quarta-feira, 25 de maio de 2016

Benjamin Fulford - "O chefe da máfia khazariana é o Barão Jacob Nathaniel Rothschild" - 23.05.2016



O homem que está por trás do bloqueio do novo sistema financeiro e evitando o uso do ouro asiático para o benefício do planeta é o Barão Jacob Nathaniel Rothschild, de acordo com os seus parentes próximos, bem como a CIA. O Barão Rothschild é a cabeça do polvo da máfia khazariana que controla a emissão de dólares americanos, euros, ienes japoneses e muitas outras moedas, exceto o yuan chinês e o rublo russo. Foi Rothschild que atrapalhou o negócio, quando os anciões asiáticos ofereceram ouro com um desconto de 13%, a fim de criar uma agência de planejamento do futuro, com a finalidade de acabar com a pobreza, deter a destruição ambiental e transformar este planeta num paraíso. O plano é apoiado pelas nações dos BRICS, o Pentágono, a maioria das agências e até mesmo muitos dos próprios parentes de Rothschild.

Se o Barão Rothschild não entrar em contato com a Sociedade do Dragão Branco para negociar um acordo, no prazo de 24 horas, a partir da publicação deste boletim, a SDB irá oferecer uma tonelada de ouro, disponível para retirada em Hong Kong, a qualquer um que possa convencê-lo a sair do caminho. A propósito, Rothschild, sabemos que você está se escondendo na antiga casa de Mark Rich, em Zug, na Suíça e não em sua casa de campo em Waddeston, Buckinghamshire, Inglaterra. Não se incomode tentando se esconder, seria fútil.

Caso outras pessoas também tentem nos bloquear, seremos forçados a distribuir nossas cartas de baralho, tal como os nazistas de Bush fizeram no Iraque. Cada carta será trocada por certa quantidade de ouro, dependendo da natureza dos crimes perpetrados contra a humanidade pela pessoa representada.

No entanto, o que o círculo cada vez menor de lacaios dos Rothschild e khazarianos nazistas precisa entender que, a SDB não existe para "caçar" caras maus. Simplesmente queremos salvar o planeta. Se alguém nos atrapalhar nesse intento, seremos obrigados afastá-lo do caminho.

A outra coisa a notar é que o plano da SDB, em alguns aspectos, se assemelha às festas de fim ano que a Nomura Securities usou para manter correspondentes estrangeiros em Tóquio. A maioria dos correspondentes não está autorizada a aceitar presentes de valores superiores a US $ 20 ou então de suas fontes. Então, o que Nomura fez foi organizar um jogo de bingo, onde, ao que parece, todo mundo ganhou um bom prêmio. Este correspondente uma vez foi "enganado”, ao aceitar um jogo de chá Noritake, de U$ 300,00, dessa maneira.

Em outras palavras, a SDB quer ter certeza que todo mundo ganhará um prêmio, incluindo as pessoas do dinar, os norte-coreanos, os vários M1, os Illuminati gnósticos, o pessoal do ZAP e todos os outros que participaram na luta para criar um sistema financeiro mais justo. É claro que todas as pessoas e seres vivos deste planeta também sairão vencedoras, assim que conseguirmos e isso vai acontecer.

Este é claramente o caso, porque a situação está ficando cada vez mais desesperada para a máfia khazariana na medida em que está sendo sistematicamente removida do poder em todo o mundo.

Os mais importantes desenvolvimentos recentes aconteceram em Israel, onde o ministro da Defesa, Moshe Ya'alon, renunciou na semana passada, denunciando "o extremismo, violência e racismo", na sociedade israelense e no regime de Netanyahu.


A isto seguem comentários feitos pelo IDF Sub-Chefe do Estado Maior, Yair Golan no Dia da Lembrança do Holocausto, onde, entre outras coisas, disse: "A chuva de projetos de lei racistas no Knesset, aqueles já aprovados e aqueles em trâmite, se parecem muito com as leis aprovadas pelo Reichstag, nos primeiros dias do regime nazista".


Estes comentários foram corroborados pelo antigo primeiro-ministro de Israel, Ehud Barak, que disse que Israel foi "infectado pelas sementes do fascismo".

Parece que o povo judeu, finalmente, está acordando para o fato de sua própria liderança é realmente composta de mafiosos nazistas khazarianos, com uma agenda genocida.

Esse despertar tardio dos judeus para os horrores a que estiveram submetidos ao longo dos milênios por seus líderes adoradores de satanás, não está acontecendo por acaso.

Os russos levaram a cabo, uma campanha muito sofisticada, forçando o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu nomear o soviético extremista de direita, Avigdor Lieberman, como o novo ministro da Defesa, afirma a inteligência do Pentágono. Este extremista irá realizar políticas agressivas suicidas que irão "acelerar a destruição de Israel", dizem as fontes. Em particular, é esperado que Lieberman ordene uma invasão ao Líbano, que desencadeará uma chuva de mísseis do seu sistema de defesa chamado de Cúpula de Ferro, será ineficaz, dizem as fontes.

