quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Mãe Maria - "A possibilidade de se transcender aos apelos materiais" - 31.10.2016



Que as bênçãos do Amor tragam paz aos seus corpos, mentes e corações.

De tudo que vos aflige na fisicalidade, há algo que supera as expectativas humanas, que é a possibilidade de se transcender aos apelos materiais, a partir da própria experiência na matéria.

Eu vos digo sobre a superação de todos os apegos que os sustentam em um ambiente denso: as expectativas quanto a determinados comportamentos de seus membros familiares; o querer material além do necessário à vida; o próprio esquecimento quanto à transitoriedade da vida física; o “não abrir mão” do que se tem em busca daquilo que o liberta à felicidade; o abandono de tudo aquilo que vos restringe ao crescimento espiritual e; os apegos que fecham o coração ao Amor.

Gostaria de dizer do medo de se libertar daquilo que os conduziu onde estão, que passa a ser visto, não como um instrumento do caminhar, mas sim, como algo que integra a própria vida.

Quantos de vocês, Meus Filhos, não se libertam ao seu próprio desenvolvimento, por se apegarem a algo ou alguém. Por entenderem que isso se tornou parte da própria vida, que se tornou aquilo que são, ao ponto de não enxergarem suas vidas sem esse algo, sem esse “acessório” que os acompanha.
Mas quão libertadora é a vida a partir do necessário à própria essência, a partir daquilo que se guarda no coração. Quão simples é o caminhar à Luz, liberto e entregue em confiança a Deus. Pois, Meus Amados, vocês são aqueles que se propuseram a se desamarrar de tudo em encontro à sua própria vida, ao Amor que arde em seus corações.

Quantos, nesse mundo, passam a vida a lutar para manter o transitório, não percebendo que a própria vida na matéria é uma passagem, e que não há nada eterno no reino da matéria. Nada que seja eterno, além da própria alma que não se “prenderá” a nada nesse mundo, pois, mais cedo ou mais tarde, todos serão conduzidos aos Reinos Celestiais do Amor incondicional.

Se olhassem a vida a partir de sua brevidade, veriam o quão desnecessário é o apego aos seus relacionamentos amorosos, aos seus bens, a sua vida profissional e, até mesmo, aos seus parentes biológicos. Esses apegos subvertem a Irmandade Universal do Amor de Deus, que provê, a todos seus filhos o necessário ao seu desenvolvimento.

O apego material é o grande retentor do desenvolvimento espiritual e da sutilização da consciência. Mas na brevidade da vida física, não há nada que poderá os afastar do fim da experiência, do retorno à imortalidade, onde todos os apegos se mostrarão como a ilusão que são.

E nesse caminho, o da libertação, vocês estarão a acelerar o retorno à maestria, à volta de sua consciência a tudo que podem representar, estando livres a usufruir de tudo que a Criação oferece aos abnegados filhos que, em seu desprendimento, encontram a si mesmos em retorno ao Amor de Deus.

Eu vos abençoo, acolhendo a todos em meu Manto de Proteção com todo meu Amor, porque sou Maria, sua Mãe.


Canal: Thiago Strapasson
Revisão de texto: Angelica T. Tosta e Solange Yabushita
Veja mais mensagens de Mãe Maria Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...