sexta-feira, 29 de julho de 2016

Saul - "Na ilusão é necessário que cada ser humano encontre seu próprio caminho para despertar" - 29.07.2016



Aqui nos reinos espirituais estamos todos muito felizes, vendo o processo de despertar da humanidade se desdobrar tão divinamente, como pretendido. Sim, é isso que precisamente está acontecendo. 

Não se incomodem com a agitação política em todo o mundo ou conflitos em andamento, estes são sinais do despertar, na medida em que cada vez mais membros da humanidade expressam suas insatisfações com os sistemas inaceitáveis de controle que governos e corporações internacionais estão e estiveram envolvidos em todo o planeta. 

Estes sistemas não são mais aceitáveis e, os danos e sofrimento que causaram por tanto tempo, já não podem ser escondidos, negados ou tolerados.

Possuem um ditado que diz: "Conhecimento é poder". Bem conhecimento está rapidamente se espraiando por toda a humanidade, com o poder e controle que a elite exercia sobre a humanidade por tanto tempo se dissolvendo, enquanto as pessoas em todo o planeta recuperam os seus e partem para que as mudanças essenciais, que virão, sejam postas em prática. 

Mudanças necessárias estão acontecendo, que levarão a outras alterações. Uma decisão coletiva de despertar que não será interrompida ou revertida, na verdade, está se acelerando. A humanidade está num magnífico desenrolar onde, vocês, os Trabalhadores e Portadores de Luz, foram extremamente eficazes, ao iniciar e conduzi-lo.

Em última análise, um processo de despertar que está sendo conduzido pelo coletivo humano e guiado por aqueles nos reinos espirituais que foram escolhidos por causa da natureza específica das suas competências e interesses em ajudar neste magnífico e brilhante programa. 

O que está acontecendo, principalmente abaixo do nível de suas consciências, é uma intensificação da divina chama do Amor, que queima eternamente dentro de cada um de vocês. Todos estão experimentando um surgimento interior de intensas memórias de experiências enterradas ou negadas, de sofrimento a que foram submetidos e que estão sendo emocionalmente sentidos. 

Na medida em que essas poderosas emoções surgem, muitas vezes, é quase impossível identificar a razão por trás delas, que apenas fluem, confundindo-os, enquanto querem saber "o que é que está acontecendo aqui?".

Realmente, não existe necessidade ou exigência de identificar a origem desses sentimentos, bastando apenas deixá-los fluir e, na medida em que eles se forem, permitam que assim seja, em vez de tentar tratá-los como inapropriados, insanos, ou simples e indesejadas emoções, enquanto lutam para ganhar a vida e pagarem suas contas.

Na Terra, todos têm problemas que foram negados ou reprimidos, levando-os a um temor não reconhecido, raiva e ressentimento que devem ser reconhecidos e liberados. 

Sentimentos que podem ser bastante dolorosos, mas que, depois de liberados, farão se sentirem mais livres do que nunca,  em paz e capazes de lidar com as exigências com que a vida humana se lhes apresenta, numa desacostumada calma e equanimidade.

Tudo isso,  é  parte essencial do processo de despertar, uma libertação de tudo aquilo que não está em harmonia com o Amor, de modo que, mais uma vez, possam experimentar suas naturezas verdadeira e eternas. 

Sejam bem-vindos a estes transtornos emocionais, na certeza de que eles irão libertá-los para voltarem para casa. Pensem neles como um lembrete de boas-vindas e de que a humanidade está seguramente no processo de despertar.

Mais uma vez, também gostaria de lembrá-los que, aqui nos reinos celestiais, assistimos com espanto e admiração o que vocês estão fazendo. Uma enorme tarefa que você definiram-se  a si mesmos - desperta a humanidade - e que estão provando ser bem capazes neste esforço crucial. A humanidade está despertando.

Onde cada um escolheu caminhos pessoais e altamente individuais que estão seguindo, a fim de ajudar a trazer a humanidade a este momento e depois impulsioná-la para a vigília. 

