background

quinta-feira, 31 de maio de 2018

A LINHA PALESTINA: AS VELHAS BATALHAS GALÁCTICAS PARA ILUMINAÇÃO



Séculos antes de Cristo, grupos de seres que tinham ajustamentos kármicos se aglomeraram pelo Oriente Médio, onde toda energia desse movimento concentra-se, fortemente, em toda a região da atual Palestina. São seres vindos de vários setores da Galáxia e que já se enfrentaram em guerras galácticas há milhares de anos, a exemplo do que aconteceu em Nova Aurora, na Constelação de Lira. (Vide sobre: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/04/fragmentos-de-nova-aurora-chegam-ao.html). Outros conflitos semelhantes ocorreram em outros setores da galáxia, como nas Plêiades, em várias ocasiões, a exemplo do movimento Caiel e Coiel, naquela região. (Vide sobre: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/11/quem-sao-caiel-e-coiel-mencionados-pelo.html). Guerras ocorreram também em setores de Órion, Virgem, Sirius, Arcturus e Capela e muitos desses seres, por misericórdia divina, encarnaram em massa no Oriente Médio e, como já dito, condensando-se na Palestina. Muitos desses seres em elevação de consciência vieram da Constelação do Cocheiro, especialmente da estrela Capela: 

“Resolvida, pois, a transferência, os milhares de espíritos atingidos pela irrecorrível decisão foram notificados do seu novo destino e da necessidade de sua reencarnação em planeta em estágio primário de desenvolvimento. Reunidos no plano etéreo daquele orbe, foram postos à presença do Divino Mestre para receberem o estímulo da esperança e a palavra da Promessa, que lhes serviriam de consolação e de amparo nas trevas dos sofrimentos físicos e morais, que lhes estavam reservados por séculos. Grandioso e comovedor foi então o espetáculo daquelas turbas de espíritos, que colhiam os frutos dolorosos de seus desvarios, segundo a lei imutável da eterna justiça. Foi assim que Jesus recebeu, à luz do seu reino de amor e de justiça, aquela multidão de seres em processos dolorosos. Com a sua palavra sábia e compassiva exortou aquelas almas desventuradas à edificação da consciência pelo cumprimento dos deveres de solidariedade e de amor, no esforço regenerador de si mesmos. Mostrou-lhes os campos de lutas que se desdobravam na Terra, envolvendo-os no halo bendito de sua misericórdia e de sua caridade sem limites. Abençoou-lhes as lágrimas santificadoras, fazendo-os sentirem os sagrados triunfos do futuro e prometendo-lhes a sua colaboração cotidiana e a sua vinda no porvir. Aqueles seres desolados e aflitos, que deixavam atrás de si todo um mundo de afetos, não obstante os seus corações empedernidos na prática do mal seriam transformados na face do planeta Terra. Por muitos séculos não veriam a suave luz de Capela, mas trabalhariam na Terra acariciados por Jesus e confortados na sua imensa misericórdia.” - Capítulo 8 do Livro “Os Exilados de Capela”.

Outra parte veio de Nova Aurora, outra do Sistema Estelar Harmitiano e outros em menor quantidade vieram de Órion, Arcturus, Plêiades, Sirius e Virgem, todos com ajustamentos kármicos de guerras entre si e dentro de suas próprias regiões estelares. (Evidentemente há seres de outras estrelas encarnados naquela região, mas esses aqui citados são os que ali encarnaram com maior freqüência e que possuem ajustes kármicos entre si. E também não se deve generalizar dizendo que todos os conflitos na região se deva, exclusivamente, a esse movimento energético específico, mas boa parte da energia de guerra e conflitos deve-se à condensação de pensamentos bélicos, ancorados e materializados por esses seres estelares ainda motivados pela vingança, dominação e poder trazidos de velhos tempos galácticos). Essa energia está ali há milhares de anos e muitos seres com pensamentos pacíficos desejaram encarnara ali para ajudar a equilibrar e a promover a paz na região. 

Antes que movimentos de paz e serenidade pudessem ter grande influência na região, seres negativados líderes do plano etérico dessas regiões trataram de mover as coisas para que qualquer um que ali descesse a fim de promover a paz fosse massacrado mortalmente e não tivesse voz alguma para desfazer sua fonte de energia e sustentação, a guerra e os conflitos em todos os sentidos. Muitos seres iluminados decidiram ali encarnar e ancorar Luz, independente das ameaças das forças negativas, e iniciar os movimentos de paz. Porém, foram perseguidos de todas as formas, atormentados com problemas físicos, psicológicos, obsediados, torturados e uma séria de outras formas que os irmãos negativados encontravam para expulsar daquela região esses agentes da Luz. Determinadamente, os Seres de Luz continuavam encarnando ali antes da chegada de Cristo, intencionando a limpeza do ambiente para a chegada do Mestre do Amor. Alguns seres que estão encarnados atualmente e trabalhando junto a mim dentro do PVSE atuaram dos dois lados da força e, claro, muitos que estão lendo essas informações. 

