sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Natalia Alba - "As Energias de Novembro de 2016" - 29.10.2016



Meus amados,

Terminamos outubro e começamos este mês de novembro com uma intensa Lua Nova nas águas profundas de Escorpião, em 30 de outubro. Escorpião navega através de nossos domínios interiores, abrindo acessos para todos os nossos sentimentos/aspectos ocultos que precisamos trazer à luz e acolher com uma compreensão mais elevada – em vez de utilizar a perspectiva crítica da nossa mente inferior. É uma Lua Nova mágica, intuitiva e apaixonada, principalmente com o Sol, Lua e Mercúrio em Escorpião também. Um momento para novos encontros de alma e um momento igualmente para interiorizar-nos e receber novas revelações, à medida que também reservamos tempo para fazer a necessária autocura e purificação antes de acessar uma nova etapa.

No lado oposto, temos no período da Lua Nova, uma quadratura entre Urano e Marte e Marte e Plutão. Isso será sentido fortemente no coletivo, visto que vai propiciar enormes toques de despertar. Para as almas ascendentes, tudo isso é desafiador em um momento em que estamos também nos aproximando do fim do ano – também em um ciclo de ano universal 9 – significa deixar para trás totalmente os remanescentes do velho, visto que mesmo que não seja sempre fácil estar continuamente acessando o desconhecido, temos que nos lembrar de que no meio de todos os desafios e caos, que é apenas a nossa percepção humana de como o Universo se transforma e torna tudo novo, novas realidades, novas experiências de vida estão sendo criadas e todas elas serão exatamente o que necessitamos vivenciar para a jornada de integração de nossa alma.

Escorpião traz o inconsciente para a luz a fim de que possamos desfazer as ilusões que ainda permanecem internamente. Portanto, neste momento, podemos encontrar determinados padrões surgindo novamente para que sintetizemos plenamente o que o nosso eu humano ainda se nega a acolher como igual. Durante este mês, as energias de Escorpião vão nos ajudar a renascer em um ciclo completamente novo de cocriação consciente e expansão, mas para que isso ocorra, primeiramente devemos confrontar as nossa sombras – como parte de quem somos como humanos – quanto mais rejeitamos nossa sombra e ocultamos os aspectos com que podemos não entrar em ressonância, mais estaremos repetindo as mesmas antigas situações, até que não julguemos mais os nossos aspectos que consideramos inferiores ou que simplesmente não valem a pena olhar.

Como Sementes da Nova Terra, nosso principal objetivo não é julgar e fragmentar, mas honrar cada aspecto, cada situação e encontro, conforme cada coisa e cada alma estiver nos mostrando o que precisamos para nos lembrar da unicidade, compaixão e verdade de que nós todos somos unidos pela mesma centelha divina, além de nossa ilusão humana de separação e individualidade.

Novembro também sustenta uma frequência de sinergia, cooperação e integração. Na numerologia, é um número universal 2, um número que representa duas polaridades opostas – ou essências diferentes – fundindo-se como Uma, que é o que vamos vivenciar durante este intenso mês escorpiônico. O feminino e a vibração harmoniosa do número 2 são bem representados no tarô pela Sacerdotisa, sentada entre a luz e a escuridão – representada por dois pilares do templo de Salomão – como uma passagem para outras realidades e conhecimento mais elevado.

A Sacerdotisa – mesmo que pareça permanecer estática – está a cada momento caminhando entre mundos diferentes em perfeito equilíbrio, como a cruz solar em seu peito nos faz recordar, criando novas realidades no Amor Divino, na cocriação consciente, porque ela já integrou a sombra e a luz em seu interior e acolhe ambas como iguais, sem julgamento, sem repudiar, porque ela ama a todos os aspectos que estão dentro de si mesma, visto que se lembra de que tudo é divino por natureza. Como uma deusa sábia que ela é, que detém internamente todo o conhecimento da alma/cósmico de que necessita, ela sabe que, quando precisa de direção, é apenas ao olhar para dentro que pode ver a verdade acerca da situação, que é o que estamos sendo convidados a fazer neste momento de renascimento e purificação.

