quarta-feira, 16 de agosto de 2017

BENJAMIN FULFORD - "AMEAÇAS DOS EUA À CORÉIA DO NORTE ESTÃO VINCULADAS ÀS NEGOCIAÇÕES DE FALÊNCIA E RESET GLOBAL" - 15.08.2017



Aviso aos leitores, devido às diferenças horárias, o relatório desta semana aparecerá com o horário da Costa Leste norte-americana de Segunda-feira à noite.

Neste verão os eventos mundiais foram mantidos em compasso de espera, todavia, uma grande mudança de paradigma é possível neste Outono, se fizermos isso acontecer.

O padrão de espera é o seguinte: A CORPORAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA, que não cumpriu seus compromissos com sua dívida, em 1º de Maio deste ano, tem ameaçado declarar uma guerra contra a Coréia do Norte, como uma tática de negociação com seus credores. Seu principal credor, a China, toma esta ameaça como um sinal da corporação prometendo proteger a Coréia do Norte, no caso de esta ser atacada unilateralmente. Ao mesmo tempo, os chineses têm encenado ações militares limitadas na fronteira com a Índia, lembrando aos americanos que eles têm a habilidade técnica de assumir esse país de 1,3 bilhão de pessoas em questão de meses, se partirem para a guerra.

Os chineses, também, disseram que não protegerão a Coréia do Norte caso seja ela a dar o primeiro golpe. Ao mesmo tempo, russos e o Pentágono informaram aos israelenses que serão atacados se tentarem lançar algum míssil nuclear de um dos seus submarinos e fazê-lo parecer que tenha sido a Coréia do Norte a fazê-lo, disseram fontes do Pentágono e do FSB russo. Isso efetivamente matou certas tentativas da máfia khazariana de iniciar uma 3ª Guerra Mundial, uma vez que qualquer tentativa de fazê-lo afetará apenas a ela, que não é mais capaz de nos enganar para iniciar uma guerra.

Em qualquer caso, militares dos EUA montaram inúmeros cenários envolvendo uma guerra total com a China e o resultado foi sempre o mesmo, 90% da humanidade morre e o hemisfério norte se tornaria inabitável. Os chineses estão plenamente conscientes disso. Isso significa que toda essa conversa de guerra são apenas batidas de mesa, numa situação que, na verdade, parece estar num impasse.

No entanto, não existe impasse. A facção kharaziana do regime de Trump, percebendo que suas conversas de guerra não estão levando a lugar algum, agora está considerando cortar as exportações chinesas para os EUA. Este é o antigo artifício de que "se não compramos, eles morrem", conforme conversas ouvidas nos círculos da agência de inteligência dos EUA. No entanto, do ponto de vista chinês, perder um cliente que pagou com seu cartão de crédito nos últimos 40 anos e que não pode pagar sua conta do cartão de crédito, na verdade seria uma vantagem. Ninguém se beneficia com um caloteiro, especialmente, um caloteiro criminoso como os EUA, que tem estado em guerra por 220 anos em seus 241 anos de existência.

De alguma forma, se os americanos decidirem seguirem de frente e usarem tarifas e barreiras comerciais para cortar as importações chinesas e acabar com o superávit comercial chinês com os EUA, haverá muitas consequências de terceira ordem, na maioria delas muito ruim para os EUA. Basicamente falando, os EUA sofrerão uma queda acentuada no padrão de vida e se tornariam um pária no comércio global se tentasse fazer tal coisa.

O regime dos EUA perdeu muita confiabilidade e aliados como resultado de seu comportamento antissocial em todo o mundo. Uma indicação disso é o fato de que títulos Junk Bonds italianos, agora, valem mais do que os títulos do Tesouro dos EUA. 

http://www.zerohedge.com/news/2017-08-10/italian-junk-bonds-yield-less-treasurys-insanity-bond-market-4-charts

Vamos entender isso num minuto: Os títulos do Tesouro dos EUA da Segunda Guerra Mundial que já foram considerados o refúgio mais seguro do dinheiro no mundo, agora, é julgado pelo mercado mais arriscados do que os títulos indesejados emitidos por empresas do setor privado da Itália, uma nação também falida.

Ao mesmo tempo, as autoridades financeiras do Reino Unido expuseram indiretamente a tática do governo corporativo dos EUA de comprar sua própria dívida, fazendo com que pareça que estrangeiros (Bélgica, Irlanda, etc.) tenham feito isso, para que tudo viesse parecer estar bem nos mercados financeiros dos EUA. Fizeram isso indiretamente, com uma admissão do Financial Times de que há 103 anos, quando quase ninguém comprou títulos ingleses da Primeira Guerra Mundial, mentiu para o público informando que a emissão desses títulos estaria ultrapassada.

http://www.zerohedge.com/news/2017-08-08/none-it-was-true-103-years-later-ft-admits-it-lied-and-colluded-bank-england

Quando fui um jornalista financeiro na mídia corporativa, meus chefes muitas vezes nos pediam que apoiar esse tipo de mentira "para impulsionar a psicologia do mercado". Em outras palavras, nos pediam para ser líderes de torcida e não repórteres de notícias objetivos.

