terça-feira, 5 de julho de 2016

Benjamin Fulford - "A máfia khazariana certamente está derrotada - A Derrota da máfia khazariana é dada como certa, na medida em que a rebelião se alastra na UE, nos EUA e em outros lugares" - 05.07.2016



O fim da tirania da máfia khazariana no planeta Terra está se aproximando muito rapidamente. Os Rothschilds e outras principais famílias mafiosas khazarianas como: Os Borgia, Medici, Del Banco (Warburg), os Rockefeller (incluindo os Clinton), os Bush (Pecce) tiveram a data de  até 10 de Julho para chegarem a um acordo de paz com os povos do planeta. Depois disso, "suas cabeças estarão a premio" com uma recompensa de US$ 100 milhões cada, paga em ouro, a ser entregue a qualquer um que prendê-los e se, no caso de resistirem à prisão, será usada força contra essas famílias genocidas.

Estamos sabendo de lutas internas ferozes e discussões acontecendo dentro da "família", sobre o que fazer com esta situação. Quando este boletim estava prestes para o ar, fomos contatados por uma facção dos Rothschilds e para uma reunião com um representante da Sociedade do Dragão Branco - SDB, programada para esta semana. Nesta reunião se discutirá a criação de um sistema financeiro que seja bom, tanto para a humanidade como para a natureza. Também será discutido a criação de um novo sistema meritocrático, democrático e transparente para o planejamento do futuro de nossa espécie e do planeta.

"Soube de várias fontes, que existe uma multidão de pessoas, (homens e mulheres), esperando que, se os RKM (Rothchilds /Bauer) não cooperarem, está ansiosa para acabar com a vida dos criminosos RKM, em todos os níveis. Podem avisar seus representantes que isso é verdade e de que nada adiantará fugir ou se esconderem, pois o seu tempo se esgotou. É hora de se renderem ou todos serão retirados do planeta a força, incluindo seus familiares até os primos mais distantes; dessa forma, terminando eficazmente com as linhagens malignas que têm atormentado a humanidade por tanto tempo. Mais uma vez, desejamos boa sorte nas negociações que, caso descumpridas incorrerá em serias consequências. Dito isto, tenham um ótimo dia".

Na semana passada, o governo chinês também entrou em contato com líderes de outros países asiáticos, assim como, com os chefes do grupo de nações G20, para informá-los que esperam que um acordo seja alcançado entre a Sociedade do Dragão Branco e o grupo da família Rothschild. Embora os chineses sejam muito educados para fazerem ameaças, esta é uma declaração emitida pelos maçons chineses:

"Vamos cooperar com toda religião, sociedade, facção, partido político ou país que esteja de acordo com os princípios de coexistência, coprosperidade e paz mundial. No entanto, cortaremos relações com qualquer um que não chegue a um acordo sobre a meta da paz mundial".

Da mesma forma, outro grupo que pretende representar uma coalizão de 172 nações soberanas, na semana passada, também lançou seu apoio para  a criação de um novo sistema financeiro inclusivo.

Fontes do Pentágono estão dizendo que a Chanceler Alemã, Angela Merkel, (um membro da família Saxe Gotha Rothschild), já chegou a um acordo com os chineses, quando visitou a China, em 13 de junho. Nessa negociação, Merkel prometeu renunciar depois da Grécia sair da UE e, em troca, os chineses concordaram em resgatar o Deutschebank. De outra forma, o Deutschebank não sobreviveria a uma saída da Grécia da UE (com 71% dos gregos contra o apoio da UE e apenas 27% a favor), uma vez que  isso significaria um default da dívida grega, usado pelo Deutschebank (e outros) para criarem montanhas de derivativos. Estas montanhas entrariam em colapso depois da remoção da areia da dívida grega, em que estão construídas.


Outro país da EU, onde a crise está rapidamente chegando a um ponto crítico é a Itália. Lá, o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi, prometeu 150 bilhões de Euros do governo, para o resgate dos bancos italianos, apenas para ser publicamente repreendido pelos alemães, que disseram não a negaram tal acordo, porque eles iriam acabar pagando por isso. Os italianos, então, disseram aos alemães que cabia aos italianos decidirem. Isso degenerou numa briga pública, que provavelmente acabará com a Itália revertendo para a Lira e na renuncia de Renzi, dizem fontes da CIA na Europa.




Dessa forma, o presidente François Hollande, também será forçado a renunciar. Quando a Itália deixar o Euro, a França, pela realidade financeira, também será forçada a deixa-lo e reverter sua moeda para o  Franco.

Além disso, na semana passada, o mais alto tribunal da Áustria determinou que a recente eleição presidencial, lá realizada, foi marcada por fraudes e que precisava ser novamente realizada. É quase certo que  isso resultará na eleição de Norbert Hofer, candidato à presidência de "extrema direita" (ou seja, anti totalitarismo da UE) do Partido da Liberdade.

