sábado, 21 de outubro de 2017

SIMON & JENNIFER - "A MENSAGEM DA LUA NOVA: AFASTEM-SE DO TELESCÓPIO E OLHEM PARA O CÉU" - 20.10.2017




No ciclo em que se muda do passado para o presente e para o futuro, somente o novo é  que pode transformar o antigo. O passado já concluiu o seu momento, e se continuarmos a canalizar nossa experiência do momento presente pelo contexto do passado, e repetir o que sempre foi, então, não podemos e não iremos nos expandir além dessa limitação; podemos somente reciclar e renovar o passado, mas não podemos nos transformar dessa forma. Em vez disso, a verdadeira renovação deve originar-se do nosso esvaziamento do passado e de permitir que seja o que era, aceitando esses momentos como eles foram e os honrando como parte de nossa trajetória, surgindo, então, no momento presente com uma visão aberta, que permite que novas perspectivas e novas experiências entrem no campo de energia.

Estamos prontos para explorar novas maneiras de ser; para entrar em um novo ciclo de transformar-se que é muito mais expansivo do que o passado; libertar-se das formas experimentadas anteriormente nesta jornada; e adotar o conhecimento de que existe outra maneira – uma maneira mais enriquecedora em sentido espiritual.

Todavia, isso serve para nos lembrar: esse processo não pode ser forçado. Não podemos criar novos padrões de modo consciente e não criamos nossa transformação – somos criados para isso. Permitimos que nossa natural transformação ocorra por abrir mão das crenças e limitações, que foram criadas pelas experiências passadas, que, por sua vez, estão limitando o nosso potencial de crescimento, experiências e mudança. Se tentarmos, conscientemente, criar a mudança por nós mesmos, estamos limitando essas mudanças ao contexto do que já é conhecido de forma consciente, e simplesmente continuamos reciclando o passado. Dessa forma, quaisquer mudanças que fizermos serão limitadas à recriação de novas formas de experimentar as mesmas velhas circunstâncias dentro das mesmas crenças e limitações, que promoveram nossas circunstâncias passadas em primeiro lugar.   

Realmente, o futuro é formado pelo presente, mas não devemos permitir que seja limitado pelo passado. A cada momento nos é oferecida a possibilidade de expansão, mas essa expansão só pode vir por meio da rendição à possibilidade e ao potencial, vindos no momento presente com autenticidade e verdade, observando-se como os novos impulsos chegam e confrontando as limitações, que nos impusemos, e o que é possível. Transformamos e permitimos o crescimento por meio da expansão da mente; por confrontar nossas limitações e crenças percebidas e acolhendo a possibilidade –  (em todo seu e nosso…!) potencial infinito.

A Lua Nova de hoje e o próximo ciclo lunar oferecem um convite claro: incorporar o espírito do Guerreiro Sagrado, avançar corajosamente no próprio fluxo natural, honrar nossa verdade mais profunda, em todos os momentos e em todas as decisões, e deixar que o nosso entusiasmo abra caminho – um caminho que conduza para bem mais longe das condições, crenças e experiências do passado.

Afastem-se do telescópio e olhem para o céu. Vocês podem ser surpreendidos com o que veem!

Com amor,

Simon & Jennifer


Autor: Simon & Jennifer
Fonte: https://wakeup-world.com/
Tradução: Ivete Brito – adavai@me.com http://www.adavai.wordpress.com
Veja mais Simon & Jennifer Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...