Agora, cada vez mais pessoas da mídia corporativa nos EUA estão arriscando suas carreiras para expor a agenda de seus chefes. Por exemplo, Brian Williams, da NBC, admitiu numa transmissão em horário nobre que: "nosso trabalho é assustar pessoas até a morte sobre a Coréia do Norte". 

http://www.zerohedge.com/news/2017-08-09/nbcs-brian-williams-our-job-scare-people-death-over-north-korea

O objetivo dessa intimidação seria impulsionar os investidores a buscar os títulos dos EUA como um "refúgio seguro", mas que  não está funcionando.

Em vez disso, o plano continua a remover todos os vestígios finais da dominação da máfia de khazariana nos EUA. "Trump está pronto para toda a guerra no pântano de Washington DC, depois de demitir o  delator e  aliado de Paul Ryan, Rence Priebus", dizem fontes do Pentágono.

Também, existem muitos outros sinais de que o pântano está sendo drenado dos khazarianos adoradores de satanás, dizem as fontes. Agora que os principais capangas dos khazarianos como os Clintons e John McCain foram removidos, funcionários de nível inferior, também, estão sendo demitidos. Por um lado, “os dois principais assessores da embaixatriz na ONU e de Israel, Nikki Haley, foram demitidos e ela pode ser a próxima", observam as fontes.  

Por outro lado, "o Falcão do Irã e [o General David] e sócio de Petraeus, Derek Harvey, foi demitido do Conselho de Segurança Nacional, enquanto o general Marine, John Kelly, se tornou o Chefe de Gabinete da Casa Branca”, observa o Pentágono. Além disso, “Ezra Cohen – Watnick, marionete do Mossad e Diretor de Inteligência da NSC, foi demitido, depois que Kelly assumiu o controle, por ser um risco de segurança nacional e se opor ao acordo do Irã", observam as fontes. Quaisquer outros funcionários que viajem para Israel ou que tenham ligações com essa nação desonesta também serão demitidos,

Ezra e seus cúmplices, anteriormente, eram inabaláveis devido ao filho de Trump, Jared Kushner, dizem as fontes. No entanto, "o próprio Kushner pode ter a sua autorização de segurança revogada por Kelly", acrescentam, na medida em que Kushner está sendo enviado na caça de gansos selvagens no Oriente Médio, para demonstrar sua incompetência como pacificador, observam as fontes.

Para substituir o controle khazariano, o Pentágono, os russos e os chineses, formaram uma grande aliança trilateral, concordam as fontes em todos os três lados dessa aliança.

Isso está sendo observado na Venezuela, que se tornou um protetorado russo de fato, depois que os russos receberam uma grande participação na indústria petroleira desse país. Isso não poderia ter acontecido sem a concordância dos militares dos EUA. Em outras palavras, significa que os planos dos khazarianos de iniciar uma guerra com a Venezuela, bem como seus planos para iniciar uma guerra na Coréia do Norte, foram interrompidos.

Os três grandes, também, estão pressionando pela paz na península coreana, para que um link ferroviário norte-sul-coreano possa ser configurado e os mais de US $ 10 trilhões em riquezas minerais na Coréia do Norte possam ser usados, dizem as fontes.

Também, há uma forte pressão para acabar com os combates no Afeganistão para que a riqueza mineral dessa nação possa ser possa ser explorada para melhorar a vida das pessoas.

Agora, também, existem negociações de alto nível acontecendo entre o Canadá e a Coréia do Norte, dizem fontes do governo canadense. Os norte-coreanos estão transmitindo aos canadenses uma oferta da sociedade secreta asiática para financiar uma aquisição alavancada do governo corporativo dos EUA, dizem fontes próximas às negociações. Os chapéus brancos da comunidade militar e de inteligência dos EUA apoiam a ideia de uma América do Norte unificada com um governo democrático competente.

*Numa nota final, muitos grupos estão organizando uma meditação em massa durante o eclipse solar, no dia 21 de Agosto. Uma vez que a atual guerra híbrida em curso, realmente, é pelo controle do processo psicológico de decidir o que a humanidade fará no futuro, um grupo positivo, realmente, pensa que essa meditação pode ajudar. Não é preciso ser hindu ou budista para praticar meditação. Em vez disso, as pessoas podem tomar um tempo para visualizar o tipo de planeta em que gostaríamos de viver e, pessoalmente, como contribuir para que isso aconteça.

Até agora, nosso planeta tem sido gerido por agitadores do medo e da guerra. Eles estão nos manipulando dizendo que devemos temer e lutar contra "os infiéis, os muçulmanos, os comunistas, a Al Qaeda, os russos, ISIL, os chineses, os norte-coreanos, etc,". 

Em vez disso, agora, estamos prontos para mudar para uma perspectiva positiva com base no pensamento de "como podemos ajudar uns aos outros e transformar este planeta num paraíso para todos". Este Outono, quando o prazo fiscal de 30 de Setembro para o governo corporativo dos EUA se aproxima, podemos fazer acontecer. É hora de drenar o pântano de Washington DC e, em seguida, ir atrás doa hierarquia maçônica da Loja P2, adoradora do sol negro. 

Nas últimas semanas de Verão descansem bastante e se preparem para um Outono muito agitado. Vamos terminar o que começamos. 


http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/08/cobra-tornar-viral-meditacao-pela.html

Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...