Movimentos de perseguição aos Agentes da Luz encarnados se espalharam através de encarnados influenciados pelos líderes negativos do plano etérico inferior. Ocorreram perseguições de todas as maneiras aos seres que desejavam a Paz. Dentre os perseguidores estava Khaled Monoten, um especialista em estratégia. Este criava planos para emboscar e aprisionar os Agentes da Luz curadores e empoderadores. Todas as vezes que se encontrava com um deles, Khaled era surpreendido com frases como: “Você é um dos nossos, que fazes deste outro lado?” E Khaled atormentava-se profundamente, pois não conseguia compreender o motivo de estar perseguindo aquele povo de bom coração. Junto a Khaled estava Aziz, também estrategista e mercenário desta época (bem antes de Cristo). Aziz não gostava de perseguir ninguém nem torturar, tanto que não o fazia, mas recebia moedas de ouro para descobrir onde certas pessoas estavam e as entregava. Sempre fazia isso, mas com peso no coração. Aziz também era um excelente tradutor de línguas e, por conhecer várias delas, era usado pelos “poderosos” para traduzir o que prisioneiros estrangeiros diziam. Assim como Khaled e Aziz, outros como Jamil, Amin, Samira, Anena e Abil também estavam encarnados nesta época, e todos eles atualmente estão trabalhando junto a mim dentro do PVSE. (Obviamente todos com uma consciência elevada ou mais elevada que antes). 

Em algumas oportunidades, quando esses seres promovedores da Paz eram perseguidos, um ser com aspecto de mendigo aparecia para alguns desses perseguidores. Apareceu algumas vezes para Khaled e dizia: “Está cansado, meu filho? Eu sei que está… Você não precisa mais fazer isso. O tempo quando tudo isso terminará está chegando, e chegará com uma Luz que, como um Raio, descerá do Céu! (Falava da encarnação de Jesus, futuramente). Todas as perseguições talvez não cessem, talvez até aumentem, mas cessará a sua perseguição a essas pessoas, pois quando essa Luz descer do Céu e estiver entre nós, você se reconhecerá como um desses que persegue, e não mais tornará a fazê-lo. Você pode iniciar cessando agora, enquanto falo a você.” Khaled confuso perguntou àquele mendigo quem era ele. O mendigo apenas sorriu e disse: “Nós somos amigos, e nos encontraremos de novo…”. E, de fato, se encontrariam mais adiante, quando Jesus encarnasse. O mendigo era Zero i, que encarnou também nos tempos de Jesus e após trazer algumas mensagens a esses perseguidores e também aos perseguidos, não mais apareceu. Ele foi se preparar para a descida com o grupo de seres que viria a encarnar nos tempos de Jesus, futuramente. 

Muito tempo de perseguições, conflitos, dor e sofrimento mantiveram a aura da região muito pesada, mas graças aos esforços determinados dos Guerreiros da Luz, viu-se uma suavidade na região e o Mestre do Amor pode encarnar com grande aparato. Muitos personagens desses tempos passados de perseguições voltaram a encarnar na região no tempo de Jesus e em outros tempos posteriores. Alguns desses citados aqui encarnaram no tempo de Jesus, como dito acima, e tiveram oportunidades grandiosas de renascimento. Khaled, voltou a encarnar como Síru e Aziz como Zaqueu:

