quarta-feira, 8 de junho de 2016

Pai Benedito de Aruanda - "As transformação das experiências em amor" - 06.06.2016



Salve, fios!

Eu tomo a liberdade de trazê um recado pus fio. Pra fala pra ocêis de como podem usá seu apareio físico pra se situá das coisa que acontece ao seu redor, pra se conectá com aquilo que ocêis num vê, mais pode senti.

O pai sabe falá pra ocêis isso, porque quando nois tava preso pela mãe escravidão, nois tinha que usá o corpo pra nos conectá com algo a mais. A realidade era muito dura, sabe, fios?

Naquela época, nois não tinha essas tecnologia que ocêis têm hoje, das medicina, das comunicação!... Então nós tinha que usá nosso apareio físico pra nóis conectá as energia e aplicá nos irmãos adoentado.

Nois, naquela época, apricava as energias sem sabê o que estávamos fazendo. É que a dor de ver nossos irmãos sofrendo, sem uma ajuda digna, gerava um pesar tão grande no véio que vos fala, que a gente passava a orá com uma fé enorme. Era nosso único caminho. Num tinha pra quem ligá. Mas essa oração trazia pra nosso ambiente um magnetismo, como ocêis diz, que gerava cura em nossos irmão. Por isso que esse véio aqui foi tido como curandeiro.

É porque, fio, todos nóis têm esse poder de trazê a cura, de irradiá a paz. É um poder muito grande! Ocêis sabe que os fio precisa aprendê a usá na Nova Era.

Mas pra usá esse poder, ocêis precisa se conectá com ocêis mesmo. Ocêis precisa conectá com a energia cósmica e pra fazê isso, só através do amor. É o amor, meus fio, que os conecta à essa energia divina, que fazia esse véio descobri a pranta certa pra por nas firida dos adoentado. É porque esse pai aqui, depois de muito sofrê, foi capaz de se conectá às força da natureza, às energia do amor e à Luz cósmica.

Cristo fazia isso também, né meus fios, mas a gente lá na senzala, ninguém contava dos milagres porque muitos dos irmão ia embora antes de pode falá. O trabaio era muito puxado, naquela época.

Mas nós tinha essa confiança, esse amor, que nos levou a trazê Cristo até os ambiente mais duro que ocêis pode imaginá.

Então, meus fios, não usa de descurpa que o ambiente é pesado, que a vida é difícil porque, naquela época, tinha muito negro que vivia em condição muito pior e foi capaz. Então, meus fios, ocêis também são forte e poderoso. Basta trazê o amor até suas vida e deixá que a Luz de Cristo irradie em suas vidas pros milagre operá.

Porque é assim que tudo nóis é feito, meus fios. Busquem essa conexão com seu corpo físico, ancorem essa energia em seus coração, que a vida vai se transformá.

Mas, pra isso, ocêis precisa pará de reclamá, de achá desculpa, de dizê que tá difícil, ocêis precisa enxergá o amor e vivê com gratidão, porque as energia boa vão estar com ocêis.

Salve, meus fios! Salve o povo de Aruanda que sofreu com a mãe escravidão, viu o amor nessa experiência e se desonvolveu pra trazer a Luz de Cristo até ocêis, em auxílio a todos nossos irmão encarnado e desencarnado.

Salve a paz de Cristo! Salve o povo sofredor que se redimiu de tudo pra se transformá nos mensageiro do amor.

Pai Benedito de Aruanda


Canal: Thiago Strapasson

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...