terça-feira, 4 de outubro de 2016

Jennifer Hoffman - "Relatório da Energia para Outubro / 2016" - 03.10.2016



É Outubro, um mês que é um novo começo em muitos sentidos, mas ele chega com algumas obrigações e requisitos, antes que possamos realizar os inícios que estivemos esperando. A preparação é necessária antes que você possa sair pelo portão, não importa o quanto você esteja pronto para se desprender da bagagem restritiva dos últimos meses. Mas é um novo começo e uma oportunidade para termos a nossa cura e partirmos para um test drive.

Muita coisa pode ser realizada em Outubro, dependendo do que você queira fazer e para o que esteja preparado. É um mês de Libra, que é descrito como o signo dos relacionamentos, mas é muito mais do que isto, pois este mês se refere ao equilíbrio, e congruência. Se você estiver preparado para dar uma olhada em seu equilíbrio energético e fazer algumas mudanças, onde for necessário, Outubro poderá ser um ótimo mês para você.

Estamos fora das pesadas energias de transição de Setembro e isto é um alívio. Mas antes que você possa saltar para fora do portão de Outubro e se apressar em qualquer caminho disponível, porque você está muito feliz ao estar fora destas difíceis energias, esteja ciente de que Mercúrio está ainda em sua sombra retrógrada, temos alguns aspectos energéticos que sustentam uma análise cuidadosa e uma avaliação calma antes de agirmos, e enquanto os novos inícios são possíveis, eles devem ser feitos no contexto das necessidades energéticas de Outubro do equilíbrio e da congruência. E com todo o foco nos relacionamentos e nas parcerias deste mês, lembre-se de que seu primeiro e mais importante relacionamento é o que você tem com você mesmo, e é aquele que todos os seus outros relacionamentos irão refletir.

Como Setembro, Outubro começa com uma lua nova, mas esta não é um Eclipse e não tem alguns dos aspectos desafiadores da de Setembro. Assim, começamos este mês com apoio para novos esforços, mas Mercúrio está ainda em seu difícil retrógrado até 7 de Outubro, assim esteja atento às advertências do retrógrado, elas estão ainda em vigor. Este é um mês para a ação que esteja alinhada com a nossa intenção, energia e energeticamente equilibrada com as nossas necessidades, por prioridades que nos coloquem em primeiro lugar e equilíbrio em nossas vidas, para que a energia flua com harmonia congruente. Se você está dizendo “sim” a tudo isto, vamos observar mais de perto para que você saiba exatamente o que isto significa. A energia de Outubro não vem com uma varinha mágica, mas oferece um potencial profundo para a transformação, se estivermos dispostos a nos alinharmos com ela, fazermos o trabalho que ela exige e agirmos.

As palavras-chave deste mês são equilíbrio e congruência – todas estas palavras se aplicam a como damos e recebemos a energia e este será o nosso desafio, estarmos atentos aos nossos limites de energia em todos os nossos relacionamentos. Onde estamos dando e não recebendo? Onde estamos fora da integridade com as nossas necessidades? Quem ou o que tem prioridade em nossa vida? Estas questões surgirão novamente neste mês, para que possamos ter uma imagem clara de onde está indo a nossa energia e como ela está fluindo. E se estamos fazendo isto de uma maneira capacitada ou não.

Veremos também como estamos apoiando as conexões com as nossas próprias entradas energéticas e nos apegando a pessoas e situações que precisamos liberar. Estes são mais do que drenos de energia, eles representam os nossos medos, obrigações e compromissos que limitam o nosso caminho de vida e, provavelmente, limitaram por muitas vidas. Como eles estão relacionados com o carma, com ciclos cármicos e a dinâmica dos grupos de almas, outro tema que é destacado neste mês, eles são as lições que optamos por curar e completarmos nesta vida. E com Saturno em quadratura com os nodos da lua durante todo o mês (fortes indicadores cármicos), como criamos o equilíbrio energético em nossas lições cármicas será trazido também.

