sábado, 5 de novembro de 2016

Arcanjo Metatron - "A ARTE DO VIVER CRIATIVO: ACREDITE OU NÃO! - PARTE 1" - Novembro / 2016



Saudações, Mestres! Eu sou Metatron, Senhor da Luz, com Tyberonn do Serviço Cristalino, e nós saudamos cada um de vocês individualmente, cordialmente, num vetor de amor incondicional. 

Já foi dito muitas vezes que os seres humanos aprendem a trabalhar, mas não a viver. E na Nova Terra de 2016 em diante, é essencial aprender a viver, e viver abundantemente. A vida não foi feita para ser uma existência mundana de trabalho mundano, na qual “nós trabalhamos e depois morremos”. Na verdade, a vida é uma dádiva preciosa. E viver é a oportunidade de aprender a “Arte” de manifestar uma vida alegre e abundante. Porém, aprender o equilíbrio da arte da vida requer esforços, pois vocês estão aqui para aprender a criar com responsabilidade… e criar com alegria. 

Muito tem sido escrito sobre a “Lei da Atração”. Vamos falar sobre este tema aqui, mas separando a Lei da Atração da Lei da Lei da Criação Consciente. De fato, existe uma grande necessidade de se entender a diferença. 

Uma verdade essencial da Lei da Atração se aplica ao pensamento. Assim, é fundamental entender que cada pensamento possui uma frequência magnética. Essa “frequência-pensamento” ressonante atrai pensamentos semelhantes, de Vibração parecida. Quanto mais energia, atenção e foco você oferece a um pensamento específico, mais poderoso ele se torna. Se você tem um medo ou preocupação e se fixa nele, pode ocorrer o efeito bola de neve, isto é, cada pensamento de medo e/ou preocupação atrai mais outro. Da mesma forma, se você pensa positivamente, com alegria, estes pensamentos realmente atraem vibrações benéficas para você. Pensamentos evocam sentimentos de natureza semelhante, pensamentos atraem pensamentos semelhantes. Assim, sua energia etérica e seu campo áurico vão vibrar de acordo com seus pensamentos. 

Você atrai para si aquilo que teme e aquilo que ama. Portanto, deve ser um guardião zeloso do seu pensamento, discernindo e controlando onde coloca seu foco. 
     
Esta é a Lei da Atração. Mas não é o produto final que possibilita a criação consciente. Você está aqui para aprender a criar conscientemente, mas há muito mais do que isto no processo. 

Então, vamos conversar sobre como a Lei da Atração funciona e por que ela às vezes não funciona, pois é importante entender que existe uma diferença entre atração inconsciente e atração consciente. Existem exceções, por assim dizer, ao “peça e lhe será dado”. É preciso que haja primeiro a crença seguida pela ação. 

Você é um Ser Multidimensional. Na verdade, você atua Cósmica e Terrenamente em muitos formatos diferentes da realidade, dentro do eterno “Agora”. Todas as suas “vidas” não só acontecem simultaneamente, mas também existe uma comunicação subconsciente constante entre seus multi-eus. Cada vida é encasulada em um holograma da Omni-Terra. Cada holograma compacto é uma dinâmica de realidades escolhidas entre probabilidades infinitas. E assim, cada “vida” afeta a outra, e isto é um aspecto da Lei da Atração que será recapitulado nesta conversa.  

A LEI DA ATRAÇÃO E A CRIAÇÃO CONSCIENTE

Querido, você cria a sua realidade. Ponto final. Não existe nenhuma outra regra. Você está aqui na Universidade da Dualidade, para aprender a criar de forma responsável. Existem vários textos que falam sobre como os seres humanos criam a perspectiva de suas realidades. Mas lhe oferecemos esta ressalva: não é o pensamento que, por si só, é perfeitamente criativo, mas sim a CRENÇA… a crença, expressa em pensamento através da mente “clara” consciente, seguida pela ação. 

Sejamos claros, existe uma ciência muito verdadeira por trás da Lei da Atração, e essa ciência é a Lei da Crença. A Lei da Crença governa o que você cria em sua vida. Dentro da Lei da Crença estão os adendos das “configurações” da vida que você planeja e contrata para seu próprio crescimento. Na verdade, as lições que você mesmo providencia são cumpridas pelo confronto e esforço disciplinado.

