente, talvez, não seja coincidência que, na semana passada, o Deutschebank admitiu, num tribunal, ter manipulado os preços do ouro e da prata, prometendo liberar todas as informações em seu poder acerca de outros grandes bancos envolvidos nesta manipulação de preços.

Dessa forma, temos os chineses iniciando uma troca de ouro, ao mesmo tempo em que os bancos ocidentais que, tradicionalmente estabelecem seu preço, sendo publicamente expostos por fraude. A Shanghai Gold Exchange, também tornará possível aos asiáticos rentabilizar suas vastas quantidades de ouro fora do mercado, que supostamente possuem. Isso significa que o yuan chinês irá se tornar, pelo menos, parcialmente lastreado em ouro.

Esta é uma das prováveis fontes de relatórios como este:


Que afirma que China irá anunciar o lançamento de um Yuan internacional lastreado em ouro e parar de aceitar dólares a partir desta semana. Não fomos capazes de confirmar isso de forma independente, todavia, podemos dizer que a SDB, aconselhou os chineses a fazerem um movimento coordenado com os militares e agências dos EUA.

Certamente, os ministros das finanças e banqueiros centrais que formam o G20, estiveram todos em Washington, na semana passada, para reuniões regularmente agendadas e de emergência. Os diretores do Federal Reserve Board, também tiveram uma serie de reuniões de emergência.

Um resultado visível, na semana passada, foi a notícia historicamente significativa, acerca do Federal Deposit Insurance Corporation, relatar que grandes banqueiros como JP Morgan, Goldman Sachs, Wells Fargo, New York Mellon Bank e State Street Corp de que seus planos de falência "eram não credíveis."


Isso colocado de outra forma, significa que, alguns dos principais bancos da cabala khazariana e proprietários do Federal Reserve Board, basicamente estariam sendo informados de que, de fato, estão falidos.

Fontes do Pentágono e da CIA, também, nos informam que, quando a presidente do Federal Reserve Board, Janet Yellen, se reuniu com o presidente dos EUA, Barack Obama e vice-presidente Joe Biden, pediu para que militares dos EUA se mobilizassem no arrebanhamento de criadores de problemas e colocá-los em acampamentos do FEMA, a fim de evitar tumultos em massa, depois de um movimento planejado do Fed, para salvar os grandes bancos, por terem roubado as poupanças das pessoas. "Deixar o dólar morrer e fazer uma fiança". Foi dessa forma com que a fonte da CIA, resumiu a proposta de Yellen. No entanto, os militares negaram, dizendo que tinham outros planos. Yellen deveria ter aceitado o acordo do ouro oferecido a ela na semana passada pelos asiáticos, quando teve a chance.

Em vez disso, agora os militares estão pressionando Yellen, para forçar o Fed, afim de enviar e publicar uma carta ao JP Morgan, para que o mundo saiba de sua "instabilidade". Pressão militar também estaria por trás do aviso do FDIC, para os cinco grandes bancos mencionados acima. Como resultado, o Wells Fargo e outros bancos começaram a treinar pessoal para um "cenário de emergência".

Os militares dos EUA, também, estão ativamente trabalhando na criação de um novo governo que possa emitir dólares lastreados com a prata e ouro asiático, de modo a manter a economia dos EUA em funcionamento após o colapso do sistema bancário babilônico de escravidão por dívida da máfia khazariana, dizem fontes da SDB.

A situação não é muito melhor na Europa. Na semana passada, o FMI afirmou publicamente que os bancos europeus acumulam uma dívida ruim de 900 bilhões de euros e que não poderia mais adiar suas ações contra isso. É um bom palpite que os números reais da inadimplência sejam bem piores do que aquilo que o FMI está disposto a admitir. Em outras palavras, muitos dos principais bancos europeus também, provavelmente, estão falidos. Barclays, Deutschebank, Credit Suisse e UBS estão sendo auditados por órgãos reguladores, para ver se estão solventes, dizem fontes russas.

Pode ser essa a razão dos oligarcas da máfia khazariana, de repente, lançarem campanhas na Europa e nos EUA para o fechamento de paraísos fiscais e forçar ou atrair US $ 31 trilhões em dinheiro offshore do mundo para a Europa ou os EUA, onde poderiam confiscá-lo e evitarem suas falências. Fontes da CIA dizem que os Rothschilds já conseguiu atrair "trilhões" de dólares para Reno, Nevada com esta farsa de motel barato. Estejam certos de que não se trata de seu próprio dinheiro offshore que planejam repatriar.

Um dinheiro que é certo de ser confiscado são dólares norte-americanos, denominados de participações da Arábia Saudita. Na semana passada houve uma notícia publicada na mídia corporativa, relatando que a Arábia Saudita poderia vender centenas de bilhões de dólares do valor de seus ativos norte-americanos e títulos do tesouro, se o governo dos EUA divulgasse as 28 páginas secretas do relatório do 11.09 ou se permitisse às famílias das vítimas do 11.09 processarem Arábia Saudita.


