quinta-feira, 17 de maio de 2018

MÃE TERRA - "SEMPRE EXISTE UMA ESCOLHA" - ABRIL / 2018



Querido Filho da Terra,

Falo com você a partir das profundezas do solo sob seus pés. Eu sou a voz da Terra. Descanse em mim e deixe-se relaxar. Permita que toda a tensão abandone seus músculos, que geralmente estão contraídos e tensos. Atenção especial deve ser dada aos músculos dos seus ombros e pescoço. Relaxe-os, presumindo que eles querem relaxar e que você só precisa concordar com o desejo natural do seu corpo de estar em repouso. 

Sinta os músculos faciais ao redor dos seus olhos e da sua boca, e libere a tensão existente nessa região. Acompanhe-me e mergulhe mais profundamente em seu corpo. Sinta um fluxo benéfico de tranquilidade e suavidade surgir em seu abdome. Agora aprofunde-se em seu cóccix, em seus quadris e coxas, e tome consciência dos seus joelhos. 

Concentre sua atenção nos seus joelhos. O que você sente aí? Geralmente há muito conhecimento acumulado nos joelhos. Você consegue sentir o fluxo de energia nos seus joelhos? Talvez haja uma diferença entre o joelho esquerdo e o direito. Observe-os com um misto de interesse e respeito. Será que um deles está mais frio do que o outro? Será que um deles precisa de mais calor? Presuma que o próprio joelho sabe o que é bom para ele. Você não precisa criar o calor necessário, pois este já está no seu corpo. Simplesmente permita que ele flua. 

Perceba o que o frio em ambos ou em um dos seus joelhos representa; que tipo de energia existe ali? Se um dos joelhos está frio, existe uma certa tensão impedindo o fluxo natural de calor em seu corpo, e isto pode ter um impacto nas suas pernas, nos seus pés e no seu aterramento em geral. Dê uma olhada no que pode estar incomodando-o. Talvez você veja aí uma figura que expresse determinada emoção. Neste caso, olhe mais de perto. Ou talvez veja um símbolo daquilo que o está restringido. Observe o joelho de uma forma tranquila, impessoal. 

Isso é você, é o seu corpo, portanto não tenha medo de realizar esse processo. Saiba que você carrega naturalmente uma energia curativa poderosa. Então, quando você simplesmente observa uma parte do seu corpo que se sente restringida ou bloqueada, ou que se sente indigna de ser incluída, essa parte se modifica. Com a sua atenção e o poder da sua luz cósmica, você aquece essa parte. Além disto, por mim – a própria Terra que vive em seu corpo – também corre um fluxo natural de cura. Portanto há melhora e cura à sua disposição provenientes de nós dois. 

Você está do lado do bem, portanto é mais forte do que o mal. O mal é o que você permite que seja desprovido de luz, de calor, de amor, de alegria. O mal geralmente é algo que você faz a si mesmo porque acredita não merecer o bem; porque acha que devia ser ignorado ou abandonado, por ser indigno e não ser suficientemente bom para ser incluído. Como foi que você chegou a esta conclusão? Esta não é a opinião da Terra, e sua alma cósmica não fez esse julgamento a seu respeito. 

Como ser humano, você se encontra entre duas forças – a Terra e a sua alma – mas pode ficar soterrado sob as ideias e julgamentos negativos do mundo humano que o rodeia. Se você se sentir pequeno devido a esses julgamentos sociais, e com isto se fizer pequeno, terá pouca resistência contra o fluxo de energia negativa. O frio permeará seu corpo e você se sentirá menor ainda e mais impotente.  O problema – em relação a mim (Terra) e às forças cósmicas que desejam ajudá-lo – é que nós nunca o forçaremos a se abrir para nós. Como ser humano, você possui livre-arbítrio, e é aí que se encontra a fonte de todo o seu crescimento e evolução… no fato de você poder escolher. 

Estamos sempre ao seu lado. Sua alma está constantemente batendo à sua porta; ela quer chegar a você, ela não deseja nada melhor do que fluir através de você. É nisso que reside a fonte de felicidade da sua alma. Minha energia também está à sua disposição. Eu desejo nutri-lo, vê-lo crescer e prosperar. É isto que me faz feliz e completa; é nisto que reside a minha satisfação… em lhe dar as raízes que você necessita aqui como anjo de luz na Terra. Mas não podemos fazer nada se você se fechar contra o que está disponível para você. É aí que reside a sua força… na sua habilidade para escolher. 

Esses recursos não estarão à sua disposição se você não fizer uma escolha, ou se pensar que não tem nenhuma escolha. Este é o maior problema de ser um humano. Você pode pensar que sua alma, ou seu eu superior, tem controle sobre a sua vida… ou talvez pense de um modo mais tradicional, que Deus tem controle sobre sua vida; mas este não é o caso. Você é quem tem o controle da sua vida! Só você pode decidir voltar-se para sua própria grandiosidade como alma, e para o poder estimulante da natureza ao seu redor. Você tem esse poder sobre si mesmo; você sempre pode escolher. 

