sábado, 21 de maio de 2016

Natalia Alba - "Lua Cheia em Sagitário, 21 de Maio / 2016: Ilusões humanas versos rendição à Verdade Divina" - 17.05.2016



Meus amados,

Em um momento em que estamos fazendo a descensão e ancorando nossa Essência Divina em nosso domínio terreno, como a única forma de ascender no físico, estabilizar os próprios campos energéticos para ajudar o Todo, bem como acolher um novo ciclo de expansão e de cocriação consciente, somos abençoados com uma maravilhosa Luz Cheia em Sagitário, em 21 de maio – encerrando outro capítulo de nossa experiência de vida, conforme nos mantemos em movimento nessa espiral infindável de mudança constante e incorporação dos níveis mais elevados da consciência. Aqueles que optaram por este caminho de ascensão, sabem que estamos plantando as sementes para um novo modelo, portanto, estamos sempre acolhendo e liberando, visto que estamos sempre enfrentando grandes transições em nossa jornada, e quando alcançamos uma etapa, a antiga será liberada.

Esta é a primeira Lua sagitariana – visto que teremos uma segunda em 20 de junho – que acontece exatamente no primeiro grau desse signo de fogo, outra confirmação cósmica de novos inícios cheios de uma Nova Luz, que traz a Verdade, se formos corajosos o suficiente para nos tornar observadores e discernir acerca de nos mesmos e do caminho – abertura para receber o que nos enfraquece e aceitação do que devemos liberar, porque atua como um muro que criamos e que nos impede de ver plenamente, com clareza, o que deve ser acolhido e criado para esta nova etapa. E, com Júpiter, o planeta da expansão, regente de Sagitário, novamente em movimento direto, somos presenteados com a bênção da expansão da alma para novos Reinos da existência – lembrando-nos dos nossos aspectos superiores e da nossa missão, uma vez que damos à luz e ancoramos novas visões da alma no físico, para este maravilhoso capítulo que está ao virar a esquina.

No momento da Luz Cheia, temos não somente a Lua em Sagitário, como também Marte, o guerreiro, e Saturno, o professor cósmico, em Sagitário também. Ambos nos convidam a nos interiorizar e integrar o verdadeiro propósito de uma situação, relacionamento, ou apenas receber insights mais elevados acerca do atual caminho da alma, antes de agir de modo impulsivo. Isso também será destacado pela essência de Sagitário, que nos pede para ir além de nossas crenças humanas limitadas e seguir em uma busca interior da Verdade, que não seja coberta pelas ilusões humanas, mas com a pureza, a cura e a paz que o verdadeiro conhecimento divino nos oferece.

Em oposição à Lua, temos o Sol em Gêmeos. Agora passamos a dominar o terceiro signo do zodíaco, que nos convida a trabalhar o modo de nos comunicar e incorporar a nova orientação, por integrar a alma e a cocriação com os demais, o que, juntamente a essa Lua sagitariana, será um cenário perfeito para readquirir novos conhecimentos, uma vez que Sagitário é perseverante naquilo que deseja realmente. Vive no Agora, aproveitando a jornada mais do que chegando ao “destino final”, enquanto é grato por todas as lições aprendidas em seu caminho exclusivo e sabe que é na própria jornada em que residem a verdadeira sabedoria e alegria, não no resultado “final”. Enquanto se lembra de que a Verdade pode ser encontrada não apenas na trilha terrena que seguimos, mas em nosso interior pela recordação da alma.

A essência de Gêmeos, regido por Mercúrio, em movimento direto no fim do mês, também vai nos ajudar a expressar nossos corações e sentimentos, ao nos comunicar com a liberdade e o discernimento, ajudando-nos a perceber se tendemos a nos concentrar mais em uma polaridade ou em outra, de modo que possamos criar a união entre os polos opostos, como Gêmeos nos lembra neste momento. Tudo diz respeito a aceitar nossa mudança e a natureza oposta e unificar aquilo que o nosso eu humano percebe como fragmentado – descobrir nessa reunião de todos os aspectos, que estamos em equilíbrio perfeito e em igualdade.

