terça-feira, 13 de setembro de 2016

Benjamin Fulford - "Até quando vamos ver os perpetradores do 11/09 e 11/03 desfilando em frente das câmeras de TV do mundo?" - 12.09.2016



Não há nenhuma dúvida de que a máfia khazariana está numa situação desesperadora e prestes a perder seu poder, como pode ser visto em vários eventos que citaremos a seguir. No entanto, também é um fato de que a maioria dos chamados "líderes" que desfilaram perante o mundo na conferência G20 nas últimas semanas, ainda se recusam a dizer a verdade sobre 11/09 e o 03/11, Malaysia Air Flights 370 e 17 e muitos outros atos governamentais de terrorismo. Enquanto não vermos esses líderes falarem publicamente a verdade sobre estes crimes e, então, pedir a detenção desses criminosos, a guerra para a libertação da humanidade não irá acabar.

Deem uma olhada (a partir da marca de 11 minutos e 30 segundos), neste vídeo do G20 e verão a chanceler alemã, Angela Merkel fazendo seu sinal do olho maçônico.


Mais uma vez, ela foi o único membro da família governante Saxe-Gotha Rothschild presente, dizendo, para aqueles que têm olhos para ver que o G20, autodescrito como maior fórum econômico mundial de maior nível, ser apenas uma reunião de servis dos Rothschilds. Olhem para o comunicado ilegível para perceberem a inútil piada que é este grupo.


Embora reunidos 10 anos seguidos, sua declaração final ainda está cheia de frases como: "vamos criar uma força-tarefa", e "acreditamos que esforços poderiam serem feitos". Todavia, na verdade, mais uma vez não conseguiram reformar a estrutura de votação da ONU, Banco Mundial, FMI ou outras organizações ditas "internacionais". Também falam sobre "financiamento verde", embora admitam que não há uma definição sobre o significado disso, mas devem haver "princípios voluntários para finanças verdes”.

O presidente chinês, Xi Jinping, que liderou a bem coreografada hospedagem deste evento na China, chamou de "governança financeira global equitativa e eficiente".

No entanto, isso não será realizado num fórum de um complicado grupo de vinte escravos de alto nível abraçados. Os chineses sabem disso se preparam com alternativas, como bitcoins, para quando este sistema entrar em colapso confirmam fontes de uma sociedade secreta asiática.

Apesar da incapacidade do G20 de tomar decisões coletivas decisivas, houve algumas sérias negociações geopolíticas acontecendo antes, durante e após o G20.

Uma grande mudança foi um ataque Rothschild/Rússia contra interesses petrolíferos e energéticos da quadrilha criminosa Bush/Clinton/Rockefeller no Oriente Médio. Este fato apareceu nas manchetes de notícias corporativas, sob a forma de um anúncio de um acordo entre os EUA e a Rússia sobre a Síria. Entretanto, o real significado disso, é que os Rothschilds e os russos chegaram a um acordo sobre como dividir a receita do gás que sai do Oriente Médio, em detrimento da facção Bush/Clinton/Rockefeller.

Por sua vez, o Pentágono e os russos estão aderindo ao seu acordo (como já relatado anteriormente) de deixar tudo que estiver Oeste do Rio Eufrates (incluindo Israel) para os russos, enquanto os EUA teriam o controle militar dos EUA do lado Leste do referido rio. Este acordo, agora, pode ser confirmado em vários anúncios de notícias corporativas, relatando que os americanos disseram para seus aliados curdos se mudarem para o lado Leste do Rio Eufrates.


O acordo Rothschild/Russo, também afeta os interesses Bush/Clinton/Rockefeller do gás ucraniano. Isso significa que o golpe de estado nazista na Ucrânia, em breve, começará a ser desvendado, dizem fontes do Pentágono.

No entanto, o campo de batalha verdadeiro permanece Estados Unidos, onde a máfia khazariana se agarra desesperadamente ao poder em meio à crescente ira popular. Pessoas por trás de Hillary Clinton entram novamente em contato com a Sociedade Dragão Branco para comunicar que seu novo plano é tirar Hillary fora da corrida presidencial por motivos de saúde e, em seguida, lançar Bernie Sanders e Michelle Obama contra Donald Trump. Isto porque "Killary" está tão impopular, que roubar uma eleição para ela seria muito difícil, disseram as fontes. O plano original era substituir Hillary por Joe Biden, não Sanders, observam outras fontes.

Por sua vez, fontes do Pentágono dizem que "Hillary e Trump podem ser forçados a sair, quando a República dos EUA for anunciada, com um retorno ao padrão-ouro para os chapéus brancos poderem reconstruir o país".

De qualquer maneira, os problemas de saúde de Hillary, definitivamente, estão sendo amplamente divulgados na mídia corporativa, agora com historias de Pneumonia etc., sendo profusamente divulgados.

Também houve muita estranheza em torno do colapso de Hillary, em 11 de Setembro, num evento no Memorial 11/09.

Fontes da CIA insistem que, após parecer sóbria e sã, Hillary foi substituída por um novo clone (que estava no apartamento de Chelsea Clinton), imediatamente após o antigo clone ter entrado em colapso.

Certamente, ela parece ter mudado drasticamente num tempo muito curto. Aqui está uma foto de Hillary enquanto ela estava no evento 11/09:


E aqui está o vídeo dela (clone quebrado?) em colapso.


