terça-feira, 23 de agosto de 2016

Selácia - "O amor do outro lado / Enfrentando a perda de entes amados" - 23.08.2016



A perda é um elemento intrínseco da vida, especialmente agora. Tantas coisas estão mudando tão rapidamente que a própria estrutura de sua vida pode parecer diferente, dia a dia. Nem toda a mudança é experienciada como perda, é claro, até mesmo a idéia de outra mudança pode impulsionar muito os seus níveis de stress.

Nossa ascensão para a consciência mais elevada significa que muito deve cair – maneiras de ser, velhos métodos de comunicação e paradigmas não funcionais nos relacionamentos.

Tudo isto pode provocar tensão ao seu coração e criar preocupação em sua mente sobre o seu presente e o futuro. Talvez, a perda mais devastadora para enfrentar, entretanto, seja a de um ente querido.

ENFRENTANDO A PERDA DE ENTES QUERIDOS

O Luto pela perda de um ente querido é uma das experiências mais difíceis que você pode ter.  A dor, de fato, pode ocorrer até mesmo antes que uma pessoa amada ou um animal de estimação morra. Isto é a dor precoce, um tipo de luto antecipatório e parte do ciclo global da dor. Para a sua transformação espiritual pessoal, você irá querer honrar esta fase e trabalhar com as coisas quando elas surgirem. Esta preparação de cura antecipada irá ajudá-lo mais tarde, no momento da transição e muito além.

A MORTE DOS ENTES QUERIDOS

A verdadeira morte de um ser que você ama pode, às vezes, ser prevista, mas você nunca pode saber com antecedência exatamente como irá se sentir e reagir. Até mesmo com antecedência, você pode sentir o choque e uma espécie de dissociação com a realidade, à medida que processa a transição.

Embora a morte seja tão natural quanto o nascimento – a impermanência sendo a natureza de todas as coisas – em nossa sociedade moderna há muito medo, negação e ignorância sobre a morte. Um momento está chegando ao despertar da humanidade em que as pessoas irão se mover através do processo da morte de alguém de uma forma presente – encontrando a paz e se sentindo completas com o relacionamento.

Muitas vezes, em minha prática de cura, como as pessoas chegam inicialmente a mim se relaciona com a transição ou a passagem prevista de uma pessoa amada ou de um animal de estimação. Caso se trate de uma passagem prevista, a pessoa quer insights e a cura para enfrentar a dolorosa situação. Algumas vezes, elas querem ajuda específica para o ente querido próximo à morte, também, ajudando a aliviar a sua dor e a prepará-lo para a transição. Se for após o falecimento, a pessoa deseja saber se o ente querido está bem e querendo ter comunicações com ele do outro lado. É muito reconfortante para as pessoas aprenderem mais sobre as circunstâncias da morte e serem capazes de se comunicar telepaticamente além do véu para entenderem melhor as dádivas do relacionamento. Isto ajuda a liberar e é validado.

ANIVERSÁRIO DE MORTE

É comum, mesmo anos depois que um ente querido morreu, sentir uma tristeza profunda no aniversário de sua morte. Este sentimento é algo a ser respeitado, pois você está honrando o ser e o seu relacionamento. Além disto, tenha isto em mente: comunicações do outro lado com o seu ente querido não têm data de validade. A comunicação telepática além do véu é eterna e facilitada anos ou até mesmo décadas depois da morte.

O AMOR DO OUTRO LADO

Como eu escrevi na mídia social nesta última semana, o processo do luto pode ser muito desafiador.

Quando alguém que você ama morre, pode parecer que você tem um buraco em seu coração. Respeite como você se sente. Saiba, também, que você nunca o perde, pois o amor o conecta coração-a-coração através do tempo e das dimensões. O Amor é o laço eterno. O Amor é para sempre.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...