quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Jennifer Hoffman - "Dê o presente da Luz" - 22.11.2016



É a semana de Ação de Graças nos Estados Unidos, quando nos reunimos com a família e os amigos, comemos muitos alimentos e agradecemos pelo que temos. É também o início da temporada de compras do Natal, quando nos concentramos em comprar presentes que deixarão os outros felizes. Se você tirar o foco das vendas deste período, é um momento de gratidão, de partilha, de carinho e amor. E é também o final deste ano, algo pelo qual todos estamos ansiosos, mas este tem sido outro ano difícil. Mas eu acredito que 2017 será muito mais fácil, mais gratificante, com mais oportunidades para a alegria, e menos foco na cura, na liberação e na limpeza. Mais sobre isto nas previsões de 2017, que serão publicadas como sempre em 31 de Dezembro.

Para esta semana, temos muita atividade energética que novamente envolve todos os planetas. Primeiro, temos Mercúrio, Vênus e Marte em conjunção com Netuno/Nodo. Agora estamos avançando para Júpiter, Saturno e Plutão. Então, há uma quadratura de Júpiter/Plutão, uma configuração bastante tensa que deve nos impulsionar para o modo de transformação pesada. Na melhor das hipóteses, é um impasse entre o dogma religioso e a consciência iluminada, a soberania energética pessoal versus o status quo. Como isto se revelará? Teremos que ver, mas temos o controle sobre o processo quando nos lembramos de que a nossa luz é um presente para o mundo e precisamos estar brilhando intensamente porque esta é a missão de nossa alma. Prontos para outra semana cheia de energia? Ela está aqui e a mensagem desta semana é uma canalização do Arcanjo Uriel que fala sobre a nossa luz como um presente que devemos dar de forma incondicional.

Sua luz é um presente para o mundo, um lembrete da divindade e da conexão que é uma parte de toda a humanidade, reconhecida ou não. Mas é um presente que deve ser dado de forma gratuita, incondicional e sem qualquer expectativa de agradecimento ou ação, porque a luz pode apenas ser dada como uma dádiva por aqueles que têm a luz a dar e a compartilhar. A luz não é dada para iluminar a escuridão, ela é compartilhada, de modo que aqueles que precisem dela possam iluminar o seu caminho. Você não dá a luz para tragar a escuridão, você dá a luz para espalhar a luz. Este é o seu presente para a Fonte como faróis de luz, é também o seu presente para a humanidade como parte de sua missão da ascensão.

Aqueles que sabem que eles estão na Terra para dar e compartilhar a luz, completaram muitos ciclos de ascensão e dar a luz é um dos presentes que eles trazem para o processo. Assim como um carpinteiro traz um martelo e as ferramentas para o local de trabalho, os faróis de luz trazem a sua luz para participar da ascensão. Mas não é para que a escuridão não vença, a luz é para ser usada pela humanidade quando ela estiver preparada para escolher entre a densidade e a divindade, entre a escuridão e a luz. Sem a presença da luz, não poderia haver a escolha da luz e aqueles que dão o presente da luz são a fonte de luz para a ascensão.

A luz é um presente para a humanidade, a fonte de uma nova escolha e um novo potencial para o indivíduo e o coletivo. Não é necessário que a luz seja reconhecida ou aceita, mas que seja uma presença. Quando o presente da luz é dado com condições, que é aceita, reconhecida, que outros são gratos por ela, e que eles a aceitam com gratidão e reconhecimento, ela não é mais um presente e não é mais a verdadeira luz. Você não dá a luz para que ela possa ser integrada e usada; você dá a luz porque esta é a missão de sua alma.

Através de vidas de presença na Terra você deu o presente da luz somente para vê-la rejeitada, negada e ignorada. Isto pode lhe causar grande dor porque você não entende a ligação entre a luz e o presente.  É o seu presente à humanidade, de modo que quando ela estiver preparada para a luz, esta esteja disponível para ela. Mas até este momento, a luz deve ser dada e compartilhada voluntariamente, intencionalmente e sem expectativas. É um presente, não um imperativo. É o seu presente que cumpre a sua missão de alma como um Farol de Luz, mas a sua missão de luz não inclui assegurar que a luz seja aceita, usada ou mesmo reconhecida. Você cria grande sofrimento para si mesmo quando acredita que a sua missão de luz é completada quando a luz é aceita e integrada. Sua missão é concluída quando você dá o presente da luz, e faz isto de forma incondicional.

Dê o presente da luz com alegria e amor. Como alguém que pode dar esta dádiva, você é uma fonte de amor e de alegria para o mundo e para a humanidade. Seu presente torna possível a ascensão, seu sacrifício em ser um Farol de Luz é um reconhecimento de seu amor pela Humanidade e da Fonte. Seu espírito guerreiro lhe permitiu trazer este presente para a humanidade por inúmeras vidas porque quando for o momento de receber a luz, ela deve estar presente e deve ser uma presença entre as escolhas disponíveis para a luz ou a densidade, o amor ou o medo, a polaridade ou a dualidade, o humano ou o divino.

Compartilhe o presente de sua luz de forma incondicional e isto conclui a missão de sua alma como um portador da luz. Então, você poderá estar em paz e saber que cumpriu o seu propósito na vida e poderá também participar da luz e da alegria que você compartilha com o mundo. Esteja na alegria, pois isto expande a luz e o presente da luz que você tem que dar à humanidade.


Autor: Jennifer Hoffman 
Fonte: http://enlighteninglife.com/
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...