segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

BENJAMIN FULFORD - "AS LONGAMENTE ESPERADAS DETENÇÕES DE CABALISTAS DEVEM COMEÇAR EM BREVE" - 06.02.2017



Várias fontes confirmam que cerca de 70 mandados de prisões serão atendidos contra autoridades e políticos, em Washington DC, Virgínia e Nova York, nesta semana, pouco depois de Jeff Sessions ser confirmado como Procurador-Geral dos EUA. Entre aqueles a serem detidos, estão os senadores democratas Chuck Schumer, Richard Blumenthal e o vice-presidente de Hillary Clinton, Tim Kaine, disseram fontes do Pentágono.

Essas prisões seguirão as outras 474 detenções que ocorreram na Califórnia, na semana passada, quando uma rede de pedofilia que atendias as elites de Hollywood e da Costa Oeste foi derrubada. É interessante notar que as prisões na Califórnia, foram relatadas apenas por órgãos de notícias locais e completamente ignoradas pelas grandes redes corporativas.


O ex-presidente dos EUA, Bill Clinton, também está "cantando como um canário" e forneceu evidências que levarão à prisão de Hillary Clinton e de muitos outros, disseram fontes do Pentágono. Aqui está o que uma fonte do Pentágono tinha a dizer sobre o assunto é que "Hillary foi um brinde, quando Obama se recusou a perdoar, Bill contou tudo sobre ela e, sua acusação foi ordenada por Trump". Existem tabloides credíveis, noticiando que Hillary foi pega tentando fugir para o Bahrein, mas que desistiu de seu intento.


Também, existem relatos preliminares que informam haver sido feita uma incursão na ilha de escravos sexuais, no Caribe, de Jeffrey Epsteins e que 32 menores foram liberados e 8 traficantes presos.


Também haverá uma luta mais oculta e brutal de poder acontecendo nas agências secretas, uma vez que "a diretora-adjunta da CIA, Gina Haspel, foi escolhida para tratar da capitulação de sites negros, torturadores da cabala, cartel de drogas e o pessoal do ISIL", diz uma fonte do Pentágono.

Como frequentemente é o caso, também há intrigas de alto nível e crimes acontecendo no Vaticano. Isso tem sido amplamente divulgado pela mídia corporativa, na forma de notícias de que o Papa Francisco demitiu o Grande Mestre dos Cavaleiros de Malta, Mathew Festing, numa "disputa sobre o uso de preservativos".


Aquele que quiser dar uma olhada na lista de membros dos Cavaleiros de Malta, ela está logo abaixo.


Nela se encontra quem é quem da elite global, repleta de nomes como Rockefeller, Bush, Rothschild etc, para que possam acreditar que isso seja algo mais do que, apenas, "preservativos". 

Na verdade, de acordo com fontes do Serviço Secreto do Vaticano, o que realmente aconteceu foi que os chefes dos Cavaleiros de Malta foram apanhados "em Nova York trabalhando para assumir o sistema financeiro global sem que o Papa Francisco tivesse conhecimento  e que o Serviço Secreto do Vaticano havia descoberto esse jogo sujo".

Em outras palavras, os esforços para, novamente, criar de forma fraudulenta inúmeros trilhões de dólares em algumas das antigas famílias de linhagens foram frustrados, dizem as fontes do Vaticano.

No momento, continuam as negociações de alto nível entre a Rússia, a China e os EUA sobre o futuro do sistema financeiro, dizem as fontes. Os britânicos, alemães e israelenses também estão envolvidos, dizem elas.

Fontes envolvidas nas negociações estão dizendo que as pessoas por trás de Trump querem 50% de controle do novo sistema financeiro como um preço, para não irem atrás das famílias antigas de linhagens. Os asiáticos, agora, também insistem em 50%, enquanto os russos, por sua vez, estão pedindo 33%.

Então, quem deteria a posição de ser o mais forte neste jogo do pôquer no poder mundial? A resposta curta é que sem a Rússia a seu lado, os EUA, agora, são mais fracos do que a China. No entanto, a China, embora seja economicamente mais forte do que os EUA e a Rússia, militarmente, perderia para uma aliança EUA/Rússia. Desse modo, dá para se perceber o cenário. A Rússia agora detém o voto de Minerva e é por isso que o regime de Trump parou de demoniza-la para, em vez disso, se aproximar dela.

Com isso em mente e misturando metáforas, vamos dar uma outra olhada no tabuleiro de xadrez geopolítico mundial e ver como andam as coisas:

A primeira coisa que podemos confirmar a partir de fontes dos illuminati gnósticos e outras, é que um acordo foi alcançado para não usar armas nucleares. Em outras palavras, isso será resolvido por um híbrido: financeiro, informação, forças especiais e luta militar convencional.

