quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

KRYON - "TOUR ÍNDIA/NEPAL - MSG 4" - 29/09 A 20/10



Saudações, meus queridos! Eu sou Kryon, do Serviço Magnético!

Este dia tem sua própria energia - uma energia que talvez não será mais repetida exatamente assim. Eu quero que você saiba disso e que tire proveito disso, conforme eu começo a falar sobre um pouco de história. Antes de fazer isso, meus queridos, este é um tempo de reflexão. Meu parceiro explicou, no breve tempo que teve, que há uma mudança neste planeta e todos serão afetados. 

Eu faço a vocês um pedido: não julgue o futuro por aquilo que aconteceu no passado. Isso é algo que tenho dito frequentemente e o que quero dizer com isso é o seguinte: o que foi ensinado a vocês em todos os aspectos pode muito bem ser aquilo que vocês acreditam, mas, meus queridos, o futuro e as mudanças que estão ocorrendo podem ir de encontro a essas coisas. 

Seja circunspecto, isso é, olhe ao seu redor antes de rejeitar coisas que talvez não correspondam tão bem com você. É parte de uma mudança magnífica no planeta. E não faz sentido que para mover-se para a luz do sol você precisará sair da caverna? Que para que você possa entrar em um novo caminho o velho precisa ser abandonado? Que você não pode mover-se para a nova energia necessariamente com as velhas formas, por melhor que possam parecer, por mais belas que tenham parecido para você no passado? 

Então, o convite é caminhar para a luz do sol, sem temê-la! Essas coisas que estão disponíveis resultarão em belas coisas que acontecerão no planeta - coisas que vocês nunca esperaram que aconteceriam. Vocês são o futuro! Aqueles que se deram o tempo para ouvir isso, para compreendê-lo, acreditar e examinar essas coisas... Vocês são aqueles chamados velhas almas! 

Eu quero levá-los de volta para o início por um momento. Meu parceiro, eu quero que você vá devagar aqui. Houve um tempo neste planeta, o tempo certo, quando as sementes da criação desceram e deram algo a vocês que vocês chamam de dualidade. Alguns a chamaram de a história da criação, alguns se referiram a ela como a história do Gênesis - o início do livre arbítrio, do conhecimento do bem e do mal… com as escolhas para ir em qualquer direção com a consciência - isso foi o início do Deus interior. 

Porém, não foi assim tão simples, pois quando isso ocorreu, não foi apenas uma mudança na humanidade, não foi uma época em que vocês, simplesmente, receberam 23 cromossomos ao invés de 24 - o planeta inteiro foi envolvido. Aqueles que representavam uma semente biológica vieram e implantaram este planeta com tantas coisas para o futuro. A informação esotérica da qual falamos, e que poucos reconhecem, e que a ciência não tem nenhuma ideia… a rede magnética sempre esteve aqui - ela está aqui naturalmente, devido ao que está dentro do núcleo derretido da Terra, mas também posiciona a consciência. Estava aqui antes dos humanos estarem aqui. Portanto, não é disso que estamos falando.

As redes para a humanidade foram criadas na mesma época em que vocês receberam a semente biológica dos 23 cromossomos. As redes que foram criadas, alguns já estão familiarizados com ela, já ouviram isso antes, a rede cristalina, é uma rede de consciência humana, a rede de Gaia. A rede de Gaia pertence à natureza, que então responde à consciência humana. Cada respiração que você dá é oxigênio que vem das árvores, das florestas, dos micróbios, das algas. Vocês estão aliados com Gaia, constantemente. A rede de Gaia, portanto, é uma rede de consciência com a cooperação de Gaia.

Os nodos e os nulos foram implantados caso vocês passassem o ano 2012 - e vocês passaram! Houve muito do que chamaremos de coisas esotéricas apresentadas ao planeta, mas há uma sobre a qual nunca falamos. Alguns dizem: “Bem, foi aí que as linhas lays foram colocadas aqui?”. E a resposta é não. As linhas lays são a consciência humana desenhando linhas de um lugar de poder para outro, que eles criaram como locais de poder, portais, foram criados como os humanos os criaram baseados na consciência humana do planeta. Mas, havia algo mais. 

Não é uma rede, meus queridos. E nós falamos disso em nossa última canalização de uma forma enigmática. Na última canalização que acabamos de dar a vocês nós falamos algo. Nós falamos sobre esconder um prêmio e, então, pedindo a humanidade para encontrá-lo. Este não é um quebra-cabeças enigmático, isto é prático! Se você vier a ter o conhecimento da escuridão e da luz… meus queridos, a escuridão é a ausência da luz, então você não precisa encontrar uma semente de escuridão para que possam encontrá-la. 

