quarta-feira, 4 de maio de 2016

Lord Emanuel - "Por que ainda vivo no padrão coletivo?" - 02.05.2016



Que alegria poder lhes falar hoje! Que a felicidade dirija essas energias em forma de palavras até vocês, porque sou eu que estou aqui, seu Amigo, Lord Emanuel.

Tenham três breves respirações, sintam seus corpos, relaxem por breves minutos e emerjam nessas palavras que trago a lhes acalmar o Coração. 

Sintam a energia desse Amigo aqui, pois começamos um novo ciclo, um novo mês, onde cresceram muito nos últimos tempos. Quanto avanço! É admirável! 

Mas a vida é sempre um recomeço, sempre uma nova oportunidade. A cada novo raiar, vocês possuem uma possibilidade de viver fora dos antigos padrões, de sair da consciência coletiva de massa. Cada novo dia, você pode respirar e dizer pra si mesmo: eu sei quem eu sou e esse não é o padrão que desejo viver. 

É porque, Amados, vocês vêm de padrões coletivos desde a tenra infância já de outras vidas. Vocês se habituaram a viver assim, nesses padrões exteriores. 

Mas, meus amigos, hoje venho a lhes ensinar uma técnica para termos uma conversa franca, de amigo para amigo. Pois não sou seu Amigo do Coração? Então, me escutem por um minuto: imaginem sua mente expandida. Vocês observam suas vidas do alto e se lembram dos padrões espirituais que os temos ensinado. Nesse momento, vocês conseguem compreender suas experiências, elas estão em comunhão com o Todo! E, em seguida, vocês se lembram daquilo que seus pais, seus irmãos, seus amigos lhe ensinaram a vida toda. Então, vocês ficam na dúvida, “por onde vou? Eles dizem sobre as energias, sobre a expansão da mente, mas não é assim que vivo”. 

Por que será, Amados? Eu lhes digo, mas como um grande Amigo, que “é porque estão nesse padrão coletivo”. Um padrão externo que não diz sobre vocês. O segredo é se manter no padrão espiritual. Viver “fora da caixinha”. Não ser tão normal assim!

Viver confiando que tudo que seu Coração lhes mostra é a verdade e, o que ouviram, a ilusão. Há dois vocês! Um que está nesse padrão coletivo e outro que está no sentir, no fluir, no se entregar, no observar a vida a partir de um novo foco, aquele que te faz feliz. Se te faz feliz, se você é capaz de se ver assim, então é esse o padrão do Coração. 

E o outro? Ah, esse é o do medo, da dúvida, da resistência, aqueles que aprenderam por muitas gerações e lhe dizem que é o normal. Viram como é simples? 

Então, meu Amigo do Coração, em razão do meu Amor, lhe pergunto: por que está na “caixinha” ainda? O que impede de ser feliz, de sair da sua normalidade? Até quando o coletivo lhe dirá o que é certo?! 

Pois sou eu que estou aqui. Aquele que lhe ouve, que lhe abraça, que senta junto a você, que é seu Amigo sincero, porque deseja que seja feliz e ouça sua essência mais pura. 

Sou Eu que estou aqui! Sinta a minha energia e meu abraço! Sinta esse seu Amigo aqui, Lord Emanuel. 

Com todo meu carinho. 

Lord Emanuel


Canal: Thiago Strapasson 
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/
Revisão de texto: Angelica T. Tosta 
Veja mais Lord Emanuel Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...