Agora, vamos olhar para a posição da China. Os chineses têm sido muito bem sucedidos com a sua pacifica abordagem de ganhos mútuos e convenceram mais de 100 países, representando cerca de 80% do PIB mundial para se juntarem ao seu mundial Banco Asiático de Investimento e Infraestrutura. Também o fizeram bem, como  “Faixas de uma Estrada" (em chinês 一路 一 帯, algo que  é melhor traduzido como "uma estrada de duas mãos)”, numa gigantesca Iniciativa de infraestrutura. Eles também são a principal nação credora do mundo.

Militarmente, os chineses identificaram países em sua fronteira que não têm alianças militares com a Rússia ou os EUA, ou seja, como mencionado na semana passada, Índia, Indonésia, Tailândia, Coréia do Norte e Malásia, que eles poderiam provavelmente invadir em questão de meses. Isso lhes daria controle sobre um pouco mais de 3 bilhões de pessoas.

Economicamente, os EUA, apesar de ser a nação mais endividada da história do planeta (US $ 18 trilhões em dívida externa), ainda têm muitos pontos fortes. Por seu lado, as empresas americanas continuam dominantes no comércio mundial. Além disso, os EUA ainda mantém uma liderança (embora esteja rapidamente encolhendo) líder em ciência e tecnologia. Os americanos também controlam a maior parte do petróleo no Oriente Médio, embora tivessem que entregar uma grande parte aos russos como uma troca de sua cooperação, em relação à Ásia.

Militarmente os EUA ainda, de longe, possuem a mais poderosa Marinha e Força Aérea do planeta, não mencionando as 800 bases em locais estratégicos em todo o mundo. Isso significa que eles poderiam sufocar grande parte do acesso da China aos recursos do mundo. Também têm a habilidade técnica de matar a maioria dos líderes mundiais. Além disso, eles podem contar com poderosos aliados como o Japão, o Canadá e o Reino Unido e, em menor grau, a França e a Alemanha.

Por sua vez, os russos perceberam que a União Europeia está entrando em colapso e criando um vácuo que eles podem preencher, cooperando com a Alemanha e a França para criar uma nova e democrática aliança europeia, que inclua a Rússia. Eles também sabem que a China é um cliente maravilhoso para a sua energia e exportações agrícolas e uma grande fonte de bens de consumo baratos. Não é nenhuma maravilha o símbolo russo ser uma águia de duas cabeças, com uma cabeça olhando o Oriente e a outra a para o Ocidente. Naturalmente, eles não querem ser forçados a escolher entre o Ocidente ou a Ásia. Em vez disso, eles estão jogando em ambos os lados, contra o centro.

Então, o que parece haver aqui é um impasse mexicano.

Nesta situação, a Sociedade do Dragão Branco – SDB propôs um compromisso que, aparentemente, é apoiado pelos asiáticos:

O plano, conforme muitas vezes mencionado nestas páginas, é a criação de uma nova agência de planejamento futuro com pessoal meritocraticamente escolhido. O fato é que o mercado livre híbrido, mais o modelo de planejamento central desenvolvido pelo Japão e emulado e melhorado por lugares como Cingapura, Coréia do Sul e China e desprovido da ganância capitalista, funciona melhor do que o modelo corporativo que causou tanta dificuldade econômica no Ocidente. Só nos últimos anos é que um planejamento futuro de longo prazo tem sido realizado no Ocidente, por fanáticos religiosos com uma agenda apocalíptica. Devemos fazer nosso planejamento, não para o fim do mundo, mas para o renascimento do mundo como um paraíso.

Se um acordo fundamental sobre o controle do sistema financeiro mundial for atingido, esta agência poderia receber um orçamento anual de muitos trilhões de dólares. Com tal orçamento, esta agência poderia, literalmente, acabar com a pobreza e deter a destruição ambiental em questão de meses. Depois disso, poderia realizar grandes projetos de infraestrutura, explorar espaço, restaurar ecossistemas, desenvolver novas tecnologias, etc.

O trabalho real seria realizado por corporações privadas através de licitações.

Como mencionado na semana passada, o acordo com os asiáticos é que o primeiro chefe de tal agência seria um ocidental, mas que a próxima pessoa a encabeçá-lo seja um asiático. Depois disso, o trabalho iria para o indivíduo mais competente. O controle secreto da agência seria dividido em meio a meio entre Oriente e Ocidente.

A SDB também transmitiu uma mensagem de fontes altamente esotéricas que, "apesar de provocações como Fukushima, certos eventos precisamente cronometrados, como uma Lua Azul realmente Azul, grandes meteoritos atingindo a Rússia, raios atingindo o Vaticano e Meca, serie de terremotos em La Palma etc., seriam nada mais do que gentis advertências".

No dia 10 de Fevereiro, haverá um cometa, um eclipse lunar e uma "lua de neve", tudo acontecendo simultaneamente:


A pergunta é: Esses eventos foram previstos com muita antecedência ou os movimentos no Sistema Solar mudaram bruscamente?


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjam20infulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...