Marte, que fará conjunção com a Lua, estará muito próximo da Terra no momento da Lua Cheia, de modo que a sua frequência potente nos fará sentir a necessidade de agir, ficando fobados para criar novos resultados o tempo todo, sem o discernimento apropriado. Mas, como sempre, o cosmos funciona em perfeita harmonia com o Todo na Criação, e por outro lado, não temos somente o Sol em Gêmeos, mas também Vênus em Touro, dando-nos uma sensação amorosa e pacífica em toda essa energia guerreira.

Vênus em Touro é também uma mensagem para ficarmos em contato com a natureza, que nos cura e nutre. Porque sabemos que, quando sentimos que há um excesso de energia interna, não há lugar melhor do que o cálido abraço da Mãe Terra – ao nos comunicar com ela, equilibramos fogo, terra, ar e água nesta etapa tumultuada, visto que também temos sete planetas em signos mutáveis, e isso vai causar grande impacto durante este ano para nos libertar dos grilhões e começar a criar os fortes pilares da Nova Terra, por ser renovada e esvaziada das meias verdades. Portanto, estar na natureza e cuidar de nossos veículos físicos é decisivo, porque, mesmo que às vezes possamos enfrentar determinados desafios, sabemos que é um processo natural em nossa transição para seres cristalinos e é algo que concordamos   de antemão.

De fato, alguns dias antes da Lua sagitariana, a quadratura entre Júpiter, em Virgem, e Saturno, em Sagitário, será exata, o que juntamente à segunda quadratura entre Saturno e Netuno, que também será exata em 17 de junho, é uma clara mensagem para que dissipemos todas as formas de ilusões humanas e qualquer coisa que não esteja alinhada com a nossa alma, e encontremos a própria verdade e propósito, à medida que acessamos uma nova forma de viver.

Por um lado, Saturno rege o mundo material, convida-nos a ser disciplinados e construir estruturas seguras em nosso mundo físico. Por outro lado, Netuno, o sonhador, aquele que transcende o que é tangível e que possui forma, a fim de mergulhar nas profundezas de nosso ser, convida-nos a romper – não com aquilo que criamos com integridade em nível de alma – mas com todas as estruturas limitadas que foram criadas a partir de um lugar de premissas humanas falsas. Ambos os planetas, com suas naturezas opostas, criam o equilíbrio perfeito, conforme vocês podem perceber, somos os que temos que criar esta mesma harmonização internamente.

Lembrem-se, amados, as Forças Cósmicas não ditam a nossa realidade, elas apenas oferecem as suas frequências e atuam como uma representação externa nossa. Como humanos, damos significados ao que pode apenas ser sentido e fazemos suposições, as forças universais, não. Criamos limites, mas o universo sempre cria liberdade e expansão. Neste momento, a cada momento, nos é dada a oportunidade, principalmente com esta Lua sagitariana, para ver a Verdade e continuar escolhendo uma realidade diferente. Visto que é a nossa vez de nos libertar desses clichês limitados que não ressoam mais com quem nos tornamos e criar novas formas que estejam alinhadas com a essência e o caminho de nossa alma.

O arqueiro traz Luz – Sabedoria Divina – impermeável a qualquer ilusão terrena, enquanto os outros alinhamentos cósmicos nos ajudam a distinguir entre o que é real e o que deve ser recusado, todos esses alinhamentos cósmico convidam-nos a nos perguntar: Liberamos e nos esvaziamos de modo que possamos agora adotar uma nova vida? Libertamo-nos dos antigos programas mentais, recuperando as Verdades Superiores que estiveram muito tempo ocultas em nosso DNA? Ou estamos ainda apegados a determinado resultado ou pessoa, sabendo que é da nossa natureza estar em um constante estado de fluxo? Essa Lua Cheia vai nos ajudar a readquirir nova orientação – revelando tudo o que precisamos integrar neste momento, pela recordação da alma, apenas precisamos escolher de modo consciente olhar essas “sombras” no rosto, lembrando de que elas não são “más”, uma vez que estão apenas mostrando algo a que precisamos lançar luz e ativar internamente todo esse conhecimento esquecido.