Agora, comparem isso com um vídeo dela, pouco mais tarde, depois que saiu do apartamento de Chelsea Clinton.


No mínimo, ela parece ter ficado 10 anos mais jovem, num espaço de tempo muito curto.

Fontes da CIA insistem que clones são de inteligência limitada e só podem ser usados para ler discursos e cortarem fitas. É por isso que Clinton não tem uma conferência de imprensa por 278 dias corridos, dizem. Quando ela finalmente teve uma, assim chamado "conferência de imprensa" na semana passada, ela respondeu exatamente 6 perguntas pré-selecionas da mídia prostituta de maneira muito singela, assim como: "eles são tendenciosos contra você, porque é uma mulher".

Pessoas por trás Hillary estão desesperadas para manter um dos seus no gabinete presidencial, uma vez que os braços lei, compostos por militares e agencias, rapidamente estão se fechando em torno delas. O caso mais recente, foi a aprovação unânime de um projeto de lei por ambas as casas dos EUA, permitindo que famílias das vítimas do 11/09 possam processar a Arábia Saudita. "Obama não pode vetar e deverá assinar, porque Israel e a máfia judaica são os alvos reais [da lei]", dizem fontes do Pentágono.

Fontes do Pentágono também dizem que "Um submarino israelense pode ter sido afundado no 15º aniversário do 11/09, juntamente com o satélite espião israelense destinado a auxiliar o ISIL e Facebook a desestabilizar a África, em razão do Pentágono ter sido atingido por um míssil israelense lançado de um submarino em 11/09". Este seria o mais recente de uma série afundamentos de submarinos israelenses nos últimos anos.

O máfia khazariana, temendo por sua "sobrevivência, está desesperadamente cortejando a Rússia e a China, na esperança de afastar a aproximação do arrastão Pentágono/agências.

Certamente houve algum serio tilintar de espadas acompanhando a reunião do G20. Fontes do Pentágono dizem que os chineses enviaram 11 navios e barcaças ao Baixio Scarborough, reivindicado pela China e Filipinas, visando uma "intimidação" das Filipinas.

Em resposta, o principal General do Pentágono, Joseph Dunford, voou para Manila em 06 de setembro, onde se encontrou com os principais líderes militares chineses e asiáticos. Imediatamente, no dia seguinte, no dia 07 de Setembro, voou para a base naval de Yokosuka, no Japão.

Então, no dia 09 de setembro, a Coreia do Norte anunciou que tinha desenvolvido armas nucleares que poderiam ser transportadas por mísseis balísticos capazes de atingir qualquer lugar do planeta. Claramente, os japoneses e americanos estão usando a Coreia do Norte como um procurador, para ameaçar, de uma forma que possa ser plausivelmente negada, uma resposta nuclear contra movimentos chineses.

Seguindo-se a isso, a China e a Rússia iniciaram maciços exercícios navais conjuntos no Mar do Sul da China, nas costas da Província de Guandong, em 12 de Setembro.


Fontes do Pentágono dizem que os chineses "exercícios navais no Mar do Sul da China foi programado para ser realizado em águas chinesas nas costas Guangdong e não em Hainan ou em nenhum lugar nas proximidades de zonas econômicas exclusivas do Vietnã ou Filipinas."

Os khazarianos também estão empurrando os europeus a tomarem medidas contra os militares dos EUA. A última manifestação disso foi o anúncio feito pela França e Alemanha que eles estariam estabelecendo um quartel-general conjunto, como um movimento para a criação de um exército europeu.


Além disso, como pode ser visto no vídeo linkado na parte superior deste relatório, a alemã Merkel, no G20, aberta e claramente esnobou o Presidente dos EUA, Obama, na frente de todas as câmeras de mídia do mundo. Tais esnobações na frente das câmeras deliberadamente encenaram mensagens para o mundo que, neste caso era: "a Alemanha não é amiga da América".

De forma clara, os Rothschilds estão tentando se juntar aos chineses, europeus, russos e todos os outros que possam encontrar para protegê-los de uma busca da justiça militar americana.

Também existe uma possibilidade muito real de algum novo e enorme evento do tipo 11/09 - 11/03. Lembrem-se como Donald Rumsfeld, no dia anterior 11/09, disse à imprensa que estavam faltando US $ 2,3 trilhões do orçamento do Pentágono. Bem, agora o Departamento de Defesa dos Estados Unidos está dizendo que US $6,5 trilhões desapareceram do seu orçamento em 2015.


De forma clara, esta é uma mensagem ao mundo de que o complexo industrial militar dos EUA, ou então a máfia khazariana, não está claro quem estaria preparando uma grande, desagradável e secreta surpresa de algum tipo.

Também é importante notar que a maior parte do valor dos US $ 115 bilhões em armas, que os EUA venderam à Arábia Saudita durante a administração Obama, realmente nunca chegou àquele país. Isso provavelmente explica como as empresas de petróleo dos EUA armaram seu procuradores ISIL, Al-Qaeda etc., com armas supostamente compradas pela Arábia Saudita.

Brevemente, esperamos que todos esses criminosos corporativos sejam arrebanhados, arrastados de suas sedes algemados e colocados na cadeia. Uma vez, George Bush pai disse essa famosa frase: "Se o povo americano descobrir o que temos feito, iria nos perseguir pela rua e linchar a todos nós". Tenham certeza de que o povo americano já descobriu.



Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...