Em nível cósmico, começamos novembro com Marte entrando em Aquário, em 9 de novembro. O guerreiro, Marte, estará em Aquário até 19 de dezembro. O ígneo Marte em Capricórnio teve a ver com agir e construir no plano físico, mas foi tudo auto-orientado mais do que trabalhar em harmonia com o Todo. Com Marte, agora em Aquário, temos a oportunidade de dirigir essa impetuosidade para estar a serviço de todos, em vez de apenas concentrar-nos no eu. Lembrem-se, nosso eu humano cria a ilusão da separação, mas quando agimos, cada simples coisa que fazemos ou dizemos tem valor e afeta a Todos, porque estamos sempre unidos nesta rede interminável de amor e luz que nos criou. Com Marte em Aquário, temos o dom de agir para o bem mais elevado de Todos, agindo conscientemente, lembrando-nos de que o que criamos, serve e toca o Todo.

Em 11 de novembro, Vênus, o planeta da abundância e do amor, entrará no signo de terra, Capricórnio. Este mês não poderia ser o melhor momento para se criar abundância, que é simplesmente uma frequência que sustentamos internamente, outra forma de amor, de modo que possamos estabelecer bases fortes em nossas vidas com Vênus transitando nesse signo. É também um momento de cura e autorretrospecção, com as energias escorpiônicas, para equilibrar ambos e começar a expandir-nos para novos relacionamentos, manifestando não apenas abundância física, mas também novos companheiros de alma que caminharão conosco, enquanto continuamos descobrindo novos horizontes. Como sempre, é lei que devemos acolher, apenas para liberar depois, de modo que os outros possam entrar e nos oferecer novas experiências de vida e a oportunidade para cocriarmos com eles igualmente.

A Lua Cheia a 22 graus de Touro, em 14 de novembro, que vai ser a segunda das três super luas, é abundante, o que nos ajudará a nos conectar com a energia feminina da Mãe Terra – a que nos nutre e sustenta em nosso plano terreno – ajudando-nos a dar luz aos nossos desejos internos. Touro nos dá a oportunidade de ancorar plenamente tudo o que vimos integrando ultimamente, e os desejos de nossos corações em nossas vidas e tudo o que gostaríamos de alcançar de uma maneira mais tangível, lembrando-nos de que nesse momento escorpiônico que tudo tem a ver com ancorar e manifestar nossas criações internas na nossa realidade humana, como os Mestres que estamos nos tornando neste plano denso, e com Touro, vamos nos sentir ancorados e com a força que nos permitirá manifestar todas as nossas criações internas e os objetivos.


Em 19 de novembro, Netuno, o planeta da ilusão e da intuição – aquele que transcende o que é tangível e tem a habilidade de mergulhar profundamente em nosso subconsciente, e que está ainda para ser descoberto em nossos domínios interiores, segue em movimento direto novamente para o signo de água, Peixes. Como tudo neste universo, Netuno, na própria busca por meio dessa espiral evolutiva, também possui os dois lados. Em seu lado escuro, Netuno prefere viver sob os véus da ilusão do que lidar com a realidade – caindo até mesmo em qualquer espécie de vícios para cobrir a verdade. Em seu lado luminoso, Netuno traz fé, compaixão e nos ajuda a aprimorar a nossa intuição e conexão com o nosso Eu Superior e os Reinos Superiores.

Quando Netuno esteve retrógrado, tivemos tempo de visitar esses reinos inconscientes, superar velhos paradigmas e pensamentos ilusórios humanos. Agora que está em curso direto outra vez, estamos preparados para nos expandir neste conhecimento divino que encontramos em nossa alma, em vez de nos perder em velhas ilusões, que nos impediram de criar conscientemente a partir de uma lugar de clareza.

O asteroide e curador cósmico, Quíron, também vai passar ao movimento direto em Peixes, no próximo mês. Essa será outra dádiva cósmica para que continuemos a curar antigas feridas – principalmente em nossos relacionamentos – e nos conscientizarmos dos sentimentos que ainda estão nos causando sofrimento e que devem ser liberados, para que possamos avançar e começar de novo, sem ressentimento do passado e daqueles que deixamos para trás. Cada encontro de alma – quer o rotulemos como bom, quer mau – nos ensina algo. Não existe bom ou mau, apenas almas divinas ajudando-se mutuamente a se lembrarem novamente da sua verdadeira natureza, à medida que ascendemos através dessa espiral evolutiva sem fim.