Em 22 de maio, Mercúrio, finalmente, voltará ao movimento direto outra vez. Como vocês sabem, nada jamais fica retrógrado, isso é somente uma ilusão da perspectiva da Terra, não há nada em câmara lenta neste Universo, existem apenas momentos a serem vividos internamente, e momentos que surgem outra vez, de uma nova forma, com uma nova direção para seguir. Mercúrio, em movimento direto novamente, com o Sol em Gêmeos e essa Lua Cheia em Sagitário, ainda reinando no ar, será um momento maravilhoso para cuidar de todas as formas de comunicação, aquelas que temos com nós mesmos, e aquelas que mantemos com o aspecto Unificado de quem somos (Eu Superior) e outros Companheiros Divinos nos outros reinos da existência – visto que isso nos ajudará bastante a receber novas orientações e ver nosso caminho atual com clareza e discernimento.

Para mim, essa Lua Cheia abre um acesso que continuará até a segunda Lua sagitariana, que vai nos mostrar tudo o que precisamos saber. A verdade revela-se de muitas maneiras, quando nos comunicamos com nossa Alma, Eu Superior, Reinos e/ou Guias, uma vez que é quando nos sintonizamos com esse estado mais elevado de ser, que também desfazemos as frequências inferiores ainda apegadas às células do nosso corpo e à própria evolução, percebendo onde nos contraímos em vez de permitir a expansão. E essa Lua vai, finalmente, nos ajudar a liberar de nossas vidas, de muitas maneiras e em todos os aspectos, tudo o que ainda mantemos, porque temos medo de liberar.

Alguns podem pensar que eles estão agora enfrentando a escuridão, em vez de avançar, mas se lembrem de que todos nós passamos por isso, e quando decidimos não julgar, acolher e aceitar tudo o que encontramos nos cantos não visitados de nossa alma, é que conseguimos descobrir que tudo era realmente falta de informação e de aceitação de algo que está também em nossa natureza, e por isso, vamos vir novamente à superfície, por sustentar agora uma visão mais elevada que vai nos permitir vivenciar esta nova etapa de uma maneira totalmente diferente, com um novo nível de compreensão de como as coisas verdadeiramente são e por recuperar o que for necessário para ajudar ao Todo.

A Lua Cheia de Sagitário nos lembra de que este é um caminho sem fim para redescobrir quem somos na Essência, para resgatar nossa herança cósmica verdadeira e ancorá-la em nosso ser, e ainda assim, somente podemos encontrar o que é que estamos “buscando” se navegarmos por nossos domínios internos da lembrança divina e do amor.

Não se trata de uma busca, este é um caminho de alegria para novos horizontes, o tempo todo. Não temos que chegar a um destino final, visto que o Universo não conhece limites ou fronteiras e há sempre alguma coisa nova a descobrir, senão um caminho de integração da alma e de cocriação; isso não é uma corrida, diz respeito a nos tornarmos curadores, professores e Mestres que verdadeiramente somos. Mas, novamente, uma vez que é por experiência que nos lembramos desta Verdade, começamos a buscar nos lugares “errados”, forçando encontros com outras almas que não eram destinadas a tocar nossas vidas, apenas para obter respostas às nossas questões mais profundas. E é após encontrar do lado externo aquilo que sabemos não ser verdadeiro para o nosso caminho anímico exclusivo, que começamos a buscar internamente.

Tenham uma abençoada e reveladora Lua Cheia em Sagitário, amados companheiros!

Com amor e luz, sempre,

Natalia Alba


Autor: Natalia Alba  
Fonte: http://www.starseedsoul.com/
Facebook: Aqui
Tradução: Ivete Brito – adavai@me.com –
Veja mais Artigos Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...