domingo, 7 de agosto de 2016

Você se sente culpado em cobrar ou prosperar?



Estou me referindo à parte financeira. Pra você é difícil cobrar? Gera culpa, vergonha, medo, parece que você está fazendo algo errado? Com relação ao seu trabalho, você acaba dando descontos só porque a pessoa pediu?

Se sentir à vontade com o dinheiro, lidando com ele, seja recebendo ou pagando a alguém, é essencial para se ter uma vida próspera e abundante. Deveria ser normal e natural lidar com o papel moeda, sem qualquer tipo de constrangimento. Mas não é isso que acontece com muitas pessoas. Vou citar exemplos.

Estava ministrando um curso de EFT (técnica para autolimpeza emocional, baixe o manual gratuito aqui). e Prosperidade no Rio de Janeiro e ocorreu o seguinte. Não tinha ninguém para me ajudar a recolher o pagamento dos alunos (às vezes algum aluno me auxilia em troca de desconto no curso). Então, eu mesmo falei com cada um, informando o quanto faltava pagar (a maioria paga uma parte antecipadamente) para que eles pudessem fazer os cheques. Em um determinado momento, perguntei de longe para uma aluna, em voz alta, se ela já havia acabado de preencher os cheques. Ela falou que sim e fui até ela recolher o pagamento.

Quando foi mais tarde durante o curso, ela comentou o seguinte. Falou que tinha ficado super desconfortável por eu ter ido até lá pegar os cheques, e pensou coisas do tipo “meu Deus, ele mesmo lidando com dinheiro, cheio de cheques na mão, falando do pagamento, que coisa desconfortável, queria que fosse feito tudo de forma discreta… que constrangimento…” A aluna falou isso não de forma crítica, mas apenas compartilhando o seu bloqueio em lidar com o dinheiro. Fiquei agradecido pela sinceridade. Foi um bom aprendizado para todos.

Muitos autônomos (e os terapeutas se incluem nessa) sentem uma tremenda dificuldade em lidar com os recebimentos. E não são poucos os que contratam uma secretária só para não ter que lidar com o pagamento, quando na verdade, nem precisariam ter uma.

Nos meus cursos gosto de ter alguém me ajudando para agilizar o processo de recebimento, mas quando não tem ninguém, consigo receber numa boa. Entretanto, nem sempre foi assim. No começo eu sentia um constrangimento em receber pelos atendimentos e cursos. Tive que trabalhar tudo isso em mim para ficar a vontade. E por causa disso, eu posso dizer que verdadeiramente tenho como escolher se devo ou não ter uma secretária, seja no consultório ou nos cursos. A medida que venho vencendo esses bloqueios a minha prosperidade vem aumentando. Trabalhei várias dessas questões e crenças negativas com a EFT.

Antes de ser terapeuta, tinha uma firma de engenharia e com tantas crenças negativas que eu carregava com relação a prosperidade,  não é à toa o que os negócios iam de mal a pior e me deixaram centenas de milhares de reais em dívidas, as quais pago até hoje (com meu novo e próspero trabalho de terapeuta e ministrante de cursos!).

Por que tanto constrangimento em lidar com o dinheiro? São as crenças negativas que associamos a ele:  é sujo, quem pensa nele é ganancioso, os ricos são exploradores, fulano é um materialista, dinheiro afasta as pessoas da espiritualidade… Por trás da vergonha existem todos esses pensamentos (e muitos outros) nos bastidores da nossa mente. Quanto mais associarmos o dinheiro a coisas negativas, mais nos sentiremos constrangidos em ter, cobrar e prosperar. E o resultado disso? Uma vida difícil, problemas financeiros, e até dívidas e falências.  

Vejam um e-mail que recebi de uma não-fã, que revelam várias crenças negativas com relação ao dinheiro:

“Sinceramente eu acredito na EFT, mas acho um absurdo uma técnica que você recebeu gratuitamente ser cobrada, sabe-se lá qual é o valor de CADA “CONSULTA” sendo que o próprio autor (Gary Craig, criador da EFT), deixou disponível o download gratuitamente para quem quiser ler, estudar e praticar).  É mal do ser humano mesmo se aproveitar do sofrimento do próximo, não ter um pouco de compaixão, e já ir logo pensando em tirar dinheiro, ainda que não seja roubo, não acho honesto isso. Imagine se fosse tua mãe, filho (a), alguém que tu considere muito, ou tu mesmo que precisasse dessa ajuda e não tivesse dinheiro. Meu Deus, até quando o ser humano vai ser assim, mesquinho, egoísta, individualista?”

É fácil detectar nos pensamentos dessa pessoa crenças do tipo: é errado cobrar para ‘ajudar as pessoas, não é algo de uma pessoa boa e espiritualizada. Se você cobra, você é desonesto, é mau e insensível. Está se aproveitando do sofrimento alheio.

Veja bem esse pensamento “é mal do ser humano se aproveitar do sofrimento do próximo”. Pra pessoa que escreveu, ganhar dinheiro com trabalhos que aliviam o sofrimento é o mesmo que se aproveitar das pessoas. Eu vejo de forma totalmente oposta. Os terapeutas ganham levando felicidade, limpando o sofrimento, ajudando as pessoas. E merecem ser bem remunerados por isso.

Mas tem gente que fala “mas esse é um trabalho de ajuda, não deveria ser cobrado”. E outro dia eu fiquei pensando comigo mesmo: eu não conheço nenhum trabalho que seja para “atrapalhar” as pessoas. Todo trabalho é de ajuda. Seja cortar o cabelo, consertar a televisão, vender comida (a propósito, ninguém vive sem comida, os donos de restaurante deveriam então por obrigação dar de graça pra quem não pode pagar, será? Se não fizerem isso, são maus!), lavar o carro, ensinar e etc…

Tenho um texto escrito mais especificamente sobre esse tema de cobrar por trabalhos emocionais ou de crescimento espiritual chamado “Não existe almoço grátis”. Tenho também uma artigo que fala sobre “O egoísmo de só doar e não receber”. Creio que encaixa bem e esclarece muito esse tema. Recomendo a leitura dos dois para quem quer se abrir mais a prosperidade.

Como vocês acham que deve ser a situação financeira dessa pessoa que escreveu esse e-mail pra mim? Tem grandes chances de estar em uma situação difícil, ou muito aquém do que poderia, devido aos pensamentos que carrega. Esse tema da prosperidade é fascinante. A propósito, estou distribuindo gratuitamente, um mini-ebook com 7 dicas para aumentar a prosperidade. Quem quiser baixar é só acessar: mini e-book 7 dicas para prosperidade

André Lima  


VEJA MAIS SOBRE O TEMA CLICANDO AQUI

Autor: André Lima
Veja mais Artigos Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...