Meus queridos, a escuridão virá se você retirar a luz, mas para encontrar a luz precisa haver uma semente. A verdade da criação, a verdade do que e de quem e de onde Deus está precisa residir em algum lugar para ser encontrado. Os humanos, se deixados por conta própria, não a descobrirão, a menos que esteja lá para ser descoberta! Todos esses anos, toda a conversa esotérica… eu não podia dar essa informação a vocês até que meu parceiro me trouxesse aqui. 

A região que vocês chamam de Índia e além está envolvida nisso. Dispense as fronteiras por um momento, pois não tem nada a ver com o país agora ou com a história. Tem a ver com o planeta, um pouco da topografia e muito sobre onde vocês estão. A semente está aqui! Nós falamos anteriormente sobre um objeto, em canalizações anteriores a de hoje - uma metáfora de um globo dourado. E fizemos isso propositalmente para que não fosse algo esotérico, de modo que vocês pudessem vê-lo como algo concreto. Isso é o quão poderosa ela é, a semente que está em sua região! 

Eu quero que vocês observem a diferença entre sistemas espirituais neste planeta como vocês os conhecem, como eles se desenvolveram: cada um deles desenvolvendo-se de forma linear ao redor de um profeta. Mesmo que o profeta estivesse ensinando sobre um Deus único, é o profeta quem é reverenciado. É o profeta cuja foto é vista, é ao profeta que as doutrinas dadas se referem, é o profeta que dá a verdade em cada um desses sistemas. Mas esta não foi a intuição aqui!

Em minha primeira canalização nesta terra eu dei um exemplo. Se você for perguntar a um homem santo nesta região: “Do que você se trata?”. Novamente, eu lhes digo que ele diria: “Eu sou a paz”. E você poderia pensar consigo mesmo: “Tudo bem, muito bom, eu estou em paz, eu sou a paz, paz entre os homens, precisamos de paz na Terra”. E ele lhe diria que não é bem assim como você está pensando: “Não é esta a paz que eu represento”. E então ele daria a você a informação: “Paz entre as suas células!”. 

Meus queridos, eu não quero tornar isso enigmático. Eu quero dizer a vocês que os pleiadianos escolheram este lugar para ressoar com a verdade. E a verdade é esta: VOCÊ É O SEU PRÓPRIO PROFETA! Se você descobrir a pureza do amor, você irá diretamente para o estudo de si mesmo. Não há nenhum lugar neste planeta que tenha esta verdade, este atributo. Ele acontece há gerações, de história e treinamento, para chegar até este lugar de saber sobre a Unidade - e ela sempre esteve aqui. Este é o prêmio que estava escondido!

Portanto, nesta terra, o pensamento intuitivo tinha a ver com a Unidade do ser, e não um profeta. Das energias que envolvem o ser humano, do sacrifício, de ajuda, de saúde, e vocês podem chamá-los como quiserem, mas não são profetas. A verdade do que os pleiadianos trouxeram para vocês em seu DNA ressoa com os ensinamentos que foram dados aqui originalmente. Não apenas se trata do ser… pense sobre isso: Como funciona o corpo? Quantos meridianos existem lá? Qual é a energia? O que é o karma? O que é uma vida passada? Como você trata o seu akashico? Cada uma dessas coisas não se trata de um profeta. Não é a respeito de seu comportamento, não é sobre doutrina ou “faça isso ou não faça aquilo”, certo ou errado, isso poderia vir mais tarde através do humanismo, mas não. 

Este é o único lugar no planeta onde a semente da verdade foi plantada para ser encontrada. É sobre o Ser. Os originais compreendiam isso, o sistema espiritual original, literalmente de milhares de anos atrás, tratava do Ser. A Unidade do Espírito entre as células do corpo… quando são combinadas para criar paz entre elas mesmas, isso criará paz uns com os outros. Paz na Terra requer paz entre as células. Este é o ensinamento da região que você não encontrará em nenhum outro lugar, a menos que você tenha levado isso para lá.

O karma do indiano é ser um indiano. E nós falamos sobre o karma como um sistema de velha energia para que fosse possível completar energias que não eram completadas em vidas anteriores… para poder empurrar e puxar, reações… colocava vocês em lugares para que vocês encontrassem coisas que vocês não encontrariam de outra forma. Agora, nós dizemos isso: Indiano, aquilo que pode ser o pilar de sua crença está começando a mudar. O karma é uma energia que está desaparecendo, porque, na luz, vocês não precisam dele. Ele se colocará no caminho da sua intuição, você não precisa completar nada de uma vida passada, porque esta vida tem mais luz nela que qualquer outra vida que você já teve! E a próxima, terá mais luz ainda! E o karma não é mais necessário. Estes são conceitos controversos para aqueles que cresceram com isso e que acreditam neles. 

