quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Jeshua Ben Joseph - "Você não está sozinho" - 05.09.2016


Simulação de imagem a partir do original "Santo Sudário." 
É assim que eu, Gabriel RL, o vejo.

Amado, nós já lhe falamos há algum tempo sobre o holograma que você está criando. Você viu um holograma em alguns dos seus filmes de ficção científica, onde as pessoas estavam olhando para o holograma de algo que acontecia na frente delas.

E, na verdade, o que você está vivendo nesta realidade é um holograma de sua própria criação. Você está sempre criando e mudando, talvez, ajustando-se ao seu holograma, permitindo que outros aspectos venham e você jogue. E, na verdade, a realidade – com “r” minúsculo – que você joga é muito maleável. Em outras palavras, muito suave, e você pode jogar com ela, como o “Play-Doh” (N.T: São jogos imaginativos e massinhas) com que os pequenos jogam. Eles criarão os vários objetos, e, então, se não gostarem destes, eles os amassarão e começarão de novo; eles criam algo novo.

Você faz isto com a sua realidade (“r” minúsculo). Você a re-cria de vez em quando. Se não gosta de algo que aconteceu no passado, onde está esta realidade? Está em sua mente, em sua memória, e você pode voltar atrás e mudar uma lembrança. Você pode.

Tudo o que você cria pode ser mudado. Se você teve uma experiência infeliz, pelo menos uma que julga infeliz, você pode voltar e revê-la e pedir uma nova maneira de vê-la, para perceber qual é o presente que está nela, porque cada experiência tem um presente nela. Às vezes, não parece uma dádiva quando você está passando por ela, mas quando você retornar e pedir para vê-la de maneira diferente, você verá que havia uma dádiva nela.

Sua realidade “com “r” minúsculo – está sempre mudando e se transformando, e você faz isto porque é um mestre em criar a realidade (com “r” minúsculo, momento a momento. Você está criando agora o que está lendo. Se quiser dar um passo adiante, cada um que lê isto está lendo uma mensagem ligeiramente diferente, pois a sua experiência anterior lhes permitiu ver o que eles estão fazendo neste momento.

Você tem experiências anteriores, experiências não somente no que você denomina como esta vida, mas o que você chama de vidas aparentemente passadas. Assim, todos estarão lendo esta mensagem de uma forma ligeiramente diferente, mas espero que seja de uma forma que expanda a sua compreensão de seu poder criativo.

E como já dissemos muitas vezes, se você não gosta da realidade em que está vivendo, você pode mudá-la. Não há nada e nem ninguém que irá impedi-lo de mudá-la. Muitas vezes, você sente que os pais ou os mais velhos de uma geração têm mais autoridade sobre você, mas, na verdade, a autoridade que eles têm é dada por você na sua crença, e você pode mudar isto. Você mudou isto, porque quando ficou mais experiente, você disse para certas pessoas em sua realidade que: “Não, eu vejo as coisas de forma diferente do que o que estão me dizendo”, e você tem moldado e configurado a sua realidade, momento a momento.

Assim, agora estaremos expandindo a realidade que você aceitou até agora, e iremos empurrar alguns dos limites dela. Diremos que você não está sozinho. Você diz: “Está bem, eu ouvi isto antes. Sei que não estou sozinho. Sei que há guias, professores, mestres que caminham comigo. Sei que sou cuidado por seres invisíveis, por anjos”. E isto é verdade.

Mas há outros nesta esfera de sua compreensão que estão em sua realidade agora, que estão experienciando as suas próprias vidas de maneiras diferentes, aqueles que você disse que são de fora do planeta. Será que eles são reais? Sim, eles são tão reais quanto a sua realidade. – com “r” minúsculo. Eles existem. Eles estão tendo as suas experiências e o estão observando, observando para ver como você responde a algumas das questões que possam surgir, observando para ver a consciência coletiva global e as escolhas que são feitas.

Como você está trazendo esta realidade, você decretou que há agora uma mudança que está acontecendo. Enquanto você estiver fazendo isto, estará expandindo a sua compreensão do que significa ser a extensão do Criador. Você está criando esta mensagem à medida que avançamos. Aqueles que compartilham a extensão da criatividade são tão aventureiros e tão tímidos como você. Eles estão também experienciando quem e o que eles querem trazer, e eles o estão observando como você observaria algumas das outras formas vivas em sua realidade.

