domingo, 1 de maio de 2016

Mestre Gautama - "O Ponto de Inflexão" - 29.04.2016



Que as bênçãos do Amor incendeiem os Corações dos abnegados Filhos, que se abrem a esse sentimento sublime.

Vós estais em um momento de inflexão, no ponto decisivo da caminhada coletiva, no vértice mínimo da curva em ascendência.

O ponto de inflexão é quando o antigo já não se adéqua de qualquer forma a sua vida. Então, começam a prosseguir a uma nova criação.

Esse gráfico é marcado pela linha do tempo, em relação ao Amor que permeia suas experiências. Estão no ponto mínimo, não da falta de Amor em seu mundo, mas em suas experiências. Elas já não condizem com sua nova energia.
A sua energia requer um novo começo em relação ao seu próprio mundo, da forma como se organiza o mundo externo e da maneira como interagem com ele.

O mundo externo se tornou pesado a vocês. Isso é uma excelente notícia! Pois, a partir desse ponto, sua energia criativa começa a se direcionar a um novo ponto nesse gráfico da vida.

Enquanto tudo é suportável, vocês seguram as estruturas em razão de seus costumes e do medo do novo. Mas quando o atual se torna um fardo, vocês o soltam pelo caminho, já não suportam seu peso, então, as energias criativas começam a se movimentar e a criar um mundo sem tanto peso a segurar. Ele fica pelo caminho de sua existência. Comemorem esse momento!

Vocês chegaram a um ponto de Ressurreição!

A partir de tudo aquilo que não ressoa com seu mundo interior, a inflexão foi atingida: o ponto mínimo entre a ressonância do coração com as experiências.
Nada mais do antigo os atende em qualquer aspecto. Todas as grandes evoluções ocorrem a partir daí. O velho se torna tão exaustivo que pára de segurar suas estruturas, então, o que sobram, são as ruínas para a reconstrução do novo.

Eu vos agradeço, Irmãos, por manterem a Fé na caminhada. A partir daqui, ela será recompensadora.

Eu vos abençoo.

Mestre Gautama


Canal: Thiago Strapasson
Revisão de texto: Angelica T. Tosta  
Veja mais mensagens do Buda Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...