Agora sinta o quanto você está aberto para a luz da sua alma e para os meus poderes – os poderes da Terra. Concentre-se primeiro em mim. Leve sua atenção dos seus joelhos para suas pernas e pés, e sinta os centros de energia ou chacras em seus pés. Você pode imaginar que vê alguma coisa girando ao redor dos seus pés, ou talvez veja uma cor ou uma forma. Mergulhe profundamente nos seus pés. Você sente que eles fazem parte de você? Será que um dos pés está mais firmemente enraizado do que o outro? Pergunte aos seus pés: “Eu me permito ser conduzido pela Terra? Eu confio na Terra? Eu acredito que existem forças da Terra que desejam oferecer-me sustento constante e levar-me aonde eu preciso estar?”

Para simplificar, imagine que nos chacras dos seus dois pés há uma pequena porta que pode estar totalmente aberta, ou fechada ou semiaberta. Olhe para o centro do seu pé esquerdo para ver o quanto sua porta está aberta para receber a energia nutridora da Terra… quanto ela está aberta para que você receba essa energia. Agora olhe para o centro do seu pé direito. Aí também existe uma porta. Veja o quanto ela está aberta. 

Ao se observar desta maneira, com um sentido de respeito e descoberta, você muda algo dentro de si mesmo. Você escolhe estar consciente de quem é e da posição em que se encontra. Você opta pela luz. Quando se move no fluxo de escuridão, negatividade, autopiedade, raiva ou ansiedade, você não olha mais para si mesmo; não existe nenhum interesse nem abertura para si mesmo, e você é levado junto com as portas que vão sendo fechadas. A reabertura dessas portas começa com o amor por si próprio, com uma atenção equilibrada, imparcial, e com a liberação do julgamento. 

Finalmente, coloque esta questão para seus dois pés: “No meu dia-a-dia, o que mais me ajuda a permitir a recepção de mais energia terrena, mais apoio, encorajamento e segurança? Em que situação eu sou mais alimentado pelas forças da Terra?” Sinta, no fundo do seu ser, que você tem uma escolha, que existe em você a opção de escolher mais luz e abertura para si mesmo.  

Em seguida, dirija sua atenção para cima, para o seu coração. Leve sua consciência para essa área do seu peito e olhe para o centro do coração, para o seu chacra cardíaco. Veja se surge alguma imagem desse centro… uma flor, uma bailarina, uma criança – o que quer que seja – e deixe que ela apareça. Permita que esse símbolo represente o quanto você está aberto para energias amorosas do cosmos, para sua alma e seus guias, para tudo que deseja vir dessa dimensão. 

Você pode usar este método simples para ver até que ponto algo o detém. Para isto, imagine uma mão aparecendo em seu chacra cardíaco, que ou está aberto, ou fechado, ou semiaberto. Você pode imaginar uma ou duas mãos, mas observe como elas aparecem. Num extremo há um punho cerrado, que está na defensiva e não quer, nem consegue, receber. No outro extremo, as mãos estão abertas em total aceitação e receptividade. Sinta por um momento a tensão em suas mãos e tente relaxá-las o quanto for possível. Sinta esse relaxamento estendendo-se até as pontas dos seus dedos. 

Solte todo o excesso de tensão e receba! Permita que a energia da sua alma flua por você de maneira natural – e ela fluirá por si mesma. Sinta paz e tranquilidade nessa energia e nessa liberação. Sinta como você é tocado, tanto de cima quanto de baixo, por campos de energia que são curativos e que fazem parte de você naturalmente. Você tem a opção de se sintonizar com essas energias sempre. Permita que as energias terrenas e cósmicas se unam e se fundam. Elas devem estar juntas, pois são parceiras. Permita que elas se unam em seu abdome. 

No seu dia-a-dia, você tem que lidar com influências que o afastam do seu poder, da sua liberdade e da sua escolha. É por isto que lhe pedimos que se afaste regularmente dessas influências, voltando-se dentro de si mesmo e restaurando suas conexões com sua alma e com a Terra – isto lhe é muito benéfico! Ao fazer isto, você não se distancia do mundo; você se recarrega e contribui para a construção de um novo mundo. E este novo mundo se encontra fora dos conceitos e modos de pensar existentes. Mas você consegue fazer isto. Você tem o poder e a autodeterminação necessários para seguir um novo caminho; e eu gostaria de incutir este fato em você. 

Não desejamos nada mais do que o seu florescimento; então abra-se para nós, para as forças ao seu redor, para a sua alma, para a Terra. Existe uma força em nós, e também um conhecimento, que não podem ser demonstrados para o modo racional, mundano de enxergar as coisas. A prova da existência dessas forças é que você pode senti-las dentro de si mesmo, sintonizar-se com elas e, assim, viver de acordo com elas. Nisto está a prova de que elas são reais e eficazes. Escolha e torne-se um ser humano conduzido pelas forças do Céu e da Terra, e, com isto, torne-se um novo caminho – um novo caminho autoconsciente para a humanidade. 

Obrigada por vir aqui hoje.  


Canal: Pamela Kribbe           
Tradução: Vera Corrêa - veracorrea46@gmail.com
Veja mais mensagens da Mãe Terra Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...