quarta-feira, 8 de março de 2017

LOUISE HAY - "O RISO É O MELHOR REMÉDIO" - 08.03.2017



“Eu não corrijo os problemas. Eu corrijo o meu pensamento. Então, os problemas se corrigem.” – Louise Hay

Há muito poder no riso. Não importa como eu esteja me sentindo, uma boa risada me eleva a um espaço totalmente novo. É verdade. Você pode se sentir mal quando está rindo? Consegue ficar com raiva enquanto ri? Eu sei que não posso. Minha filosofia foi sempre amar quem e o que você é e o que você faz. E rir de si mesmo e da vida. Por que não? É tudo temporário, de qualquer maneira. Não estou dizendo para não levarmos a vida a sério, mas temos que fazer esta jornada com a atitude certa. Assim, ria e divirta-se, isto poderia salvar a sua vida. Se tiver dúvidas em relação a isto, leia um dos livros de Norman Cousins. Ele se curou de uma doença fatal, mas, então, criou outra, e, em seguida, curou-se desta, também. Na verdade, quando ele morreu em 1990, ele viveu 36 anos a mais do que os médicos tinham previsto.

Ele disse uma vez: “Sobre a qualidade da vida” 1 - Compreenda que cada ser humano tem uma capacidade interna de recuperação e reparação. 2 – Reconheça que a qualidade de vida é muito importante. 3 – Assuma a responsabilidade pela qualidade de sua própria vida. 4 – Estimule as forças regenerativas e reparadoras dentro de você. 5 – Utilize o riso para criar um humor em que as outras emoções positivas possam ser postas a operar para você e para aqueles que o rodeiam. 6 – Desenvolva a confiança e a capacidade de sentir amor, esperança e fé e adquira uma forte vontade de viver.

A maior parte de nós não está enfrentando uma situação tão terrível quanto o Sr. Cousins, mas as nossas vidas podem ser arruinadas pelo medo e a dor, na maior parte trazida pelas nossas próprias mentes. Ajustar esta atitude a uma de gratidão e felicidade pode fazer toda a diferença. A vida é um processo e nós enfrentamos o bem e o mal a cada dia. Nesta jornada, eu percebi que não há necessidade de torná-la um trabalho pesado. A vida pode ser divertida! Depende de nós. Enquanto trabalhamos em nossa evolução espiritual, podemos escolher fazer dela uma alegria, e até mesmo um jogo. Realmente, podemos tornar a vida divertida, se quisermos. Enquanto examinamos o nosso processo podemos cantar e compor uma pequena cantiga sobre a situação que estamos tentando liberar.

Mantenha a vida leve e feliz e tudo irá parecer mais fácil. Eu prometo. E não se esqueça de rir! Quanto mais rápido nós rimos de uma situação, mais fácil é liberá-la. Pense nisto desta maneira: se você viu os seus problemas como uma peça de Neil Simon, você riria de si mesmo. Tragédia e comédia são a mesma coisa. Depende apenas do seu ponto de vista.

“O riso é o tônico, o alívio, uma pausa que permite atenuar a dor”  – Charlie Chaplin

Há agora um acúmulo de apoio em relação à importância do riso e o seu valor terapêutico no tratamento do câncer. A evidência mostra que os cirurgiões usavam o humor para distrair os pacientes da dor, já no século XIII, e agora há um estudo científico sobre o efeito do humor no bem-estar físico. Mais uma vez, Norman Cousins é creditado com isto. Hoje, mais e mais pessoas estão se voltando para o humor para a terapia e a cura.

De acordo com alguns estudos, a terapia do riso pode proporcionar benefícios físicos, tais como ajudar a:

1 – Estimular o sistema imunológico
2 – Aumentar o influxo de oxigênio
3 – Estimular o coração e os pulmões
4 – Relaxar os músculos através do corpo
5 – Acionar a liberação de endorfinas
6 – Facilitar a digestão
7 – Aliviar a dor
8 – Equilibrar a pressão arterial
9 – Melhorar as funções mentais.

Assim, meu querido, ria e eu irei rir junto com você.

Amor,

Louise


Autor: Louise Hay 
Fonte: http://www.louisehay.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Louise Hay Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...