Outra coisa que é iminente, é a destruição financeira do regime israelense. Isso porque o Senado dos Estados Unidos superou a oposição do presidente Barack Obama para aprovar uma lei que permitiria a cidadãos norte-americanos processarem os governos estrangeiros não só em caso de terrorismo, bem como sabotagem de aviões, tomada de reféns e assassinatos extrajudiciais. Enquanto a imprensa controlada pela máfia khazariana parece pensar que esta lei visa a Arábia Saudita, o verdadeiro alvo é Israel. Israel (e seu rei secreto Rothschild), agora pode ser processado pelo 11/09, os ataques de Paris, Os voos 370/317 da Malaysia Airlines, o acidente do avião russo no Sinai e, agora, na semana passada, o  incidente da Egyptair. Fontes do Pentágono dizem que as palavras "sabotagem de aeronaves" foram deliberadamente adicionadas ao projeto do Senado apenas para tornar Israel responsável pelas suas ações.

No caso do "acidente" da semana passada da EgyptAir, fontes da CIA dizem que o que realmente aconteceu, foi que três agentes do governo francês estavam a caminho do Egito para expor graves crimes khazarianos e que o avião em que estavam voando foi desviado para Israel. É por isso que as notícias iniciais disseram que haviam 69 pessoas a bordo, enquanto relatórios posteriores alteraram o número para 66. "O sequestro israelense da Egyptair, apenas dois dias após a aprovação do projeto do Senado, é uma ponte longe demais e pode levar a um enorme despejo de informações sobre seu terrorismo e malefícios", confirmam fontes do Pentágono.

Os russos, por sua vez, transmitiram informações para a SDB, acerca da existência de um grande traidor khazariano, nas fileiras do Pentágono. Eles afirmam o general de quatro estrelas, Joseph Leonard Votel, chefe do Comando Central dos EUA, “recentemente visitou secretamente a cidade de Rakka, na Síria, para apoiar o ISIL, no preparo de uma ofensiva”:

A Inteligência russa diz que verdadeira lealdade de Votel, não é com os Estados Unidos e, sim, com o grupo mafioso khazarariano, Vanguard e seu proprietário da cidade de Londres (Rothschild). O Veterans Today, por sua vez, está dizendo, que quatro oficiais de inteligência, um americano, um saudita, um turco e um francês, recentemente foram capturados pelo Hezbollah, na Síria. Eles também estariam trabalhando para a máfia Khazariana.


Nos Estados Unidos, os quinta colunas khazarianos estão lutando para manter o controle, enviando todos os seus chefões para tentar convencer o candidato presidencial republicano, Donald Trump, para se juntar a seu programa. É por isso que Henry Kissinger, Dick Cheney, James Baker, Sheldon Adelson e outros foram recentemente visitá-lo. Não importa o que essas pessoas digam, "Donald ainda seria forçado por seus manipuladores a fazer o que for melhor para a América e não para Israel", dizem  fontes do Pentágono. Trump é apoiado pelo Vaticano, a NRA e os russos, entre outros e estará seguindo uma agenda muito diferente da máfia Clinton/Bush, acrescentam.

A principal fonte de poder khazariano, seus bancos centrais de propriedade privada, também estão sob grande ataque cibernético. O grupo de hackers Anonymous desligou os computadores do Banco da Inglaterra, o ramo de Boston do Conselho da Reserva Federal, o Banco da França e atacaram  outros 20 sistemas de computadores de bancos centrais ao redor do mundo, onde dizem que é apenas o começo de uma prolongada campanha contra esses bancos. Estes ataques são projetados de tal forma que não afetam transações diárias de pessoas comuns, apenas os oligarcas khazarianos, diz o Anonymous.

A campanha para cortar o dinheiro khazariano de narcóticos, também prossegue, quando o chefe do Comando Sul dos EUA visitou o Peru, em 10 de Maio, para garantir que o país se junte a Colômbia, para garantir que o dinheiro da cocaína não vá para os nazistas khazarianos.

A progressiva legalização de drogas em todo o mundo, com a Alemanha e Japão se juntando aos EUA em permitir o uso médico e, possivelmente, até mesmo recreativo da maconha, também causou corte das finanças da máfia khazariana.

Os mafiosos sionistas khazarianos também foram capazes de montar um contra-ataque limitado, temporariamente assumindo o Brasil e impondo que um israelense presidisse o banco central do país. No entanto, somente o regime fascista Macri, da Argentina reconheceu o novo governo de lá. No momento, um contra-ataque contra o regime golpista está acontecendo no Brasil, na forma de greves, protestos e "outras ações".

Enquanto isso, no Japão, uma reunião de cúpula do G7 planejada há muito tempo está acontecendo nesta semana, mas, já é evidente que este grupo de líderes fantoches não irá realizar nenhuma coisa diferente, além de desfrutar as águas termais, visitar santuários e comer boa comida. O comunicado oficial será brando, a ponto de insignificância, porque as pessoas reunidas neste encontro estão se tornando cada vez mais irrelevantes. Alguns grupos queriam matar Obama quando ele visitar o Japão, todavia, como disse, Vladimir Putin, da Rússia, "Se o cão de alguém morde você, não vá atrás do cão, mas sim o seu proprietário".

A bola está agora no seu campo, Rothschild.


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...