Ambas as forças cósmicas nos convidam a nos tornarmos nossos próprios curadores. Neste caminho de automestria e de integração da alma, sempre encontraremos muitos desafios em nossa jornada evolutiva, mas já estamos cientes da importância de nos tornarmos nossos próprios curadores e mestres, visto que é somente por meio da compreensão de que somos divinos na essência e que podemos utilizar essa força para criar um estado mais elevado de ser e resultados, ajudando outros a perceber a própria centelha divina, em vez de confiar apenas em outras pessoas ou em coisas externas. Não é fazer isso para eles, mas lhes mostrar como fazer, o que vai capacitá-los e se tornar os seres soberanos da própria vida que realmente eles são.

Finalmente, terminamos novembro, tendo o Sol em Sagitário no dia 22, junto a Mercúrio também nesse signo, desde o dia 12 de novembro, e uma maravilhosa e revigorante Lua Nova a 7 graus de Sagitário também! Passamos de um aprofundamento em todos os assuntos e trazer à superfície o que estava oculto, para manifestar novas oportunidades em nossas vidas, com a energia suave de Sagitário que tende também a buscar além da superfície, mas, ao mesmo tempo, aproveita a sua busca e faz coisas tangíveis. Com Mercúrio em Sagitário, é um momento maravilhoso para colocar todas as visões que mantemos no plano físico, visto que vimos aqui para desfrutar   de um reino terreno – não para viver na ilusão acerca de nosso verdadeiro propósito, enquanto caminhamos neste domínio.

Sagitário gosta de explorar novos horizontes, e como o seu regente, Júpiter, também nos ajuda a nos expandirmos até mesmo mais em nossa busca com a alegria e a segurança de que tudo ficará bem e que novas bênçãos virão ao longo do caminho. Os sagitarianos são os buscadores da verdade do zodíaco, eles peregrinam em busca de mais sabedoria e respostas para as suas questões internas, não hesitam se a estrada se torna difícil, visto que sabem que encontrar a verdade valerá a pena. Sagitário está perseverando naquilo que realmente deseja, e usufrui da jornada mais do que em obter seu “destino final”, uma vez que são gratos por todas as lições aprendidas em seu caminho e sabe que é na jornada em si mesma onde a verdadeira sabedoria reside.

As energias sagitarianas finalmente vai nos dar o necessário descanso de que precisamos, após este intenso e revelador verão (hemisfério Norte, N.T.). Esta Lua Nova será perfeita para nutrir aquela parte nossa que está em puro regozijo, apenas pelo mero dom da vida em si mesma, reconectando-nos com a nossa criança interior e canalizando essa energia alegre em nosso ser e em todos os aspectos de nossas vidas físicas.

Novembro – com a sua energia transformadora – lembra-nos da importância de criar a síntese interna, antes que possamos vê-la refletida no exterior, tanto em nós mesmos quanto em nossos relacionamentos. Escorpião nos convida para mergulhar nas profundezas de nosso ser e descartar tudo o que não estiver alinhado com as novas realidades, que a nossa alma deseja de fato manifestar para nós, no novo ciclo que estamos prestes a entrar. Como sempre, nada pode vir do exterior, tudo é transformado e ou/desfeito a partir de dentro, e somente nós podemos fazer isso, nenhuma força externa, nem ninguém mais, senão o Mestre interior que está dentro.

Em um momento de contemplação interior, quando o nosso eu humano pode perceber que “nada” está acontecendo, lembrem-se, amados, novos mundo estão constantemente nascendo e se transformando nos reinos invisíveis aos olhos humanos. VOCÊS criam Universos a partir do interior, que é a mensagem cósmica deste mês, com as suas energias escorpiônicas reinando no momento. Vocês nunca são governados por consequências aleatórias externas, vocês são Criadores Divinos, Sementes de uma Nova Terra lembrando-se e redescobrindo-se constantemente da sua verdadeira natureza e potencial. Este mês e também dezembro vai nos oferecer as energias reconfortantes de que precisamos para nos restaurar, enquanto continuamos aproveitando o requinte das novas palavras que estão se configurando.

Desejo a todos vocês um novembro abençoado, repleto de muito amor, alegria e abundância, enquanto continuamos navegando através desta etapa de conclusão.

Com amor e luz, sempre,

Natalia Alba.


Autor: Natalia Alba  
Fonte: http://www.starseedsoul.com/
Facebook: Aqui
Tradução: Ivete Brito – adavai@me.com –
Veja mais Natalia Alba Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...