“Ali Khaled era um homem que andava muito com aquele conhecido como Tomé, que viria a ser apóstolo de Jesus. Quando Tomé conheceu Jesus e posteriormente foi chamado para o apostolado, ele falou de Jesus para Síru. Síru ficou interessado em saber mais sobre aquele homem, Jesus. Na casa de Zaqueu, quando Jesus estava presente, Síru, em uma oportunidade, conseguiu se aproximar dele e perguntar: ‘És Tu… és Tu o homem de quem Tomé me fala… Certamente que és!…’. Ao que Jesus com seu olhar amoroso e falar firme disse: ‘És tu, homem, que tem o domínio dos quatro elementos?’ Ele não sabia do que Jesus estava falando, obviamente. Então, Jesus convidou-o, em particular para, em outro momento, irem a um determinado lugar. Combinaram, então. Três dias depois, Síru estava em um lugar mais deserto, esperando por Jesus. Síru viu Jesus vindo em sua direção e ficou nervoso, pois mesmo que, naquele momento, conscientemente, não soubesse quem era Aquele Homem, o seu interior sabia e gritava quem ele era. Jesus chegou e, rapidamente,  disse:  ‘Feche seus olhos, Síru... Agora erga suas mãos.’ - Continuou ele. Jesus pegou um punhado de Terra e colocou-o nas mãos de Síru dizendo: ‘Segure’. Síru segurou com as duas mãos e, como por encanto, aquela porção de terra transformou-se em água. Síru desesperou-se tentando entender o que estava acontecendo. Jesus o acalmou e disse: ‘Síru, você pode fazer isso e muito mais. Basta que permita que isso flua de você.’ Síru já sabendo dos milagres de Jesus, disse: ‘Senhor, tu mesmo poderias ter feito isso…’ E Jesus disse: ‘Não só poderia como posso, mas isso foste tu que fizeste’. E Jesus continuou: ‘Quando eu deixar este Reino estarás com José de Arimatéia e ele te ensinará muitas coisas, pois ele é como tu…’. Terminando ali, Jesus pediu que Síru fechasse os olhos, e assim ele fez. Quando abriu, segundos depois, Jesus não estava mais ali. Uma hora depois, Síru chegou a um povoado e, para sua surpresa, Jesus estava ali, sentado em meio àqueles homens e mulheres falando justamente sobre os quatro elementos.” (Excerto da Cosmobiografia de Antheera, a Nona Guardião do Vrill - o mesmo ser que foi Khaled) - Vide Glossário, letra A: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/10/o-pleiades-1-informacoes-e-glossario.html).

Amin também esteve encarnado nesta época como um essênio. Samira, Anna e Abil também. Todos em busca de uma expansão de consciência e de garantir que movimentos do passado não voltassem a ocorrer. Zero i também esteve encarnado nessa época, quando foi Timóteo. E como havia prometido a Khaled naquela encarnação passada que se encontrariam novamente, encontraram-se. Agora Zero i como Timóteo e Khaled como Síru, Timóteo disse a Síru: “Eu disse que nos encontraríamos…” Síru não entendendo nada apenas sorriu, e Timóteo continuou: “Tanto que daqui em diante nos encontraremos mais, pois é nosso plano trabalharmos juntos tanto lá em cima como cá embaixo” (referindo-se ao apoio mútuo, tanto dos planos espirituais como dos encarnados). Síru continuou sem entender e Timóteo concluiu: “Importa que seu coração esteja renovado e dar-te-ei, num futuro, as lembranças de tudo isso mais claramente, para que não tenhais dúvidas do teu sacerdócio divino”. 

Foram muitos movimentos para tratar dessas energias nessa região. Muitos trabalhos e entregas profundas de seres determinados a tratarem seus movimentos kármicos e uma série de situações que, de um modo geral, viriam a ajudar em todo o processo de libertação das cargas pesadas nesta região. Seres de vários sistemas estelares reunidos ali. Seres com muitas heranças kármicas e conflitos galácticos, determinados a continuarem com os conflitos e outros a terminarem entrando numa era de paz. Até mesmo muitos daqueles que entravam desejando a paz acabavam se deturpando segundo uma velha ideia de que “para termos paz temos que ir à guerra” e, novamente, mais dor, mais sofrimento, e os ajustes kármicos naquela região se estendiam ainda mais. 

Mesmo depois da descida de Cristo, algumas décadas após, cerca de duas a três gerações posteriores, havia um grupo de pessoas, descendentes dos fariseus. Eles participavam de um movimento que tinha como principal objetivo perseguir os cristãos. Recebiam dinheiro dos romanos para isso. Infiltravam-se entre os cristãos, para que pudessem observar atentamente e identificar aqueles que tinham uma maior predisposição a se tornarem profetas, a fim de tirá-los de cena. Novamente, agora com menos força que antes, graças a Luz de Jesus ancorada na superfície e irradiada intensamente naquela região, perseguições ainda ocorriam, desta vez mais direcionada: destruir os seguidores de Jesus para que “a doença não se alastrasse mais”, diziam os representantes dos poderes de Roma e aqueles que se afinavam com essas ideias. 