Meus queridos, não faz sentido para vocês que, na luz, vocês podem caminhar um caminho diferente? Este planeta está começando a se iluminar. Não é interessante, conforme vocês observam os sistemas de crença neste planeta evoluírem, eles evoluindo para aquilo com que vocês começaram: a UNIDADE?! A compreensão que é necessário começar com cada indivíduo, e com as células dentro dele, para elevar a consciência até um lugar em que possa haver uma explosão de iluminação, uma EXPLOSÃO DE ILUMINAÇÃO! 

Nós nunca usamos essa frase antes, porque aqui é onde isso é possível. Em outras partes do mundo não é uma explosão, porque a fonte não está lá para explodir - é um estudo, uma consciência, algo gradual, de graduação. Mas aqui é onde você está conectado com a fonte. É aqui que eles esconderam a verdade. A esfera dourada é uma metáfora para a verdade pura da Unidade para toda a humanidade. Vocês precisavam ter isso em algum lugar para ser descoberto, para ser encontrado. E então o livre arbítrio é que irá definir o que vocês farão com ela, mas vocês a encontram aqui. E não pára aí.


Agora quero falar sobre algo que aconteceu. Agora nos voltaremos para a história, e é uma história muito recente, para mostrar a vocês uma preparação do que acontece a seguir para vocês - pois a pureza da Unidade começará a se mostrar mais que jamais antes. Aqueles que dizem saber coisas que não sabem começarão a falhar e a ruir, porque será óbvio que eles só têm a unidade deles mesmos. Eles não têm a Unidade que é a Unidade da fonte, que tem a pureza do amor, o amor de Deus.

Oh! Deixe-me contar-lhes uma história. Houve um homem que nasceu nos Estados Unidos, mas a linhagem dele era indiana. O seu akashico estava repleto com a Índia. Você poderia dizer que ele sabia que lá, na Índia, em algum lugar, estava a verdade. Eventualmente, ele foi trazido para casa - para casa com sua família karmica. E assim, ao longo de 40 anos, ele teve uma explosão de iluminação e consciência e muito mais. Ele teria, na verdade, duas ou três explosões de consciência ao longo do tempo. Mas a primeira que ele teve foi a conexão com a fonte. 

Este homem era hindu e viu uma luz que nunca havia visto antes. Ele compreendeu a própria informação da fonte que os pleiadianos colocaram aqui. Ele estava conectado, tão bem. Seu nome? É um nome curto para um que é mais extenso: Gurudeva. Em 1970, ele fez o que ele chamou de uma peregrinação para ele mesmo, para a Lemuria. Eu gostaria de lhes contar o que aconteceu lá e o que aconteceu na sua segunda explosão de consciência. Porque nisso ele estava conectado à energia pleiadiana, o núcleo, a semente estava plantada aqui e ele sabia o que fazer com ela. Percebam, ele sabia que a mudança estava vindo. Precisava haver uma conexão entre a fonte e um indiano, por um indiano, através de um indiano com a Lemúria!

Os nodos e os nulos não estavam conectados daquela forma, precisavam vir dele. Em 1970, ele foi até a Lemúria, para o que eles chamam da Ilha Jardim. Naquele lugar, este homem decidiu reunir e construir um templo. Em seu sistema de crença, e naquilo que ele carregava com ele, estava um pedaço do ouro e é isso que dissemos a vocês antes. Não é um quebra-cabeças. As redes desse planeta não são carregadas de um lugar para o outro, mas as verdades que foram plantadas aqui, uma vez que foram encontradas, podem ser transportadas para qualquer lugar do planeta. 

É por isso que os indianos começarão a reencarnar em vários locais do planeta. O akashico mudará. E o motivo é porque, quando vocês despertarem em outra cultura e outra sociedade, vocês terão um pedaço da verdade e ela começará a ser espalhada para outras áreas. Este karma indiano mantém vocês juntos. Não é impressionante que um quinto da população viva aqui? Vocês nunca vão embora. Vocês sempre reencarnam como indianos. E isso se intensifica, intensifica, e ninguém vai embora. Mas eles irão! Não necessariamente fisicamente, mas através do akashico. Vocês começarão a espalhar este ouro, esta verdade de muitas formas para outras culturas muito lentamente. 

Meus queridos, este era o plano o tempo todo caso vocês conseguissem passar por 2012… esta é a essência da verdade de vocês mesmos, sem nenhum profeta, essa é a Unidade de Deus!

