sexta-feira, 3 de junho de 2016

Jennifer Hoffman - "Relatório da Energia para Junho / 2016" - 01.06.2016



Maio foi um mês complicado, com muitas coisas acontecendo. Junho se abre com energias mais poderosas que irão nos ajudar a nos alinharmos com novos potenciais, mas a energia de Junho, embora recompense os nossos esforços passados e o nosso árduo trabalho, chega com uma grande armadilha – devemos estar dispostos a agir de uma maneira totalmente nova. Eu a descreverei no relatório da energia, que é a mensagem desta semana.

Se você não viu ainda os exemplos em sua vida, Mercúrio está agora em movimento direto, de modo que os distúrbios das últimas semanas devem se corrigir, impulsionando a energia em novas direções. Retrógrados sempre nos mostram onde estivemos para que possamos fazer novas escolhas. E Marte está ainda retrógrado e está agora em Escorpião, passando pelos graus que Saturno percorreu em 2015 e antes disto, copiando a estação de Saturno em Março de 2014. É outro nível do ciclo de 33,66 e 99 anos sobre o qual eu escrevi no relatório de energia de Agosto de 2015.

Estamos quase na metade de 2016 e se você se sente como se não tivesse feito nenhum progresso neste ano, é provável que esteja certo, de várias maneiras. Até agora, 2016 tem parecido um grande retrógrado a cada pequeno avanço, acompanhado por grandes passos para trás. Mas neste mês a energia é limpa e temos uma dupla vibração 6 (Junho é o sexto mês, 2016 é um 9 e 9 + 6 = 15, o que soma 6), assim podemos ver o movimento, ancorando a energia de vibração mais elevada, e progressos concretos, com uma grande advertência – devemos nos alinhar internamente, em primeiro lugar, antes de agirmos externamente. A energia de Junho é como uma rosa – as pétalas externas se abrem quando as internas estão prontas – e é também o mês em que as rosas, tradicionalmente, começam a desabrochar. Os cinco retrógrados de Maio ajudaram a nos colocar em posição e agora estamos entrando em um novo mês com novas opções, oportunidades e um grande desejo de avançar, o que estivemos esperando por muito tempo.

Junho surge com uma lua nova no dia 6 (outro 6) que traz a energia de quase todos os planetas, em uma configuração da grande cruz, em signos mutáveis (transformação), com uma ênfase nos planetas “externos”, de movimento mais lento, assim todos começam a experienciar isto. Esta é uma ativação energética à beira do precipício da transformação. A tensão de uma Grande Cruz significa que todos os planetas estão se defrontando, ao longo da “linha na areia”. Será que ousamos cruzar a linha para ver o que está do outro lado? Esta lua nova também atinge os pontos de eclipse de 10 de Março de 2016, reativando-os para outra rodada de experiência. Será que algo esteve acontecendo para você e está voltando novamente?

Foi-nos mostrado tudo em nossa realidade que limita a nossa alegria, graças aos cinco meses de limpeza implacável. Agora, temos que decidir se estamos prontos para dar este salto em nosso potencial expandido e ilimitado. Eventualmente, ficamos cansados de passar inúmeras vezes pela transformação e estamos prontos para saltar. Este é um destes momentos.

Embora pareça que haja muitas opções disponíveis e não saibamos qual escolher, a escolha se torna mais fácil quando a vemos a partir de um ponto de vista do que nos faz feliz e o que serve a nossa intenção. Com a intensa limpeza dos últimos cinco meses, você pode passar por uma grande limpeza da casa mental, emocional e espiritual, mas está tudo bem, porque a partir de Junho, as nossas famílias energéticas começarão a aparecer e iremos aprender um nível inteiramente novo de nos relacionarmos e de relacionamento. Estamos em ciclos de conexão com espíritos afins, pessoas com quem não temos carma e que compartilham a nossa vibração e freqüência energética. Estamos preparados para relacionamentos livres do Karma e do drama? Vamos descobrir.

Florescer é a palavra-chave para Junho, mas tem que ser um desabrochar intencional e temos que saber qual o tipo de flor que iremos nos tornar. Shakespeare dizia: “Se a rosa tivesse outro nome, ainda assim teria o mesmo perfume”, mas ficaremos decepcionados se estivermos esperando uma bela rosa perfumada e terminarmos com um cravo fétido (os cravos são belos também, mas o seu odor é fétido). A intenção está agora entrelaçada em todos os nossos canais energéticos. Para manifestarmos poderosamente, devemos também colocar intenções poderosas. Sem desejos ou esperanças, mas intenções que sejam claras, diretas e focadas no que queremos em nossas realidades novas e cheias de alegria.