As facções pró-UE tentaram impedir essa desintegração, propondo uma UE ainda mais apertada, embora centralizadamente controlada. Estão até mesmo propondo a expansão da UE para o Médio Oriente e África.


Claro que, dada a sua desagradável história colonial, estejam seguros em apostar que os povos de África e do Médio Oriente irão dizer: "Obrigado, mas não. Muito obrigado". É evidente que o projeto da EU, concebido para evoluir para um governo mundial do estilo da União Soviética está condenado.

Nesta situação, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse ao Parlamento da UE que teve discussões com líderes de outros planetas sobre a situação na UE. Estejam certos que a exopolítica e os galácticos tiveram uma grande oportunidade com isso.



Também, nos Estados Unidos, a máfia khazariana está em apuros. O alvoroço generalizado sobre as atividades de Hillary e Bill Clinton são claros sinais disso. Como foi amplamente divulgado em múltiplas plataformas de mídia, Bill Clinton, basicamente, invadiu um avião, onde a Procuradora Geral dos EUA, Loretta Lynch, estava e teria uma conversa privada de 20 minutos com ela. Escusado será dizer que, com sua esposa objeto de uma investigação criminal, esta reunião foi amplamente vista como uma flagrante interferência no sistema jurídico. A suposição que a maioria das pessoas está fazendo é que Clinton ameaçou Lynch em nome de Hillary.

De qualquer maneira, mais tarde Lynch emitiu uma declaração pública, dizendo que iria junto com o que os funcionários de carreira do FBI decidissem. Estes funcionários de carreira, há muito fizeram saber que, se Hillary fosse outra pessoa, já teria ido para a cadeia há muito tempo. Em Washington DC, fontes da CIA agora dizem que o cenário mais provável é que Hillary seja considerada culpada para, depois, ser perdoada pelo presidente Obama.

No entanto, nem Hillary nem quaisquer outros membros de sua máfia, novamente serão autorizados a governar os EUA.

Várias ações judiciais sobre as eleições roubadas também estão deixando muito claro que o povo americano agora está em revolta aberta contra o roubo descarado de eleições pela máfia khazariana.

Agora, fontes do Pentágono estão dizendo que isso é parte de uma revolução aberta e indiscriminada acontecendo contra a tirania do Conselho da Reserva Federal. Uma fonte disse que o "Brexit está inspirando o Texodus e o Califexit" e que, em seguida, outros estados também irão aderir. Também, haverá o "Amexit da OTAN, ONU e dos acordos globalistas de livre comércio como: Nafta, TPP e TTIP", prevê a fonte do Pentágono.

No Oriente Médio, também houve uma reviravolta completa. Como informamos na semana passada, Egito e Israel estão agora solicitando para se juntarem à Organização de Cooperação de Xangai, um grupo que seu suposto arqui-inimigo de muito tempo, o Irã está se juntando.

Agora a Turquia de repente fez uma volta de 180 graus, restabelecendo relações amigáveis com a Rússia, Israel e em breve, até mesmo com o Egito. Parece que a paz finalmente está prestes a chegar a essa, há muito  atormentada região.

Uma facção da máfia khazariana,  que está teimosamente querendo começar a 3ª Guerra Mundial e acionar o "Armageddon", ainda não desistiu completamente de seus intentos.

Nessa frente, na semana passada, houve alguma ação em Moscou, do tipo que faria para um grande filme de espionagem. Fontes do FSB, bem como relatórios de agências de notícias como o Washington Post e a agência oficial de notícias russa Tass, concordam que houve algum tipo de tiroteio perto da embaixada dos EUA em Moscou. Também, concordam que um "diplomata" dos EUA foi gravemente ferido, sendo removido para fora do país para tratamento de emergência.


O site de notícias, Sorcha Faal, gerido pelo US Naval Intelligence, disse que os russos apreenderam algum tipo de dispositivo eletrônico, contendo informações sobre o pessoal da frota russa no Báltico.


Imediatamente após este incidente, o chefe da frota russa no Báltico e muitos de seus subcomandantes foram afastados das suas funções.


Os russos também imediatamente fizeram uma oferta pública de fornecimento das coordenadas exatas do transponder para países vizinhos, para todos os seus aviões voando no espaço aéreo aberto sobre o Mar Báltico. É evidente que esta providencia foi destinada a impedir qualquer má interpretação das ações russas na região.

Dado o comportamento passado dos fanáticos religiosos khazarianos que desejam desencadear "fim dos tempos", é um bom palpite de que mais uma tentativa de iniciar uma guerra nuclear foi interrompida.

O que esses fanáticos religiosos precisam colocar em suas cabeças, é que o mundo não está prestes a acabar, o mundo está prestes a começar ou renascer no paraíso que sempre foi concebido ser.

Nesse sentido, esperamos ter algumas boas notícias na próxima semana, se as negociações com os representantes Rothschild forem bem sucedidas. Se não forem, a batalha continuará, até que as pessoas do mundo sejam vitoriosas. A liberação planetária será em breve.


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...