Os pequenos, provavelmente, observaram os formigueiros, e você observou como as formigas são muito ocupadas. Você já viu as colmeias. Observou as abelhas e como elas são ocupadas. Elas fazem parte de uma colmeia coletiva. Assim, você observou a sua própria maneira, a extensão da vida, a criatividade, de uma forma aparentemente diferente do que o que você está expressando agora.

Bem, aqueles que você chamou de irmãos e irmãs do espaço, às vezes, estão checando e observando como a consciência coletiva aqui está funcionando, como a comunidade de alguns está despertando para a Totalidade de que eles são, como esta consciência em expansão está afetando as escolhas que são feitas.

Agora, eu trago isto a sua atenção, porque quero que você saiba da expansão da Energia criativa e como, na verdade, você não está separado de nada disto. Você tem aqueles que estão próximos a você agora, que estão falando do que parece como uma extensão muito incomum de si mesmo.

E você já se perguntou, e eu o ouvi perguntar: “É verdade que não estamos sozinhos no Universo?” É verdade. Você não está sozinho. Para muitos dos irmãos e irmãs, esta verdade não existe em sua realidade. Eles têm o que você denominou como visão de túnel. Eles têm o suficiente para cuidar em sua vida, como eles a veem e não querem se aborrecer com histórias fantásticas.

Mas para alguns de vocês, você quer saber: “Qual é a Totalidade de mim? O que mais de mim pode haver?” Você olhou para a sua realidade aqui e disse: “Bem, eu tenho os amigos que são de mentes afins e isto é bom quando estou com eles, mas poderia haver algo além até mesmo do que tenho experienciado quando estive no avião e acima das nuvens?”

Você experienciou o que muitos dos seus antepassados teriam considerado como impossível. Você vai ao seu aeroporto aonde os pássaros chegam, os pássaros de metal, e entra em um grande avião. Ele sobe acima das nuvens, e você vê a forma da Terra abaixo. Seus antepassados não teriam acreditado nisto. Você, como o antepassado, não teria acreditado nisto. Mas agora onde você está, é um milagre, e, no entanto, você o toma por certo.

Você diz: “Bem, eu irei pegar o pássaro de metal em Sacramento e terei duas horas acima das nuvens, e, então, irei pousar em outro local geográfico e irei viajar em algo que tem grandes rodas e irei visitar os meus amigos.”

Há um pouco de esforço para fazer a viagem, mas eu lhe digo, é muito mais rápido e mais fácil do que o camelo. E, no entanto, em meu dia e hora, e no seu, também, porque você estava lá comigo, o meio de transporte, andar no camelo, era muito mais rápido do que caminhar, e nós pensávamos que estava ótimo.

Agora você observa o que está acontecendo e diz: “O que mais pode haver?” Você tem os pássaros de metal que romperam a barreira do som. Eles têm ido com tanta rapidez que eles estiveram à frente de si mesmos. Você ouve os seus cientistas que gravam tais coisas e diz: “Uau! Isto é incrível! Como pode ser isto?”

Eu lhe direi, como isto não poderia ser? Porque você está criando. Isto é a linha básica da mensagem. Você está criando, e agora você está querendo saber: “Há mais?” E eu lhe digo: “Sim, há mais.” Você está abrindo a sua mente e o seu coração para absorver mais as possibilidades de que poderia haver Inteligência expandida em outros locais, que estão tendo a experiência de se expressarem, talvez, de forma diferente do que você vê como o ser humano, e eles estão reproduzindo por meios diferentes do que você considera úteis nesta realidade.

Eles estão vivendo os seus sonhos como você. Alguns deles chegaram a reconhecer que deve haver vida inteligente – bem, às vezes, eles questionam esta parte – em outros planetas, em outros sistemas solares. Como os seus cientistas lhe estiveram indicando, há muitos outros sistemas solares no universo, muitas galáxias dos sistemas estelares, muitas que estão com os planetas que giram em torno da estrela, como a sua sagrada Mãe Terra gira em torno do Sol.