Alguns destes personagens aqui citados novamente estavam encarnados, outros não; outros ainda viriam a encarnar bem depois. De qualquer forma, os corações daqueles que perseguiram os colaboradores do Cristo antes mesmo da sua descida, agora também eram colaboradores dessa força amorosa. Agora ajudavam os Cristãos a escaparem do poder perseguidor romano, mesmo que fossem de denominações religiosas da época, que não tinham Jesus como um profeta verdadeiro. Muitos cristãos e não cristãos morreram e morrem até hoje por disputas e velhas rixas naquela região. O campo mórfico (Vide sobre ambiente mórfico: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/11/salusa-os-campos-morficos-e-os-saltos.html) ainda reina ali de épocas passadas e o P1  chama a todos os que se sentirem sintonizados com essa história a se unirem, em Amor a todos os personagens desse movimento, ajudando-os nesse trabalho de iluminação desta linha. Apesar de todos os personagens citados aqui estarem trabalhando junto a mim e eu saber quem são cada um deles, você que, neste momento, lê esse relato pode ser um dos que não foram citados aqui e se sente chamado a ajudar nessa iluminação, cujo status será mostrado nas Notas do Plêiades 1 (P1). Conecte-se, então, com esse movimento levando todo o seu Amor para esta linha. Aquela região tem importantes vórtex de Luz que precisam ser ativados, fato que garantirá que a Paz definitiva chegue ali o mais rápido possível. Como ali o campo mórfico ainda é muito intenso, é naquela região que as forças negativas, ou melhor, o que resta delas no planeta, estão se concentrando na tentativa de continuarem na Terra alimentando-se do medo, dor e desespero gerados ali e/ou escaparem usando os portais interestelares que ali existem. (Vide sobre os Portais: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/04/relatorio-da-frota-prateada-portais-na.html). Uma concentração de mentes poderosas como essas que estão lendo esse relato visualizando o ambiente completamente iluminado e todos sorrindo felizes e radiantes, acelerará esse processo de Paz definitiva e ajudará na remoção dos resquícios de trevas que ainda estão ali. Espalhem esse texto em suas redes sociais, criem vídeos / meditações especiais, façam imagens daquela região iluminada, estejam com o coração aberto e reverberante! Aquela região faz parte da nossa história! A maioria de nós passou por lá e é mais uma missão nossa trabalhar pela iluminação daquela Terra que é, de fato, Sagrada. (Por isso que é tão perseguida).

Um Símbolo Geométrico que representa a iluminação desta linha foi canalizado. É este que ilustra essa publicação.

Uma página oficial poderá ser criada por Khaled/Síru em companhia de Aziz/Zaqueu (primeiros responsáveis por este movimento dentro do PVSE) e apoiados por todos os demais personagens reais deste relato e todos os que se sintonizarem e desejarem se juntar a este trabalho, para o movimento iluminador desta linha. A página oficial ao ser criada ficará disponível aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/11/pleiades-1-chamada-aos.html (procurar por: A LINHA PALESTINA).

Queridos personagens dessa linha de tempo e chamados para este movimento iluminador, sejam todos muito bem-vindos! Que esse reencontro marque a força da unificação e iluminação! Eu fico sempre muito honrado em poder ser o transmissor dessas histórias reais e lhes dar a oportunidade de saberem um pouco mais do seu passado neste Planeta. Que Jesus possa continuar me abençoando para que eu também possa abençoar quantos eu puder, através de informações que venham a ajudar cada vez mais a unificação dos povos e a iluminação das consciências! Mais um trabalho, em uma nova consciência! Graças a Deus!

É até onde Jesus me permite ver e transmitir. 

Gabriel RL

Em uma nota final, meus queridos, algumas pessoas estão criando páginas usando os nomes de alguns relatos que eu estou trazendo, dizendo serem elas os representantes desses movimentos. Alerto que, todas as páginas oficiais desses movimentos ficam disponíveis no link a seguir, e qualquer uma que NÃO esteja nessa lista eu não me responsabilizo pelas informações entregues: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/11/pleiades-1-chamada-aos.html.


REVIÃO DE TEXTO: MARILENE P. COSTA E SOLANGE YABUSHITA 

SOLICITE SUA COSMOBIOGRAFIA / SÍMBOLO PESSOAL PESSOAL CLICANDO AQUI

TOMANDO CONSCIÊNCIA DO SEU EU DIVINO CLICANDO AQUI
MESTRADO: (MESTRE RENIY / MESTRE URY) CLIQUE AQUI

-------------------------------------------------------------------------------------

VEJA MAIS NOTAS DO PLÊIADES 1 CLICANDO AQUI 
INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI
CHAMADA AOS AGRUPAMENTOS/FALANGES! CLICANDO AQUI
TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI
ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI

AS ILHAS E SUAS EXPRESSÕES CLICANDO AQUI
OS CANTOS DAS SETES RAIZES CELESTES CLICANDO AQUI

SEE MORE NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE
INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

----------------------------------------------------------------------------------------

VEJA MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS CLICANDO AQUI

Amor e Bênçãos,

Gabriel RL 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...