domingo, 6 de novembro de 2016

Jesus - "Permita que sua sabedoria, sua consciência de Deus despertá-lo na Realidade" - 03.11.2016


Simulação de imagem a partir do original "Santo Sudário." 
É assim que eu, Gabriel RL, o vejo.

Aqui nos reinos não físicos,  assistimos com alegria como processo de despertar da humanidade continua a se desdobrar, exatamente, como divinamente planejado. Lembrem-se que todos participaram nesse planejamento. E como não poderiam, sendo, como são, eternamente, UM com a Fonte?

E, na medida em que continuam a lembrar de que são  unicamente UM. Cada um de vocês! Encarnados como seres humanos, mas que, definitivamente, parece não ser o caso, embora, como seres humanos, efetivamente, são UM, sonhando em muitos e diferentes cenários. Mesmo que pareça que estejam compartilhando um cenário - uma experiência de sonho - com  outros, cada indivíduo tem experiências humanas em seu próprio e absolutamente único caminho.

Como só cada um de vocês pode experimentar suas experiências e não podem experimentar as experiências de outros, essas experiências reforçam a sensação de separação, que continuam a serem os objetivos do ambiente que construíram coletivamente.

São todos eternamente vivos e muito bem incluídos no Estado eterno da Unidade de Deus e sempre capazes de experimentar a individualidade da mesma forma que nós, aqui nos reinos espirituais – em que, é claro, estamos aqui com vocês,  no AGORA  - fazendo, enquanto falamos com vocês, por meio de uma identidade como "Jesus" ou "Saul" ou a "Mãe Divina".

Identidades individuais são status úteis que oferecem ideias significativas e criativas do potencial ilimitado que é a Fonte, Amor, Tudo Que Existe. Unicidade e individualidade coexistem, o que para os seres humanos parece ser um paradoxo incompreensível.

Não tentem compreender, apenas aceitem e, nessa permissão, irão encontrar alegria e paz, em oposição à confusão de suas experiências mentais, quando tentam entender. Lembrem-se de que, a mente humana é, por projeto e intenção, severamente limitada. Confiem em suas intuições - aspectos de si mesmos que são capazes de, muito facilmente, contornar o status de limitação humana – permitindo-lhes orientá-los.

Basicamente, são suas ligações aos reinos não físicos, a Realidade. É Eu "Superior" de cada um, o verdadeiro Você, o Espírito Santo, Deus, falando com você em termos ou expressões que fazem sentido e são válidas em seus estados presentemente limitados de consciência. Como, muitas vezes falamos e, lembramos mais uma vez, nunca estão sozinhos! Ficar sozinho é impossível! Ficar sozinho significaria estar separado, um estado de "inexistência" que não pode existir, porque apenas o UM existe.

Despertar do sonho é o propósito de todos. Optaram por experimentar a separação num ambiente irreal, um lugar que inventaram para encenar e, rapidamente, se perderam e esqueceram que era irreal. Algo como, quando as crianças pequenas inventam amigos imaginários ou monstros e tornam-se aficionados a brincar com eles em seus dramas irreais, perdendo o contato com seu ambiente humano - os adultos, muitas vezes, lhes dizem para parar de devaneio e virem almoçar! Então, logo em seguida, elas despertam porque terá sorvete de sobremesa!

Quando a humanidade acordar, a sobremesa será muito mais maravilhosa do que qualquer sorvete!

Estão em processo de despertar e esse processo não pode ser impedido e nem levado a um impasse. A humanidade coletivamente optou por despertar e esse momento é aquele em que o despertar irá se manifestar. Suas tarefas, como aqueles que sabem que está para acontecer é, apenas, manter a intenção de que assim será, ao mesmo tempo manter a única intenção de ser amoroso, sejam quais forem as situações que surgirem, porque é isso que está trazendo o florescimento do Despertar.

Há milhares de anos, optaram por experimentar a separação e, assim, adentraram nesse ambiente irreal. Continuando com a analogia de crianças pequenas: "Agora estão sendo chamados para o almoço!" E o que almoço será!

Então relaxem... Permitam que suas sabedorias, suas consciências de Deus os despertem na Realidade. Isso é tudo o que precisam fazer - permitir. A Unidade que é Deus, que é a Fonte, que é VOCÊ, optou por despertar. O coletivo humano, todos os que já viveram vidas humanas e todos aqueles presentemente encarnados, tomaram a decisão coletiva de Despertar.

Essa escolha, essa decisão nunca esteve em duvida, porque foi feita no instante em que adormeceram na ilusão e a construíram em todos seus detalhes, um dos quais foi o tempo. Parece que eras se passaram desde o "Big Bang", o momento em que o Universo do qual estão humanamente conscientes veio existir, mas que, realmente, foi apenas num breve momento atrás. Quando acordarem,  verão que será algo imediatamente aparente como perceberão, que nunca  deixaram  suas divinas  casas, UM com Deus.