Júpiter se afastou de Virgem em Setembro, terminando um ciclo espiritual que começou em 2003 e agora podemos tirar todo o nosso aprendizado deste ciclo em outro nível, o que significa tomarmos medidas para encaixarmos o que aprendemos em nossa vida. Uma vez que a cura seja concluída e tenhamos o encerramento, nós agimos, explorando novas opções. Se esperarmos pelo momento certo, perfeito ou melhor momento, estaremos perdendo oportunidades de expandirmos nossos novos potenciais e possibilidades. E estamos fora do equilíbrio porque agora temos novas opções energéticas que não estamos usando. Isto também será trazido em Outubro, com Júpiter em Libra, o signo do equilíbrio.

Temos dois aspectos interessantes neste mês, também, com Marte em conjunção com Plutão (o que acontece a cada dois anos), impulsionando a agenda de transformação que começou em Setembro, com Marte em conjunção com Saturno. Se Saturno nos tornou conscientes de nossas lições de maneiras que não conseguimos ignorar, Plutão nos afasta do penhasco da transformação, para que possamos encontrar nossas asas e voar. E Marte como o planeta da ação nos impulsiona para este precipício. O fato de que está agora em Capricórnio, que é o signo de Saturno, apenas lhe dá esta pequena vantagem extra e impulsiona a energia da conjunção Marte/Saturno de Setembro. Podemos nos sentir um pouco pressionados com tudo isto acontecendo, a necessidade para a transformação está em alta velocidade, pois precisamos integrar as nossas energias da 5D em nossas realidades da 3D. Cabe a nós fazermos as mudanças que mudarão o nosso mundo, que, então, estende-se ao mundo e à realidade coletiva. Cada um de nós é importante neste processo, nenhuma mudança, não importa o quanto seja pequena, é insignificante. Mas qualquer mudança, por menor que seja, é necessária.

O outro aspecto interessante acontece na lua cheia de 16 de Outubro, que se depara exatamente com a conjunção Urano/Eris, em Áries, que tem causado tanto distúrbio neste ano. Mas isto não é tudo. Temos também a conjunção Plutão/Marte reunindo força, a quadratura Nodo/Saturno está exata, Júpiter está no grau da lua nova de 30 de Setembro/1º de Outubro, Mercúrio está ativo também. Vênus está aos 27 graus de Escorpião (os últimos graus estão ainda ressoando da ação de Saturno em Escorpião de Setembro de 2015), e Netuno está ainda próximo de sua quadratura de Saturno, que esteve ativando a integração 3D/5D durante todo o ano.

E mais uma coisa, Plutão está aos 15 graus de Capricórnio, o grau que ele ocupava na sétima e última quadratura Urano/Plutão, em Março de 2015. Estava também neste grau em 1º de Janeiro deste ano. Esta é a terceira vez que ele seguiu direto neste grau, e este é sempre o ponto de maior poder. Assim, temos uma força muito poderosa para transformação, pronta para desencadear o seu poder. Este será um mês agitado, podemos querer nos sentar e apreciar os fogos de artifício.

Acho que veremos uma variedade de verdades reveladas e descobertas que podem ser um pouco difíceis de receber, mas despertamos o suficiente para vermos que vivemos em uma ilusão muito manipulada que podemos escolher acreditar ou não. Uma vez que decidamos que não queremos mais acreditar nela, não podemos mais retornar à visão do mundo de “Alice no País das Maravilhas”. Estamos alcançando este ponto, individual e coletivamente, e a ilusão está oscilando agora. Acho que a ilusão do mundo que as autoridades querem que acreditemos, ocorre somente porque acreditamos nela, ou acreditávamos no passado. Uma vez que não mais optemos por aceitar que somos limitados, impotentes e desamparados, todas as estruturas cuja existência depende destas crenças, irão se desintegrar. Então, teremos que recriar um mundo novo e mais capacitado, mas podemos lidar com isto e estamos preparados para isto, porque estivemos trabalhando nisto em nossas próprias realidades. Isto é a verdade da realidade coletiva, mas é também a verdade de nossas realidades individuais.

