segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Selácia - "Dias que ficarão na lembrança como processar dias como 11/09." - 11.09.2016



Há muitos dias dos quais você se lembrará nesta vida. Estes são os momentos que tiveram um  impacto tão profundo em sua visão da existência, que quando refletir sobre eles, você terá ou uma grande alegria ou uma grande tristeza.
11/09

A maioria de nós pode se lembrar de onde estava em 11/09. Este dia, há 15 anos, foi um dos momentos mais significativos da vida de que nos lembramos, de fato, um que não podemos nos esquecer. Os Ataques de 11 de Setembro estão gravados para sempre em nossas mentes, como um momento em que o mundo, de repente, sentiu-se menos seguro.

PROCESSANDO A SUA EXPERIÊNCIA

Neste artigo, estão algumas sugestões para processar datas fundamentais que você se lembra – as boas e aquelas que evocam uma profunda tristeza.

Exemplos típicos de boas memórias incluem o nascimento de um filho, um dia de casamento, o dia em que você conheceu a sua alma gêmea, um marco positivo em sua carreira, e um retiro espiritual em um final de semana, que foi a sua primeira centelha do despertar.

Curiosamente, é da natureza humana – realmente é o ego e não o eu espiritual – que coloca mais foco nos dias ou experiências memoráveis que causam a dor. Exemplos: datas como 11/09 atraem muita atenção e recebem um sentido amplo de importância. Só de se pensar neles são agitados profundos sentimentos de tristeza, raiva e uma série de outras emoções baseadas na dor. Reviver imagens e sons faz com que isto seja ainda pior.

CONDICIONANDO-SE PARA SE CONCENTRAR NO NEGATIVO

Os indivíduos têm este condicionamento para se concentrar no negativo – o mesmo acontece com os jornalistas que cobrem a notícia. Empresas de mídia, em sua maioria de propriedade de grandes empresários, são movidas por lucros e elas constataram que uma má notícia vende. A mídia atinge o ápice cada vez que ela aborda um desastre como um ataque terrorista.

Para perspectiva, há muitas boas notícias lá fora. E há inúmeros jornalistas e outros escritores que compartilham histórias edificantes de coragem e de amor. É útil lembrar disto, especialmente nos dias como o aniversário de 11/09. Tenha isto em mente e procure o bem nas coisas horríveis.

Afinal, a mente irá para onde a atenção for colocada. Não há problema algum em colocar a mente nas notícias de 11/09 – isto é honrar aqueles que morreram – mas faça-o com discernimento e consciência. Não entregue o seu poder, indo ao espaço do medo, da preocupação e projetando no futuro o que poderia acontecer por causa do 11/09.

Lembre-se de que a humanidade e os indivíduos são basicamente bons. Dentro de cada pessoa está uma centelha divina. Esta natureza espiritual não está relacionada com a religião, a raça, o sexo ou o país de origem. Há bondade básica em cada um de nós.

Não estou falando de pensamento mágico aqui. Todas as pessoas possuem tanto a bondade quanto um lado sombra. Além disto, vivemos agora em um momento com a maior e mais diversificada população humana que a Terra já teve!

As pessoas estão em vários estágios do despertar – algumas ainda profundamente adormecidas espiritualmente, e na outra extremidade do espectro, outras cujas vidas foram plenamente dedicadas ao caminho espiritual.

É melhor evitar o julgamento e não gastar o seu precioso tempo categorizando-se ou os outros. O caminho para a iluminação é um processo contínuo, não uma escada com níveis que você pode medir. Em algum ponto no caminho, uma pessoa pode fazer uma escolha imprudente que vem do ego. Até mesmo os mestres espirituais fazem isto – há níveis de mestria.

MONITORE A SUA ENERGIA

Ao analisar um evento trágico como o 11/09, faça o seu melhor para monitorar a sua energia e esteja presente. Lembre-se: o 11/09 não está acontecendo agora.

Por causa das frequentes referências da mídia ao 11/09, contudo, você pode se sentir como se esta experiência estivesse no momento do agora. Você pode até se preocupar obsessivamente sobre o que poderá acontecer a seguir.

Apenas você pode controlar a sua própria mente no momento. Você pode impedir este terrorismo interior – a sua mente condicionada – de mantê-lo nos laços do medo. Lembre-se de respirar e retornar ao agora.

REFLETINDO SOBRE OS SEUS MOMENTOS PESSOAIS TRISTES

Na vida de cada pessoa haverá momentos tristes, momentos em que você perde algo ou alguém. Isto faz parte do ser humano. Momentos fundamentais que muitas pessoas se lembram incluem: o dia em que um ente amado morreu, o dia em que um incêndio destruiu a sua casa, ou o dia em que elas foram, de forma abrupta, demitidas de um emprego estimado.

Não há maneira de avaliar a dor de tais coisas. Cada uma delas pode desencadear sentimentos de perda, e com isto, uma sensação de que uma parte de si mesmo está perdida. Isto não é verdade, é claro, mas pode parecer assim.
Perceba que quando você está refletindo sobre a perda, que a coisa ou pessoa não é a sua essência individual. Esta parte sua não é a outra pessoa, não é a sua casa, não é o seu emprego. Você tem uma natureza espiritual eterna que transcende tudo.

Sua casa e o seu emprego não vão com você para a próxima vida. Às vezes, você reencarna com algumas das mesmas pessoas, mas cada pessoa tem a sua própria evolução espiritual única.

Se alguém que você ama morre, o seu espírito continuará e terá muitas grandes aventuras. Quando você refletir sobre a perda desta pessoa, tenha em mente que você não a perde como a sua mente condicionada faz com que você acredite. Sim, ela não está mais no mundo físico e perto de você. O sofrimento pode levar tempo. Honre o processo do sofrimento – é uma maneira de se respeitar, a outra pessoa e o seu relacionamento.

O sofrimento é uma experiência temporária – você não o terá eternamente. Concentre-se no bem que você teve com o ente amado. Mantenha a visão mais elevada em mente – o amor é o vínculo eterno. Seu amor pelo outro o conecta através do tempo e das dimensões. Este tipo de amor não tem expectativas, não há regras e nem limitações.

 O Amor desta natureza mais elevada é ilimitado e honrado – há uma relação de confiança de que o Universo está orquestrando o plano divino perfeito.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...