O tempo é um flagelo quando sofrendo ou com dor, parecendo interminável, embora, também seja um flagelo quando estão na alegria, porque parece durar apenas um momento. Um ambiente insano que construíram para experimentar o impossível - a separação da Divina Fonte - enquanto sofriam por terem escolhido  acreditar que era  verdade, contendo e a limitá-los.

Entretanto, a escolha de acreditar que fosse real não precisaria ser mantida, pois poderiam mudar de ideia a qualquer momento que escolhessem. No entanto, contidos em suas formas humanas, essa crença na realidade do mundo físico em que vivem encarnados, estava firmemente enraizada.

O processo de despertar é uma crescente percepção de que o que veem, sentem, compreendem e, geralmente, experimentam como seres humanos, seja apenas um aspecto infinitesimal do potencial criativo das mentes limitadas em que estão envoltos ao longo de eras. Sim, suas mentes humanas severamente limitadas têm um enorme potencial criativo. No entanto, optaram por esconder esse potencial de si próprios, por trás de ferozes e limitantes  crenças! 

Deixem de lado essas crenças, pois são como finos véus, soprando suavemente, com a brisa a esconder a realidade de vocês, embora, permitindo breves vislumbres quando as rajadas de vento ocorrem. Rajadas que asseguram que não estão completamente envoltos na ignorância que seus corpos humanos lhes impõem.

Estão longe, muito mais do que seus corpos humanos e, esses vislumbres muito além das limitações que ocasionalmente aparecem, permitem que se sintam divinamente despertados. Na verdade, simplesmente podem soprar esses véus à distância e despertar, mas, por se tornarem tão acostumados com as limitações impostas, assustaram-se ao pensarem que existe muito, muito mais da realidade de que tinham conhecimento,  mais  do que  poderiam estarem envolvidos e apreciado. E, então, se sentem indignos, talvez até envergonhados diante de suas inconsciências, suas ignorâncias.

Então, desenvolveram uma mentalidade que sugeriu que olhar para além do véu, para tentarem ver e experimentar as maravilhas além dele era pecaminoso, que fazê-lo tornaria Deus irado e julgá-los indignos, até mesmo condená-lo ao sofrimento eterno no inferno.

Em seus temores, precisavam de um medo ainda maior para mantê-los fechados num estado que pudesse desencorajar mais fortemente qualquer desejo de olharem para além dos limites que estavam a restringi-los de conhecer  Deus, a Divina Fonte, da qual nunca estiveram e nunca poderiam estar separados.

E esse desejo  de conhecer Deus sempre esteve com vocês, como uma indicação de suas verdadeiras naturezas, um lembrete de que existe uma Realidade divina, um Céu, em que cada um de vocês são aspectos essenciais e inseparáveis. Todavia,  em seus temores, convenceram-se  que era um desejo indigno e que a tentativa de satisfazê-lo era pecaminoso.

A boa vontade de Deus para com vocês é eterna e uma ininterrupta bem-aventurança, mas, por causa da intensidade da irrealidade que conseguiram construir com o propósito de experimentar a separação, logo se convenceram de que nem a Deus, a Fonte, era irreal, ou que seriam total e completamente indignos de tentarem se aproximarem d’Ele e, muito menos imaginar ser UM com Ele.

Agora, essas rajadas de vento estão ficando mais fortes e cada vez mais de vocês recebendo lampejos da Realidade e falando uns com os outros sobre isso, em vez de temerem e negar esses vislumbres, sob a crença de que estejam se tornando insanos, ou pecando por vivê-los.

A ilusão é insana, vocês  não! É por isso que estão despertando. Permanecer adormecido é que é insano e, nenhum de vocês é louco. Como poderiam, como seres divinos que são seriam insanos? Pensar ou imaginar que são loucos?

Na medida em que cresceram na consciência da verdade de que só existe Deus, a Realidade, se tornaram cada vez mais conscientes da insanidade do ambiente em que desperdiçaram tantas vidas humanas e, essa consciência ajuda vocês a ver aqueles que ainda estão profundamente adormecidos com compaixão e Amor.

Esta percepção torna muito mais fácil para vocês deixarem ir todos julgamentos, porque agora  sabem  que tudo,  de fato,  está bem, de que não há nada  a  temer  e que  estão  despertando. O que poderia ser mais edificante ou inspirador do que  saber  disso?

Seu amoroso irmão, 

Jesus.


Canal: John Smallman
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Jesus Aqui


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...