Gurudeva começou a construir o seu templo, sabendo que havia uma conexão entre a Lemúria e a Índia. Ele é aquele que os conectou. Vocês não acham interessante que ele foi capaz de fazer isso de forma tão fácil? Um estrangeiro não pode simplesmente comprar terras e fazer essas coisas com tantos aspectos legais. Mas, percebam, ele era um americano. Vocês percebem alguns dos planejamentos antecipados: um indiano nascido nos Estados Unidos - ele não teve nenhum problema em fazer o que precisava ser feito.

Então, a segunda explosão de iluminação aconteceu, em 2006! Vocês percebem o quão recentes são essas coisas? Havia o potencial da mudança acontecer o tempo todo. Ele tinha se conectado profundamente, Índia com a Lemuria. Você poderia dizer que havia uma corda dourada, uma linha lay debaixo da Terra. Uma conexão completa entre a semente dourada, conectando-se com aquilo que era a origem dos pleiadianos. Mas isso não é tudo. Na segunda explosão, ele começou a canalizar. 

O que ele canalizou ninguém neste planeta jamais canalizou e não canalizará por muito tempo. Ele canalizou informações que os pleiadianos deram a ele, mas ele não planejou isso da forma que vocês pensam. Não é como a canalização de hoje, não é como a canalização que estão ouvindo. Ele teve uma canalização atemporal. Ele foi para um lugar onde o tempo está suspenso, pois assim é do outro lado do véu. Ele viu um milhão de anos de história pleiadiana, levando à semeadura deste planeta e ao que aconteceu e até mesmo até onde ele estava na Lemuria. 

Um milhão de anos de história pleiadiana está disponível e ele deu para vocês através de um livro, de um indiano, porque ele estava conectado com a fonte. Ninguém tinha feito aquilo. E o livro é chamado: OS PERGAMINHOS LEMURIANOS (em inglês, LEMURIAN SCROLLS). Se você der uma olhada nele, você perceberá uma mensagem canalizada, vindo da fonte-semente da história deles de uma forma atemporal que confunde a imaginação... e tudo porque ele recebeu daqui.

O sistema estava no lugar, seu propósito de vida era conhecido. Gurudeva, nascido em um lugar para poder facilitar outro com a linhagem da verdade da Índia. Uma iluminação que aconteceu em curtos 40 anos, que o levaria para a Lemuria até 2012. Ele não conseguiu ver a mudança, mas não importa, pois tudo estava preparado, um belo lugar. Agora vocês sabem quem ele é, o que, e porquê. Há um garoto de 4 anos de idade neste momento no sul da Índia que é Gurudeva. Ele se lembrará? Veremos, pois ele tem livre-arbítrio. Alguns de vocês verão isso em alguns anos e dirão: “Precisa ser ele!”. Ele tem 4 anos.

Essas são as coisas que eu vim dizer a vocês, que são magníficas e explicam porque isso é tão diferente, e porque as crenças na forma original eram tão diferentes. Então, aquilo que não pode ser falado, que eu não posso realmente falar muito para vocês até que seja descoberto… eu disse que há 50.000 anos de história neste planeta e, no entanto, vocês rastreiam a sua de volta até apenas 13.000 ou 14.000 anos. Havia a Índia antes da Índia e a verdade-semente sempre esteve aqui, por 50.000 anos. 

Houve civilizações que despertaram aqui, antes da sua, com a verdade. A diferença é que a sua permaneceu, a sua foi desenvolvida, a sua foi vista e durou até a mudança. A sua foi levada para a Lemúria por Gurudeva, e esta é a diferença, um homem em seu caminho pouco conhecido fez uma grande diferença, porque ele era indiano. Eu quero que vocês pensem sobre isso. A linhagem que vocês têm, a responsabilidade que está aí, os motivos por trás das coisas que estão aqui. 

Então, eu quero que vocês se lembrem de minhas palavras: Procurem a alegria! Este é o teste: Procurem a alegria! Pois um homem santo ou uma mulher santa, quando exibem o amor de Deus, Ele brilha por sua face e vocês verão a celebração da Unidade. E você saberá!

É por isso que eu vim.

Namastê!

E assim é.


Canal: Lee Carroll
Tradução / áudio: Gustavo Amorim / KryonPortugues.com
Mensagem em áudio: http://kryonportugues.com.br/s/mensagens-em-audio/
Transcrição: Sementes das Estrelas / Isabela Assis
Veja mais mensagens do Kryon Aqui
Veja mais mensagens em áudio Aqui ou Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...