E se a sua vida foi esvaziada de detritos energéticos nos últimos meses, você tem uma lousa limpa para começar de novo. Você não pode passar nenhum momento lamentando o passado neste mês, ou se julgando pelas suas escolhas passadas. Fazemos escolhas a cada momento com base no que funciona para nós naquele momento. Nossas opções podem mudar no próximo momento, mas isto não torna a escolha errada. Significa apenas que isto não mais funciona para nós e a nossa nova realidade. E lembre-se de que não deixamos ninguém para trás, precisamos reconhecer a soberania energética de cada ser humano – eles estão no pleno controle de sua energia e de suas escolhas e eles devem também usar até o fim o caminho da energia em sua jornada, antes que eles vejam a necessidade de escolher outra coisa.

A lua cheia deste mês está aos 29 graus de Sagitário, um ciclo de fechamento para a lua cheia de 21 de Maio, a 1 grau de Sagitário, cuja rara conjunção com Marte retrógrado e os aspectos poderosos do planeta externo definem o cenário para a transformação que foi associada com o fim do que foi um Mercúrio retrógrado desafiador. Isto ou nos dá ainda mais razão para considerarmos permanecer no caminho da transformação, ou nos afastarmos dele, porque foi muito difícil, muito, muito desafiador, ou estávamos muito cansados. E o que foi iniciado, então, pode ser terminado agora, se estivermos preparados. Tempo e prontidão seguem juntos agora e não podemos forçar nenhum.

O grande evento em Junho é a exata conjunção Urano/Eris, em 23 de Junho, a primeira das três entre 2016 e 2017. Isto não acontecia desde 1927 e naquela época trouxe a Grande Depressão, grandes mudanças na agenda social, e o início das mulheres tendo um espaço mais forte na sociedade. Eris é a deusa da discórdia, Urano é o planeta da Revolução. Eris foi primeiro descoberto em 2005, quando começou o nosso grande impulso no ciclo da ascensão. Agora, 11 anos mais tarde, estamos começando a compreender o poder que este planeta anão incorpora. Quando a discórdia e a revolução se unem, você pode esperar que seja criada a confusão. Esta configuração esteve fermentando há vários meses e a temos exatamente em Junho. Podemos esperar mudanças na estrutura social, mais revolução social e mais protestos de pessoas que querem ver  a verdadeira mudança em como o mundo segue. Isto tornará este mês muito emocionante, de fato.

E as crianças nascidas sob a conjunção de Urano/Eris terão uma forte natureza revolucionária. Elas serão uma geração de líderes mundiais que não ficarão contentes com o status quo, que não aceitarão um mundo governado por déspotas, gananciosos e corruptos. Assim, se você tiver um filho nascido nesta época e descobrir que ele não gosta que lhe digam o que fazer e é um livre pensador, pode responsabilizar a sua conjunção Urano/Eris.

Junho é tradicionalmente o mês em que os casais se casam, assim os relacionamentos serão um forte foco neste mês, mas embora você possa encontrar um novo amor (e irá encontrá-lo, se estiver preparado para isto), há dois aspectos poderosos no relacionamento que precisamos considerar. O primeiro é o nosso relacionamento com nós mesmos e o segundo é o nosso relacionamento com o nosso Eu, ou a nossa parceria Fonte/ser humano. Estamos em nosso maior poder quando podemos incorporar este nível de conexão harmoniosa e congruente. Isto se encaixa ao tema de 2016 de “Harmonia Congruente”, onde a energia se encaixa e flui de forma mais equilibrada.

É fácil entregar o nosso poder a nossa conexão divina, também, acreditando que ela sabe mais do que nós. Mas esta é uma parceria co-criativa e os dois parceiros, o humano e o divino, devem agir em harmonia equilibrada e congruente, para que os fluxos de energia sejam iguais. Pretendemos criar o espaço energético para a manifestação e recebermos, e o Universo responde.

Se você está preparado para concluir as lições, a cura e a limpeza, “livrar-se delas”, e explorar outros caminhos de vida, então, Junho é perfeito para isto. Mas não espere a solução “fácil”. Em vez disto, espere a solução que corresponda exatamente a sua intenção. Recebemos exatamente o que pretendemos, pedimos e com o que estamos alinhados. O Universo não faz diferença. Intenções confiantes, claras e focadas criam os melhores resultados. O que você irá pedir? Comece com o que esteve em sua área de maior preocupação. Nestes tempos poderosos temos muita energia a nossa disposição, assim ao escolher a coisa mais poderosa em sua vida, você cria um grande espaço em seu contentor de energia que pode ser preenchido com nova energia.

Este é também um mês em que as questões que o estiveram incomodando, as situações que não foram claras, as decisões que você não conseguiu tomar ainda, podem se tornar muito claras para você. Você verá o que pode florescer em sua vida e o que pode ser cortado porque o seu tempo acabou. Em termos de jardinagem isto é chamado de “poda”, a remoção de flores  murchas de uma planta e o incentivo de mais flores. O que precisa ser “podado” em sua vida agora? Isto pode surgir em Junho, assim fique preparado.

Tenha um mês maravilhoso.


Autor: Jennifer Hoffman 
Fonte: http://enlighteninglife.com/
Tradução: 
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...