terça-feira, 5 de julho de 2016

Mestre Hilarion - "Sobra o Amor" - 02.07.2016



“Nota da Canalizadora: Esta é uma canalização onde mestre Hilarion me explica, até onde minha mente pode compreender, o que é o Amor. Decidi deixar o texto na primeira pessoa porque foi mesmo uma explicação pessoal, mas tão linda que decidi compartilhar com vocês”

Minha amada Pequena, vamos conversar sobre o Amor?

A humanidade, com seus desafios kármicos, as mentiras e enredos escravagistas em que foi envolvida, perdeu a memória e o significado do Amor.

O amor que a humanidade ainda conhece e entende está muito, muito distante do Amor que Somos e o que ele significa.

Vocês entendem o amor como um sentimento. Mas o amor, minha amada, é uma Lei Cósmica, uma energia, aliás “é a energia da Criação”.

Tudo, minha Pequena, é Amor ou ausência da compreensão dele. Falamos em Luz porque vocês podem ver, sentir. Ela é mensurável pela mente humana e isso torna mais fácil o seu entendimento.

Mas o que cria e gera essa Luz é a energia do Amor. O Amor é intensão pura, instintiva e intuitiva.

O Amor é o Tudo o Que Há, é fonte, origem e destino de tudo e de todos.

O amor a que me refiro está muito além do amor aos seres, como vocês entendem.

O Amor que Somos, as virtudes que representamos e que fazemos chegar até vocês em forma de energia é apenas uma pequena faceta do significado dessa Lei.

Gaia e os filhos da Luz estão apenas começando a reaprender as primeiras lições sobre o Amor. Digamos que estão começando a recordar as primeiras letras do alfabeto de uma cartilha. E só esse início promoverá toda a transformação que vocês esperam.

Assim que vocês terminarem suas transformações vocês retomarão suas consciências desse significado maior. Mesmo assim, ainda estarão , como nós, em aprendizado.

Quanto mais compreendemos e vivenciamos o Amor, que é a causa e ação/reação de toda existência, lei e consequência, mais avançamos em nossa evolução espiritual.

Isso implica no conhecimento de Tudo o Que Há. E Tudo o que Há não cabe em suas mentes, não cabe em tempo e dimensão. É um aprendizado eterno, porque a própria Fonte se recria neste auto aprendizado do Amor.

Todos os envolvidos em cada estágio da evolução do universo aprendem juntos de acordo com a sua própria consciência.

O Amor é a própria divindade em si. É a própria existência e energia que a cria e a rege.

Você consegue entender o que te dá vida? O que te faz mover, o que te leva a querer ser melhor, a evoluir? O que te leva a amar a Fonte e a todos os seres angelicais e galácticos que você sequer pode ver? O que te faz crer na luz e no próprio amor?

O que te faz agir e reagir, respirar, pensar, sonhar , sentir? O que faz Gaia gerar vida em infinidade de formas? O que faz todo o universo e tudo o que há nele existir? O que rege o universo em perfeita sintonia e sincronia? Tudo isto é o Amor.

A luz, minha amada, é a forma que o Amor toma para se expressar.

É lindo isso, não é? Tão magnífico e surpreendente. O Amor não cabe em palavras. Não cabe sequer em existências porque não tem começo e não tem fim. O Amor é a própria eternidade.

E a partir de agora, minha querida, quando todos estivermos unidos em consciência vamos aprender juntos os novos estágios da nossa evolução no entendimento e na expansão do Amor.

Quando dizemos EU SOU AMOR, não estamos falando de sentimento. Estamos afirmando o que realmente somos. Energia e matéria que nos compõem. O invisível e o visível que nos faz existir.

O Amor, amada, é o que sempre existiu na eternidade. A própria Fonte só tomou consciência de si mesma quando percebeu em si o Amor.

E é na busca dessa compreensão, de todo ser criado pela Fonte a partir dessa percepção, que nós somos guiados.

O Amor é a energia que cria os átomos, que os aglomera, que os faz tomar formas, é o invisível que faz a luz, que faz a sombra, que faz o positivo e o negativo, o masculino e o feminino em perfeito equilíbrio.

O amor é o todo e nós, seres divinos que somos, existimos para que ele próprio possa conhecer a si mesmo. E quando dizemos a alguém que o amamos, estamos reverenciando essa pequena expressão do amor que se faz compreensível para nós.

Dizer EU TE AMO é a maior reverência que se pode fazer a um ser, porque assim estamos exaltando o amor que somos e o amor que o outro é e estamos unindo nossas energias nessa Fonte Única de Amor, que nos torna todos UM.

Então agora vou encerrar essa explicação da única maneira que posso expressar o que eu sinto por você e por Tudo o Que Há:

Eu te amo, minha Pequena.

Você e eu somos Amor.


Canal: Laura Vendas 
Veja mais mensagens do Mestre Hilarion Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...