Portanto, é essencial compreender plenamente que você nunca está à mercê dos acontecimentos, que não está irremediavelmente destinado a enfrentar o inexplicável como um navio perdido no mar. Mestre, nem eventos psicológicos, nem eventos físicos têm controle sobre você. 

Quando o ser humano compreender totalmente a imensa capacidade do seu cérebro para armazenar uma diversidade de crenças conclusivas associadas às suas experiências, verá que possui uma gama infinita de escolhas. Mas aquele que está preso a velhos padrões e crenças limitadoras, fica atolado num ciclo repetitivo de respostas predeterminadas, incluindo a propensão a bloquear novas soluções através da recusa a pensar melhor. Neste caso, se não aprender com erros passados, a pessoa se autocondena a repeti-los. Na verdade, ela repetirá o ciclo até aprender como funciona o processo de alcançar a Mente Divina. Isto é válido para todos os seres humanos.

Você deve se desafiar para se libertar. 

TRÊS LEIS

Existem três processos governados separadamente pela Lei da Atração. Os três possuem critérios ligeiramente diferentes para realização. Vamos definir o aspecto básico de cada Lei:

· Lei da Atração – Os pensamentos têm uma frequência que atrai frequências semelhantes. 

· Lei da Crença – Saber além de qualquer dúvida. Você só consegue manifestar aquilo que acredita ser possível. 

· Lei da Criação Consciente – A capacidade consciente de manifestar, de forma focalizada, objetivos e acontecimentos através da mente multidimensional na Mer-Ka-Na.

CONFIGURAÇÕES DO CONTRATO DA ALMA

Então, mais uma vez enfatizamos que suas crenças projetadas é que formam sua realidade individual e coletiva. Como já discutimos nas mensagens anteriores sobre este tema, existem situações planejadas pelo seu Eu Superior, o aspecto da Mente Divina em você, que podem ser chamadas de “configurações” ou contratos de alma, que você mesmo escolheu como lições de crescimento para ajudá-lo a alcançar uma sabedoria maior. Com isto em mente, acrescentamos que o que se conhece por “carma” não é uma dívida de um para com outro, no sentido mais elevado. Pelo contrário, é sempre relacionado com o Eu, com a busca do equilíbrio do Eu Divino. 



Afirmamos, inclusive, que se você tiver um objetivo na terceira dimensão que esteja em conflito com seu Eu Superior, ele não se manifestará, a não ser que seja escolhido como lição de crescimento. Por exemplo, se uma pessoa deseja riqueza, mas existe grande probabilidade desta riqueza ser mal utilizada, seu Eu Superior pode rejeitar este desejo, impedindo-o de se manifestar. Em alguns casos, seres humanos, que têm todas as suas “necessidades” materiais satisfeitas, são menos motivados a buscar expansão. 

Meu querido, quando se encontrar no âmbito de qualquer experiência que lhe seja desconfortável ou que não seja do seu gosto, deve compreender que VOCÊ criou essa aparente complicação. Segundo este axioma, dentro da dualidade de fato existem situações no tempo linear que você deve enfrentar. Quer o aceite ou não, toda circunstância e toda ação resultante, por mais terríveis que sejam, são criações absolutamente suas.

Se, por exemplo, numa circunstância extrema, é realmente cometido um crime e um indivíduo é devidamente condenado à prisão, essas condições serão enfrentadas e vivenciadas. Na maioria das situações de dualidade, o prisioneiro condenado não pode simplesmente desejar que os resultados das suas ações desapareçam num passe de mágica. Pelo contrário, ele deve enfrentar a dualidade que ele mesmo criou no tempo linear.

Na terceira dimensão, existem Leis de Causa e Efeito que se impõem. Responsabilidade, não só por suas ações, mas também por suas crenças, é fundamental no processo de crescimento neste planeta de aprendizado. É essencial possuir ambas. Mas ao enfrentá-las, você pode mudar a paisagem à sua volta.

