sexta-feira, 8 de julho de 2016

Mestre Lanto - "Pode ser sua última oportunidade" - 07.07.2016


  
Filhos,  

Quantas sensações, quantos amores, quantos sentimentos nos privamos em nossa jornada terrestre!  

Adiamos uma palavra, uma conversa, um carinho, um abraço fraterno, porque temos outros compromissos.  

Esquecemos da ternura, do olhar, das emoções, porque temos muitos compromissos materiais.  

A nossa mente é que nos impele a estar sempre fazendo, buscando, construindo e atraindo segurança à nossa vida.  

E com isso, muitas vezes, perdemos a oportunidade de conhecer um novo amigo, de ter uma nova experiência, até mesmo de vermos nossos filhos crescerem.  

Vocês já deram um beijo naquelas pessoas que ama, hoje? Já olhou nos olhos deles e simplesmente sorriu com a fronte baixa em sinal de agradecimento? Do que é feita a vida sem os sentimentos sublimes que derivam do carinho fraterno?  

Sabe, Filhos, em minhas passagens pela Terra, eu cheguei desse lado do véu e, muitas vezes, me mostraram como a mente nos tira do coração, porque ela está sempre nos impulsionando à vida e, justamente isso, nos leva a sair de nossa essência que se resume ao Amor.  

Na vida terrena, temos que projetar nossa consciência em atos para que haja a manifestação. Na densidade, nossos desejos exigem persistência, sem esmorecimento, apenas foco continuado. É diferente nos Reinos de Luz, onde o desequilíbrio momentâneo pode gerar grandes prejuízos.  

Na densidade, podemos nos desequilibrar, porque a manifestação não é imediata. Ela exige foco continuado. Então, não há necessidade de um equilíbrio perfeito em todo o tempo nessa dimensão. Há a possibilidade de se adentrar nos meandros da mente e retornar ao coração, observando o que cada sensação, cada emoção provoca em seu corpo físico. Cada ato trará uma determinada reação que pode ser modificada através da Luz do Coração. Há tempo entre os efeitos da manifestação e o foco momentâneo.  

Para atingirem os reinos mais sutis, o equilíbrio é muito mais exigido, pois a manifestação se dá de forma instantânea, assim como a diluição dos sentimentos. O ser necessita estar em constante vigília. E isso exige o Amor incondicional, o amadurecimento das emoções, o vigiar, o olhar para si. É um estado no qual se exige o alinhamento energético. Mas não é diferente da densidade, pois embora não haja a manifestação imediata nesse plano - o que é uma oportunidade de se treinar a paciência tão requerida nos Reinos de Luz para manutenção do equilíbrio - vocês manifestam muitos desamores nesse plano, que se reflete na Lei Moral da Reação da Consciência.  

É necessário o equilíbrio e o Amor que se manifesta através do carinho constante, da suavidade, da mansidão e da conduta pacífica. Por isso lhe perguntamos: vocês são pacíficos com aqueles que cruzam seus caminhos? São amorosos com todos em seu dia a dia? Vejam que não dizemos para que se curvem à vontade alheia, para que “abram mão” de sua autenticidade, mas apenas que mantenham sua força interior centrada no coração com respeito e paciência a todos. Se não forem capazes de permanecer nesse estado no reino material, não há possibilidade de acessarem esferas mais elevadas onde a manifestação é imediata.  

É centrado no coração que cada uma de suas atitudes se transformará numa obra de Luz no plano terreno.  

Eu vos abençoo de todo coração.  

Eu sou Mestre Lanto 


Canal: Thiago Strapasson 
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/    
Revisão de texto: Angelica T. Tosta e Solange Yabushita
Veja mais Mestre Lanto Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...