quarta-feira, 21 de março de 2018

MDJM



Antes de Melissa sofrer o acidente com o cavalo (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/10/o-que-e-o-v5-mensionado-pelo-pleiades-1.html), sua avó Calinha havia lhe contado algumas coisas que a deixou um tanto preocupada e no mínimo muito pensativa. Calinha havia chamado Melissa de canto e com um tom de preocupação e medo, mascarados de leveza e suavidade, lhe disse: “Minha netinha, você é uma menina muito querida e eu a amo muito! Em breve nós estaremos  juntas em outras terras…”. “Outras terras? Como assim, vó? Vamos nos mudar? O papai vai vender a fazenda? E o Giorgio?”, assustada perguntou Melissa. “Não se preocupe com isso minha netinha! Não se preocupe com isso..”, respondeu Vó Calinha tentando transparecer suavidade. Melissa ficou um tanto preocupada com aquelas palavras da Vó e logo que encontrou-se com Giorgio contou-lhe daquele devaneio estranho da Vó Calinha. Ele percebeu sua preocupação com a situação e tentou distrai-la à sua forma brincalhona. 

Vó Calinha, era uma médium vidente, mas, naquele instante, ficou com receios de ter falado algo à Melissa que pudesse feri-la, então foi visitar sua amiga Maia para tirar as provas daquilo que havia visto. Maia morava nas redondezas da fazenda da família de Melissa. Ela era uma grande feiticeira branca. Calinha levou Melissa junto à ela. “Olá minha velha amiga, Maia! Está é minha netinha Melissa, é linda né?”, falou Vó Calinha. “Muito linda! Pele boa! De certo deve estar apaixonada!”. As duas senhoras riram, enquanto Melissa mais parecia um tomate de tão corado que ficou seu rosto. Maia parou por um instante, “Com licença minha filha”, colocando a mão sobre o ventre de Melissa. “Desculpa minha filha, mas essa criança não vai nascer”. Vó Calinha caiu aos prantos, pois isso confirmara  o que ela tinha visto. “Como não? Por que ela não pode nascer? O que eu fiz para ela não poder nascer? Como eu vou contar isso para o Giorgio? Questionava Melissa em desespero e com o rosto lavado de lágrimas. Melissa em prantos tentou sair correndo dali, mas a Vó Calinha a segurou pelo braço, “Calma minha filha, vai ficar tudo bem”. 

Melissa sentou-se num canto inconformada com aquela notícia, chorando as lágrimas que podiam ser derramadas daqueles  doces olhos. Enquanto isso, Vó Calinha falava com Maia, “faça um daqueles seus chás para que Melissa fique mais calma e esqueça um pouco do que viu aqui”. Prontamente a feiticeira branca tratou de fazer um chá, na verdade, uma porção. “Tome uma chazinho minha netinha, você precisa acalmar-se”, falou Calinha apontando um xícara de chá para Melissa. Ela, ainda chorosa, tomou aquela porção milagrosa. Em poucos minutos, conversava com aquelas duas senhoras como se nada houvesse acontecido, na verdade, não lembrava o motivo de estar ali e a impressão que tinha era apenas que havia ido junto à sua Avó fazer uma visita à velha amiga dela, Maia.

No dia em que Melissa deixaria o plano físico, ela não acordou bem. Levantou-se às 6h da manhã, muito triste, abatida e com algo que profundamente apertava seu coração. Antes de sair da cama, viu uma pequena Luz azul entrando em seu quarto. Mas parecia um vagalume, mas não era. Essa luz andou por todo quarto, e ela acompanhava com aqueles olhinhos verdes apaixonantes. Sentia-se confusa ao olhar aquela Luz, mas ao mesmo tempo uma tranquilidade vinha ao seu coração, aliviando aquele peso que sentira ao acordar. Ouviu nitidamente uma voz muito forte na sua mente. Era uma voz imponente, enérgica, porem muito amorosa que dizia: “Tornar-se-ão UM em consciência disso, passem as eras que passarem, assim o será. As dores do mundo nunca serão maiores do que o ímpeto determinado de corações missionários”. Era um Anjo, era Miguel, o príncipe Miguel e ele sabia do que falava. 

Melissa adormeceu novamente, rapidamente, após ouvir essa mensagem. Acordou 15 minutos depois, voltando a sentir aquela angustia e tristeza profunda. O Sol já havia se erguido no horizonte, já se podia ver os primeiros raios surgirem. Era uma manhã razoavelmente fria e naquele dia algo “estranho” aconteceu. A maioria dos cavalos amanheceram deitados, como se estivessem doentes. Haviam muitos cavalos, e logo pela manhã, normalmente, já ficavam agitados com os inicio dos trabalhos do dia no estábulo. Melissa já havia montado em muitos deles, desde pequenina, na companhia dos tios e tias, pai e mãe, e ela mesma. Mas naquele dia a maioria dos cavalos não levantaram, permaneciam deitados, o que não era normal naquele ambiente de trabalho, pois muito cedo os trabalhadores da fazenda já iniciavam suas movimentações o que normalmente fazia com que todos eles se agitassem. Mesmo com os funcionários da fazenda fazendo de tudo para levantá-los, era em vão, eles não se erguiam. Pareciam recusar- se serem o instrumento que levaria ao desencarne daquela linda moça. 

Dentre muitos cavalos da fazenda, apenas 3 ergueram-se e um deles era o cavalo que Melissa andaria naquele dia. Melissa não quis tomar café, estava muito abatida. Saiu do quarto e foi andar um pouco pela fazenda, com olhar profundamente distante, não parecia a mesma moça de sempre. Ela sabia e presentia o que aconteceria horas a frente…

Melissa e Giorgio estão encarnados novamente no plano físico terrano e além de sustentarem o V5, estão também fazendo uma unificação várias de Eras. Para auxiliar este movimento, um projetor de suporte fora apontado para o plano terrano e Maia, que também está encarnada, será a sustentadora deste projetor! Um Geométrico Sagrado que representa esta força foi criado. (Este que ilustra essa publicação). 

Maia é, também, a representante energética direta da frase de Miguel: “Tornar-se-ão UM em consciência disso, passem as eras que passarem, assim o será. As dores do mundo nunca serão maiores do que o ímpeto determinado de corações missionários". Maia é a primeira apoiadora direta dessa Força no plano terrano e quando passar a receber a projeção do projetor especifico, estará mais consciente disso. Sinais claros serão dados que sustentarão as verdades das informações aqui entregues, para que não haja a menor dúvida do poder desse movimento. 

É até onde Jesus me permite ver e transmitir.

Gabriel RL
      
 INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI
ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI
TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI
See more NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE
INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

----------------------------------------------------------------------------------------

VEJA MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS CLICANDO AQUI

Amor e Bênçãos,

Gabriel RL 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...