domingo, 19 de junho de 2016

Lord Arcturus - "Assim na Terra como no Céu" - 17.06.2016



Amada Laura, escreva:
Como você já sabe, sou Lord Arcturus. Faço parte da Frota Arcturiana que está em seus céus, trabalhando junto com os Elohim e os elementais na formação de imagens que você já fotografou muitas vezes em seu horizonte. Muitas de nossas naves, de toda Confederação, estão disfarçadas em forma de nuvens, isto porque nossas naves são orgânicas e se moldam aos elementos presentes no céu.  

Água, ar, fogo e também partículas de minerais nos permitem formar imagens fantásticas contando toda a história da Terra. Passado,  presente e futuro. Versões de vossas eras e almas nas mais distintas formas de sua polaridade e dualidade.

Venho trazendo agora essa informação pra confirmar uma suspeita sua: uma vez ancorada na Terra, a energia nunca mais partirá, por isso o céu recria o que se vive na terra e a terra recria o que se projeta no céu. Sempre foi assim. Por isso sua bíblia diz: assim na Terra como no céu.

Essa é uma informação importante, porque os céus são a maior biblioteca viva. Em torno de todo o globo terrestre, a todo instante, uma nova imagem é formada. Basta um olhar atento, uma intuição e uma dose e paciência para  retratar o momento perfeito, quando a imagem atinge a perfeição do que os celestes e Gaia querem mostrar.

E há muito mais para ser visto, mas infelizmente está oculto pela rede magnética criada para manter no céu uma identidade plasmática chamada polvo magnético. Essa forma, escura, é feita de plasma de medo, poluição e toda sorte de sentimentos negativos. Ela é alimentada pelas emoções de baixa vibração da humanidade, corroendo e corrompendo o trabalho dos elementais que formam as nuvens, da mesma maneira que corrói e corrompe os corações e olhos humanos.

É preciso vibrar muita energia de amor para romper a realidade criada a partir do medo, da escravidão e do plasma negativo para que vocês possam começar a enxergar o céu da quinta dimensão. Essa rede magnética precisa ser desfeita e é necessário todo um esforço coletivo nesse sentindo.

A humanidade precisa desfazer o que ela própria construiu com suas criações de medo,  de uso e abuso do poder de magias negativas e por se alimentar emocionalmente e de se nutrir de energia vital e vibral de outros seres humanos. Essa é a verdadeira abdução a que todos seres encarnados ou não neste planeta estão  sujeitos, porque uma vez estando dentro dessa rede magnética, todos ficam sujeitos a essa lei imposta à Gaia.

É importante informar que toda energia e toda lei de um planeta ou do próprio universo tem um ser que a representa e que serve de âncora para esta energia. Alguns desses seres são verdadeiros pilares. Um exemplo é Jesus: ele é o pilar do Amor Crístico e mesmo tendo encarnado uma única vez na Terra, ele É a sustentação dessa energia neste Planeta.

Há muito para ser mostrado em seus céus, mas hologramas também foram elaborados pelos humanos para criar ilusões e não permitir que vocês vejam nossas naves e a historia que o céu conta sobre a vida neste planeta desde a sua criação.

Por isso, viemos agora para pedir que vocês meditem e visualizem essa rede magnética negativa sendo toda transmutada em energia dourada. Imaginem uma grade negra sendo transformada em uma bela rede dourada, dissolvendo o plasma negativo e a identidade que o alimenta.

Estamos usando a palavra “identidade” para que tomem consciência de que não existem “entidades”, como se costuma usar em termos mediúnicos. Tudo é identidade, encarnada ou não. Tudo e todos são seres, energias que assumem uma identidade, quer seja uma simples ameba, um tijolo, ou um ser humano. Tudo e todos são o Tudo Que Há e o Tudo Que é, portando, tudo e todos possuem uma identidade.

Pode ser uma identidade individual, grupal ou coletiva. E todos os seres humanos são espirituais. Alguns encarnados, outros não e outros ainda ascencionados, pois já conquistaram sua auto mestria e seu corpo de luz. Mas todos, sem exceção, são identidades, porque independente de um nome, possuem uma assinatura energética e é essa assinatura que atesta qualquer contato mediúnico e também sua obra no céu ou na terra.

Estamos trazendo esse assunto agora porque há meses temos trabalhado com essa irmã, mostrando a ela centenas de imagens que criamos para que ela aprendesse a enxergar as imagens que desenhamos junto com os elementais e com o auxílio do mestre Hilarion, que é seu orientador espiritual, para que as imagens pudessem ser divulgadas.

Hoje vamos mostrar algumas, mas assim como ela fez, é preciso treinar os olhos, girar as imagens até perceberem que numa mesma cena temos pelo menos quatro versões dos seres: o humano, o elemental, o celeste e o reptiliano ou draconiano.

Sim, meus queridos, muitos tem pavor desses dois últimos grupos, mas a verdade é que todos presentes na terra trazem em seu DNA traços de todas  as experiências e cruzamentos genéticos. Por isso é tão importante amar a si mesmo, aceitando sua essência e a todos os outros, porque isso é a Fonte: Tudo o Que Há e Tudo o Que É.

Reflitam. Já é hora de romper tabus e ver a nova realidade.

Com gratidão e amor, somos a consciência coletiva dos seus Eus Superiores nos apresentando em meu nome, 

Lord Arcturus.


Canal: Laura Vendas
Fonte: https://www.facebook.com/laura.vendas
Veja mais Os Arcturianos Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...