segunda-feira, 3 de abril de 2017

SARAH VARCAS - "RETIFICAÇÃO DE RELACIONAMENTOS / VÊNUS E JÚPITER RETRÓGRADOS" - 29.03.2017



Em abril de 2017 vemos um aumento da atividade retrógrada, com aproximadamente a metade do mês (9 a 15 de abril e 20 de abril a 3 de maio) apresentando quatro retrógrados. Isto é algo que não temos desde setembro de 2016, e é um padrão celestial que nos convida ao recolhimento, revisão e reflexão. 

O mês começa com Vênus retrógrado em Áries (desde 4 de março) e Júpiter ainda retrógrado em Libra (desde 6 de fevereiro). O foco continua sendo os relacionamentos, incluindo aqueles com o mundo mais amplo, que podem exigir uma compaixão corajosa, em provocação à mente egoica que divide tudo em amigo e inimigo. Com Vênus retrógada em Peixes a partir de 3 de abril, a necessidade pessoal é eclipsada pela dissolução das fronteiras que separam “eu” de “você” e “eles” de nós”.

Muitos desafios atuais exigem que encontremos formas novas e criativas de viver num mundo que ameaça se dividir em facções antagônicas a qualquer momento. Vênus nos convida a suavizar as bordas da individualidade e separação, assumir nossa própria divindade e prepararmo-nos para usá-la como um bálsamo sobre o mundo, quando ela retomar sua trajetória direta em 15 de abril. Somente através do relacionamento correto de cada um de nós consigo mesmo, poderemos criar conexões construtivas com os outros, proporcionando voz ativa a todas as partes e, ao mesmo tempo, possibilitando nuances de diferenças e autodeterminação. Se continuarmos a reagir em vez de refletir, e defender em vez de responder, nos manteremos na mentalidade de “eu contra o mundo”, consolidando ainda mais a tirania do ego sobre a essência.

Júpiter retrógrado nos lembra que nenhuma viagem de descobrimento externa – por mais esclarecedora que seja – pode superar a sabedoria adquirida quando viajamos para nosso próprio centro para descobrir quem somos. Se não conseguirmos conhecer a nós mesmos no sentido mais profundo, não haverá ninguém capaz de solucionar nossos problemas nem curar nossas feridas. O entusiasmo e o impulso exterior habituais na energia jupteriana estão agora voltados para o interior, e é possível que vejamos certos projetos e planos – especialmente aqueles ligados intimamente a outras pessoas – desaceleraram nas últimas semanas. Se for este o caso, é porque Júpiter aplicou os freios para encorajar a reflexão sobre nossa motivação e valores que sustentam nossos objetivos.

Em Libra, Júpiter pergunta por que nos conectamos com as pessoas com as quais nos conectamos; o que levamos para os nossos relacionamentos; e que expectativas colocamos sobre os outros. Este autoquestionamento pode ser desconfortável, às vezes, pois embora o despertar seja intrínseco à nossa natureza, nem sempre é simplesmente uma bela bênção.

Júpiter também nos exige responsabilidade e busca interior, o que nos despoja da pretensão dos falsos eus para revelar a essência sagrada compartilhada por todos. Nada além da verdade sobrevive ao seu desafio, e com a tendência retrógrada aumentado à medida que abril avança, devemos estar preparados para colocar tudo sobre seu altar sacrificial, sem nenhuma retenção que possa evitar as exigências do Real.

Sarah Varcas


NOTA: TODAS AS DATAS TÊM COMO BASE O HORÁRIO GMT

Autor: Sarah Varcas 
Tradução: Vera Corrêa - veracorrea46@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/AstroAwakenings
Veja mais Artigos Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...