No entanto, a Arábia Saudita não tem essa escolha e, em vez disso, irá descobrir que suas participações norte-americanas já foram confiscadas. Mesmo com a ajuda da Turquia e Israel, os EUA e a Rússia poderia esmagá-los como insetos, caso se oponham a esse confisco.

Na verdade, de acordo com fontes do Pentágono, o presidente Obama, nesta semana, irá visitar a Arábia Saudita para informa-los do ato de motim e forçá-los a parar de causarem dificuldades ao redor do mundo. Além disso, Obama também irá liberar as 28 páginas do referido relatório, depois de seu retorno dessa visita, dizem as fontes.

No mesmo tempo em que Obama faz visita à Arábia Saudita, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu foi convocado para estar em Moscou. Lá, será informado da devolução das Colinas de Golan para a Síria e cumprimento de outras resoluções da ONU relativas a Israel ou então será confrontado com sanções, de modo que "todas as opções estarão sobre a mesa". Isto poderia significar um bloqueio total a Israel. Além disso, fontes dizem que Obama, apoiado por militares dos EUA, não usariam o habitual veto dos EUA para salvar Israel das sanções da ONU.

Os russos, também pedirão o retorno do ouro roubado do Czar da Rússia pela família Rothschild, os verdadeiros governantes de Israel, dizem as fontes. A biblioteca do Banco do Japão tem um relatório sobre navios de guerra japoneses que aportaram em Vladivostok em 1918, para retirada 10 toneladas do ouro dos Czares, "antes dos comunistas se apossarem dele. Este ouro foi mais tarde enviado para Londres, de acordo com o BoJ. Esta, provavelmente, seja apenas a ponta do iceberg relativa ao ouro russo desaparecido.

Falando em ouro roubado, está acontecendo uma enxurrada de atividades ligadas com esconderijos de ouro, na Indonésia. Esta semana, o presidente indonésio Joko Widodo (Jokowi) estará a visitando a Alemanha, Reino Unido, Bélgica e Holanda, para discutir o ouro da Indonésia, entre outras coisas. Acontece que o ouro foi trazido pelos japoneses, após toma-los de outros países asiáticos, que agora estão reivindicando seus direitos, dizem fontes da CIA na Indonésia. Os europeus, também cobiçam esse ouro. Fotografias do local do ouro, na Indonésia, podem ser disponibilizadas aos interessados, dizem as fontes.

De qualquer maneira, no final do dia, provavelmente conseguirá um acordo entre os Chapéus Brancos do Pentágono, SDB e os chineses para resolver esse caso.

Uma sinalização pública do que os Chapéus Brancos dos EUA e os chineses estejam fazendo ofertas, pode ser confirmada pelo fato de, na semana passada os chineses, através de seu Banco Asiático de Investimento e Infraestrutura-BAII e do Banco Mundial controlado pelos EUA, terem anunciado conjuntamente seu primeiro projeto de financiamento.


O próximo passo será a escalada de investimentos de bilhões para os trilhões de dólares.

Outro assunto que está sendo ventilado entre a SDB e os chineses, diz respeito ao Japão. O primeiro-ministro Shinzo Abe, que em última análise se reporta aos irmãos Agnelli e Evelyn de Rothschild, precisa ser retirado. No longo prazo, os chineses indicaram o influente e político de carreira, Ichiro Ozawa que, todavia, é muito antiamericano para o gosto do Pentágono, dizem fontes envolvidas nas negociações. Por essa razão, Hideo Higashikokubaru, um talento da televisão e ex-governador da província de Miyazaki, está sendo considerado como substituto de Abe, dizem as fontes. Higashikokubaru, presidiria um jubileu e uma redistribuição de ativos, dizem.

Num outro assunto, o Japão está agora se preparando para legalizar Maconha de forma total e dar o controle da bonança dos negócios resultante dessa atividade para sociedades secretas asiáticas. Entretanto, a Otsuka Pharmaceuticals, está planejando para ter uma importante participação na indústria medicinal da maconha, dizem fontes das sociedades secretas asiáticas.

Ainda sobre o Japão, o terremoto acontecido na semana passada no sul do Japão parece, a partir de evidências sismográficas e outras, ter sido uma catástrofe natural. O anel vulcânico de fogo, ao redor da bacia do Pacífico está muito ativo, porque um novo continente está emergindo no meio do Oceano Pacífico, de acordo com fontes da Loja Maçônica P2. Naturalmente que isso não irá acontecer da noite para o dia, embora, o nascimento de novas ilhas venha sendo observado na região.

ATUALIZAÇÃO:

No Boletim Semanal de Analise Geopolítica do 18 de Abril (este), informei que evidências sismográficas do terremoto 16 de Abril, no sul do Japão, haver demonstrado ser um terremoto natural. Estava errado. Abaixo está a evidência sismográfica National Research Institute for Earth Science and Disaster Prevention...


Ele mostra muito claramente que o terremoto tem assinatura de uma explosão nuclear subterrânea e não um terremoto natural.

Veja aqui um contraste entre um terremoto natural e uma explosão nuclear:



Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...