quarta-feira, 10 de maio de 2017

JANNY SCHITZ - "ATUALIZAÇÃO DA ENERGIA – RECORDE TODO NOVO!" - 08.05.2017



A energia está realmente acelerada justamente agora e a Ressonância Schumann está batendo um novo recorde… um estrondoso 120!

Para aqueles cujos corpos são bem-sucedidos nessas frequências mais elevadas – torna-se um momento de ação. Um tempo para criar. Ideias fluem. Se vocês estão  assim, não se esqueçam de anotar o que recebem e planejam fazer. Para outros, esse novo recorde pode ser bastante brutal. Insônia, exaustão, dores de cabeça, sentindo-se perplexos e desorientados. Alguns sentem fortes dores nas articulações também.

Comparo isso com a doença de altitude, o corpo não está suficientemente adaptado ao seu novo local, por isso fica tonto, confuso, cansado, irritado e dolorido. As dores de cabeça podem ser fortes. Fica-se desidratado e perdem-se minerais essenciais, à medida que o corpo luta para se adaptar. Os únicos meios de cura são o tempo, a água e reabastecer-se dos minerais essenciais (sal – do mar ou do Himalaia, magnésio, potássio e mesmo vitaminas C e D).

O maior problema que muitos têm com essas atualizações intensas de frequência é a incapacidade de ficar ancorados. Se  não estiverem plenamente  ancorados em seu corpo, vocês podem rolar na lama e ainda assim não ficarão ancorados. Tomem um momento e instalem-se firmemente em seu corpo. Fechem os olhos e digam: “Eu me ancoro completamente em meu corpo, agora, da cabeça aos pés.” Em seguida, tragam a  consciência para a ponta do seu dedo grande, sintam-no. A partir desse espaço, vocês podem, então, ancorar-se na terra se isso funcionar melhor para vocês. Estou constatando que eu me centro muito melhor se descer para o espaço do coração e senti-lo distender-se com amor e gratidão.

Esses picos de energia também podem provocar intensas emoções. Embora desconfortáveis, são  realmente uma coisa boa – temos que ver o que não é compatível com as frequências mais elevadas. Uma vez que vocês vejam isso, então é hora de fazer o trabalho de cura, perdão e reconciliação com o que quer que seja.

Apropriar-se de tudo o que está em nosso íntimo (o bom, o mau e o feio) e nos amar, embora isso traga níveis mais profundos de cura e liberação. Nossas partes ocultas, profundas e sombrias gritarão cada vez mais alto até que possamos trazê-las à luz do amor. O amor é a única maneira de transformar qualquer coisa, visto que é quem nós somos internamente… tudo o mais faz parte simplesmente da experiência humana. Agora é o momento de avançar e retornar ao  nosso estado de ser natural.

Não se deixem intimidar, sejam gentis consigo mesmos e com os demais. Nós todos estamos sentindo essa elevação em ressonância e nem todos lidam bem. Ter compreensão e compaixão por si e pelos outros percorrerá um longo caminho. Envio-lhes todo amor.

Jenny


Autor: Jenny Schiltz
Tradução:  Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com
Veja mais Jenny Schiltz Aqui 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...