Querido Ser Humano, entenda que sempre que tenta evitar a responsabilidade por suas ações, você geralmente procura passar essa responsabilidade, essa “culpa”, para outro indivíduo, grupo ou causa. Mas nesse processo de transferência de culpa, você inconscientemente entrega seu poder e se desfaz da propriedade que lhe permite “recriar”.

Como já explicamos anteriormente, a dificuldade que a maioria das pessoas tem de aceitar a responsabilidade pelo seu próprio comportamento está no desejo de evitar a dor e a culpa das consequências das ações que dele resultam. Ninguém gosta de admitir seus erros. 

Mas em circunstâncias menos óbvias de falta de abundância e relacionamentos indesejáveis, você deve não só mudar a natureza dos seus pensamentos conscientes, mas também a crença nessas próprias expectativas… e agir de acordo com essas crenças.

PROGRAMAÇÃO INCONSCIENTE

Você cria sua própria realidade a partir do que escolhe acreditar a respeito de si mesmo e do mundo à sua volta. Ponto final. Se não escolher deliberada e conscientemente suas próprias crenças, você será programado inconscientemente. Sem perceber, absorverá as programações da sua cultura, educação escolar e ambiente de terceira dimensão. Se for responsável por suas ações, como poderá NÃO questionar suas crenças? O modo que você define a si mesmo e o mundo ao seu redor forma sua crença que, por sua vez, forma sua realidade. Só quando compreender plenamente que suas crenças formam sua realidade é que você deixará de ser prisioneiro dos eventos que vivencia. 

Você simplesmente precisa aprender os mecanismos e métodos. Somente quando acreditar e programar sua crença para anular e substituir as crenças errôneas anteriores, é que o campo integral da função de três passos (admitir, mudar, agir) se completará. Neste processo, os pensamentos devem se harmonizar com as crenças e serem seguidos pela AÇÃO!

Então vamos dedicar o restante deste artigo à criação consciente, tendo em mente que você está adiantado no caminho de crescimento a fim de criar conscientemente

VOCÊ NÃO ESTÁ À MERCÊ DAS CIRCUNSTÂNCIAS

Você NÃO está à mercê das suas circunstâncias, mas, curiosamente, esta crença é o motivo de você pensar erroneamente que está. Dedique um instante para refletir sobre isto. Esta é a Lei da Crença

Se acreditar que as circunstâncias o mantêm preso, então elas o mantêm e manterão, até que você mude essa crença básica. Você é um criador aprendendo a cocriar. Você está aqui para aprender que pode criar e realmente cria. Uma das razões fundamentais para se estar na Terra de dualidade é aprender a criar com responsabilidade e conscientemente. O mestre deste princípio geralmente é o Dr. Causa e Efeito, e este médico faz atendimentos domiciliares!

Você planta o que colhe e, por mais desconfortável que seja, a colheita indesejada é o próprio meio que você tem para refletir sobre o que o levou a isso. Para escapar das circunstâncias que são causados por seus aspectos psicológicos, é necessário esforço disciplinado consciente, a fim de que a mudança ocorra.

A chave, mais uma vez, é a sua crença. Pouca diferença faz se você acredita que sua vida atual é causada por incidentes da sua tenra infância ou por vidas passadas sobre as quais você pensa igualmente que não tem nenhum controle. Seus eventos, suas vidas, suas experiências são causados por suas crenças atuais. Mude as crenças atuais e sua vida mudará, não apenas no presente, mas no passado e no futuro também. Este é o poder criativo da crença.

Mestre, seja qual for seu nível de Coeficiente de Luz, quer você esteja criando inconscientemente ou manifestando conscientemente, você não pode escapar das suas crenças. Elas são as enzimas através das quais você cria suas experiências.

Eu sou Metatron com Tyberonn do Serviço Cristalino… e nós compartilhamos com você estas Verdades. Você É Amado. 

E assim é… E é Assim…


PARA SEGUNDA PARTE CLIQUE AQUI.

Canal: James Tyberonn 
Fonte: www.Earth-Keeper.com
Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com
Veja mais Arcanjo Metatron Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...