Em sua realidade, tudo está fluindo da Realidade (com “R” maiúsculo) – a expansão da idéia vem para criar, experienciar, expressar-se, aventurar-se.


Há vidas passadas você se sentou sob as estrelas e se perguntou: “O que há lá fora? Há algo mais lá fora além do meu conhecimento?” Agora você está chegando ao limiar de ter o intercâmbio com o seu Eu, com aqueles que você chamou de extraterrestres, porque eles não estão vivendo – bem, alguns deles estão – na sagrada Mãe Terra.

Então, você já se perguntou: “Bem, estas histórias são interessantes, mas eu não acho que haja algo mais do que eu posso ver, sentir e tocar e tem até o idioma de não ser uma barreira.” Na sagrada Mãe Terra você tem os diferentes sons, idiomas, que significam algo diferente, e alguns de vocês estudaram idiomas, de modo que possam compreender outros sons, para saber o que eles significam.

Como será o discurso com os seus irmãos e irmãs do espaço? Será coração a coração, mente com mente, porque isto será a próxima linguagem, um conhecimento. Você já faz isto, assim quando eu me refiro a isto, você compreende que há momentos em que você sabe o que a outra pessoa está pensando e ela não o expressou em sons, em palavras. Mas você sabe o que ela está pensando. Às vezes, você pode senti-lo pela expressão facial, e, algumas vezes, você diz: “Está bem, não estou ficando por perto, por isto...”, e você parte e retorna mais tarde quando o humor dela está melhor.

Você terá o conhecimento muito em breve, onde aqueles que estiveram pedindo a prova, terão a interseção interessante desta realidade com uma realidade expandida. Não algo a ser temido, mas algo a ser bem-vindo. Porque, realmente – agora, eu digo isto de modo que você tenha o equilíbrio da compreensão – há aqueles que estão se expressando no espaço, no universo, que são ainda da expressão combativa. Mas eles são bem parecidos com a consciência coletiva aqui que está presa em si mesma, assim eles não são aqueles que você estará encontrando pela primeira vez.

Aqueles que você estará encontrando serão de mente e coração amorosos, porque eles são aqueles que terminaram com a combatividade, com a agressividade. Eles são aqueles que estiveram pedindo para ter a experiência de interagir com outros que estejam abertos e receptivos à compreensão da expressão do Um, da Fonte, querendo saber o que você está pensando, o que você está sentindo, com que questões você está trabalhando. Isto está acontecendo agora.

Você está sendo observado. Você está sendo assistido. Não de uma maneira que você tenha que ser paranoico e dizer: “Oh, meu Deus, eu não posso fazer nada. Estou sendo observado, e não posso ter um pensamento. Eles lerão a minha mente e qualquer outra coisa.” Não, eles estão vindo no amor. Eles estão chegando a um espaço de questionamento expansivo, querendo saber: “Como você vê as coisas? Como é na sagrada Mãe Terra?”

Você tem companhia. Você não está sozinho no Universo. Há aqueles que diriam: “O que temos aqui na Terra é o mais elevado do que pode haver”. E, então, você olha para a consciência coletiva que está sempre em guerra e diz: “Oh, meu, isto é o mais elevado que pode ser?” Se você tiver qualquer tipo de mente racional e coração, começa a dizer: “Bem, espero que possa haver uma evolução que esteja mais desperta para o Amor da Fonte.”

Você está sendo observado, mas de uma maneira que não é temida ou temível. Alguns de vocês foram levados a bordo da nave espacial, de modo que pudesse haver o intercâmbio da inteligência, mas aqueles que voltaram com as histórias terríveis, tiveram uma propensão em sua perspectiva para o medo. Assim, quando eles estiveram em uma experiência e, em seguida, vêm relatar a experiência, eles chegam de um espaço terrível, porque tudo é temível para eles.

Mas você tem muitos que tiveram a experiência e retornaram e sabem que eles estiveram em outro lugar, e sabem que foram cuidados de uma boa maneira. Assim, eu não lhe falo agora de uma maneira que seja para gerar o medo. Eu lhe falo de uma maneira onde você começará a estar aberto a saber que há muito mais, à extensão da Fonte criativa do que apenas a sua parte presente da realidade.