A energia deste mês se trata do equilíbrio, como o criamos em nossas vidas e como o mantemos com os nossos limites energéticos. Se estivermos em um nível de perfeito equilíbrio, estamos em um ponto neutro, onde dar e receber estão equilibrados. Este é o nosso ponto de maior poder e expansão. Assim quando nos movemos em qualquer direção a partir deste ponto, ao darmos mais do que recebemos, ou quando recebemos e não damos (o que inclui tomar medidas), ficamos fora do equilíbrio. Não há equilíbrio e não pode haver congruência. Sentimo-nos presos, oprimidos e impotentes, mas isto é porque estamos tentando avançar, sem a utilização plena de nossa energia, como tentarmos dirigir um carro que está faltando algumas rodas.

Isto também se estende aos relacionamentos cuja existência depende do fluxo de nossa energia neles para mantê-los juntos. Se pararmos de lhes enviar energia, o que mantém o equilíbrio, mas somente porque estamos criando isto com a nossa energia, será que os relacionamentos irão se desintegrar? Estamos dispostos a correr este risco ou não? Esta é uma decisão que podemos não ter que tomar, e porque criamos o equilíbrio e o fluxo da congruência energética em nossas vidas, tudo o que estiver em um dreno de energia, terá um ponto final, por assim dizer. Nossa intenção de estarmos equilibrados e de termos congruência energética tem um forte efeito cascata em toda a nossa realidade. E o mesmo efeito se estende à realidade coletiva.

Nossa escolha pelo equilíbrio requer que façamos das nossas próprias necessidades energéticas, uma prioridade. Será que estamos felizes e realizados, temos o que precisamos, estamos vivendo em nosso maior potencial e possibilidades? Se a resposta a estas questões não for “sim”, então, Outubro nos dará as ferramentas que nos ajudarão a entrar energeticamente em equilíbrio com nós mesmos. E se estivermos colocando todos os nossos esforços no sentido de assegurarmos a felicidade, o potencial, o sucesso e a alegria de todos, receberemos o que precisamos para fazer com que a nossa energia flua em equilíbrio, para que tenhamos o equilíbrio em nosso dar e receber.

O equilíbrio e a congruência são necessários para que acessemos todos os nossos recursos energéticos. Drenos de energia, como distrações, obrigações, compromissos e darmos mais do que recebemos, ou a ação adiada porque temos medo, estamos confusos ou queremos que as coisas sejam certas ou perfeitas, tudo nos impede de acessarmos o pleno uso de nosso poder e cria um estado desequilibrado. Assim também o julgamento próprio e a crítica, a preocupação com o futuro ou o pesar pelo passado.

Há poder na transformação, e isto irá nos levar às novas realidades que estivemos querendo. E há poder com a transformação, mas é preciso que estejamos dispostos a fazer o trabalho interno que a transformação requer. Não podemos integrar a energia para a qual não temos espaço – assim, parte do trabalho de transformação requer que criemos espaço para esta energia. Não temos que nos preocupar com o que existe, tudo o que estiver desequilibrado e impedindo a nossa transformação será revelado para que possamos decidir o que iremos fazer.

Outubro é um mês para a ação, mas tem que ser para o que estivermos preparados. Dizemos que queremos a mudança, mas estamos dispostos a colocar a nossa energia por trás dela? Estamos preparados para estarmos plenamente alinhados com ela e integrarmos a plenitude de nosso poder e potencial em nossas realidades? E o mais importante, estamos preparados para sairmos de nossos ciclos de cura e começarmos a viver a vida através de nossos potenciais e possibilidades da 5D? É o momento de explorarmos estas linhas do tempo e trazê-las para as nossas realidades de 3D.

Estamos preparados para integrarmos a energia da 5D agora, é o momento de começarmos. Temos todas as ferramentas para criarmos o céu na terra. Precisamos criar o equilíbrio e a congruência em nossas vidas para fazer com que isto aconteça. É o momento de trazer a luz agora, e o lar está aqui. Vamos fazer deste um mês para lembrarmos o que conseguimos e as realidades cheias de alegria que criamos. Tenha um mês maravilhoso.


Autor: Jennifer Hoffman 
Fonte: http://enlighteninglife.com/
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...