Na ilusão, onde parece que estão separados como seres individuais, é necessário que cada ser humano encontre seus próprios e individuais caminhos para despertar, sendo por isso que existem tantos de vocês canalizando, tendo experiências místicas, ou apenas seguindo um caminho espiritual em que se sente bem que, todavia, permite saberem que, talvez haja mais que possam ou deveriam estar fazendo. 

Onde quer que seus caminhos os levem, confiem em suas intuições e sigam-na de bom grado, uma vez que  aqui encarnaram com este propósito.

A vida na ilusão é muito confusa! Antes de encarnar, foram absolutamente informados do motivo que escolheram para fazê-lo e sabiam das dificuldades que teriam em lembrar seus propósitos,  uma vez quando chegados na Terra como seres físicos. 

Agora, quando estão enfrentando esta situação, surgem dúvidas e ansiedades sobre seus merecimentos, competências e direção espiritual. Alguns, querendo saber se devem ou não mudar ou se desligarem de suas afiliações religiosas. Outros, que cresceram sem afiliações religiosas, estão se perguntando se, talvez, devessem aderir a alguma crença religiosa.

Realmente não importa! São todos filhos amados de Deus em seus caminhos para casa, o estado natural de plenamente estarem conscientes na Presença divina da qual nunca saíram, nem por um momento. A forma que os agrada, o caminho no qual estão intuitivamente orientados a seguir é o caminho a ser percorrido. 

Se estiverem seguindo um caminho e não se sentirem bem e que, intuitivamente, ao contrario do que uma sensação egoísta lhe diz que estão equivocados, mudem. Quando estão em seus caminhos certos, na medida em que estiverem calmamente sentados em seus altares interiores atendendo a Divina Chama lá queimando, sentirão conforto, satisfação e uma sensação de paz.

No entanto, ao conduzirem seus cotidianos e, particularmente, ao interagirem com outras pessoas que não tenham nenhum senso de sua essência espiritual, seus egos frequentemente tentarão desestabiliza-los, levantando dúvidas em suas mentes, sugerindo que suas vidas humanas, de fato é a vida real e que suas inclinações espirituais são apenas devido a temores injustificados, que sugerem que, talvez, seja seguro ser um pouco religioso ou espiritualizado para, no caso, realmente haver vida após a morte.

Ignorem seus egos, porque no fundo, dentro de si mesmos sabem que são seres eternos tendo uma experiência física temporária. Quando diariamente se recolhem em meditação, reflexão, contemplação, ou apenas em relaxamento, lembrem-se que sabem disso. 

Peçam ajuda de seus amigos amados nos reinos espirituais para fortalecer a fé em Deus, a sua Fonte, de quem eternamente são partes essenciais e inseparáveis. Ninguém está sozinho, separado, ou abandonado num ambiente hostil, porque todos estão sempre em repouso na Fonte, o Lar divino, do qual é impossível estarem separados.

A construção e manutenção da ilusão foi um trabalho exaustivo. A princípio foi intrigante, quase divertido, todavia, em seguida, muito rapidamente degenerou-se num ambiente de ansiedade, incerteza e medo. Para continuar a experimentar a vida, imersos nela, tinham que bloquear ou suprimir esses sentimentos e buscarem conforto e apoio em relacionamento íntimo com alguma outra alma aparentemente perdida. Agora sabem que isso não funciona.

Por quê? Porque vocês são Amor! O Amor não pode ser encontrado fora de si mesmos, ele reside eternamente dentro de cada um vocês e só é encontrado quando, incondicionalmente, se aceitam, porque é assim que se reconhecem UM com Deus. E quando se encontram – em AMOR - podem embarcar em relacionamentos íntimos com outras pessoas que também se encontraram e se deliciaram com a consciência que  suas verdadeiras relações de unicidade propiciam.

O Amor é. Não se "pega" de outra pessoa, é aquilo você realmente é. Portanto relaxem na alegria, sabendo que nunca pode ser tirado de vocês. Vocês e o Amor são UM, uma realização edificante e inspiradora. O resto é ilusório.

Com muito amor, 

Saul.

Canal: John Smallman 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Saul Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...