E você, quando enviar amor, receberá o amor de volta. Se viver no medo, isto é o que irá experienciar. Assim, aqueles que retornaram com histórias terríveis tiveram a propensão de encarar as coisas com medo. Estou lhe dizendo isto agora porque haverá mais troca de informações. Você está no limiar da expansão.

Alguns de vocês estão vendo os sinais nos campos e sabendo que realmente há algo acontecendo lá, e há algo que está além deste plano da realidade – com “r” minúsculo – e, sim, é uma linguagem. É uma linguagem que diz: “Estamos aqui, também, e viemos em paz. Viemos no amor.” É uma linguagem que, com o tempo, será decifrada, de modo que aqueles saberão não apenas por métodos científicos que foram colocados, mas, também, pelo coração, sentados em meditação, como outros fizeram em tempos passados, para receber a informação no amor.

Você não está sozinho. Sim, os seus guias, professores, mestres, aqueles que cuidam de você, eles estão com você, é claro, porque não há separação. Não há separação, e você não está separado de seus irmãos e irmãs do espaço.

Veja, o que eu estou tentando lhe dizer é que você é maior do que já se considerou ser. Você ainda vê os ETs como separados de você. Até quando eu falo deles, há um sentimento de: “Eles estão tendo uma experiência separada. Eles são diferentes de mim.” Sim, eles são, e não, eles não são. Eles são uma extensão de você, porque há somente o Um; uma extensão do Criador, tendo muitas experiências.

Vocês sonham que são muitos, e, no entanto, é um sonho. É uma realidade – “r” minúsculo – que você joga. E, nesta realidade, aqui na sagrada Mãe Terra e na consciência coletiva que você vive e se movimenta e aceita como realidade, há a dualidade. Há, por um lado, um oposto por outro lado. Esta é uma crença de gerações que foi mantida por muito tempo nesta expressão, mas não é a verdade do seu Ser.

Você irá despertar deste sonho. Não é um erro. O sonho não é um erro, trabalhar no conceito da dualidade. Tem sido o Filho sagrado, a expressão da Fonte que diz: “O que podemos criar? O que podemos experienciar? O que é diferente da Unidade?”

Então, você traz a individualidade e diz: “Bem, eu sou um indivíduo. Você é um indivíduo. Somos todos diferentes, uns dos outros, um pouco. Todos nós temos experiências diferentes. E há nesta realidade o conceito da dualidade e isto é uma das regras do jogo. E se você quiser participar do jogo, aceite as regras deste jogo. Se não quiser participar deste jogo, vá e encontre outro jogo.”

Isto parece muito simples, e é verdade. Mentes afins se reúnem. Corações afins se reúnem. Você joga um pouco e quando se cansa de participar desta realidade, então, você retorna à Fonte e sai fazendo outra coisa. E quando eu digo sair, não é um corpo físico que sai. É um pensamento, uma expressão.

Você não está sozinho. Nós não estamos sozinhos. Você é grandioso; mais grandioso do que possa imaginar, e, então, você diz: “Meus irmãos do espaço são realmente avançados. Eles sabem como fazer todas as viagens espaciais e os padrões nas culturas, mas eu tenho talentos que eles admiram.” Você tem as suas perguntas que eles têm questionado. Você tem as suas respostas que você achou que eles querem saber.

Assim, haverá comunicação – já há comunicação - onde você conhecerá a união comum. Você conhecerá a expressão do Um – com “U” maiúsculo – nas muitas formas diferentes e nas diferentes expressões da forma e sem forma, na Mente.

Você é muito mais grandioso do que já lhe foi ensinado. Você é mantido no amor da Fonte, da qual acha que você viajou, mas, entretanto, você está ainda neste fluxo da Fonte, avançando. Esteja aberto e confie.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus) 



Nota: “Jeshua ben Joseph” é o nome aramaico original de Jesus, a personificação da energia crística na Terra.

Canal: Judith Coates
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais mensagens do Jeshua Aqui e Judith Coates Aqui 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...