background

terça-feira, 17 de julho de 2018

SINCRONIA DE INFORMAÇÕES - "NOTAS DO P1 & FATOS E ACONTECIMENTOS" – JULHO / 2018



Sabemos que muitos leitores do Blog Sementes das Estrelas estão acompanhando e fazendo o cotejo dos enunciados das Notas do P1 e/ou mensagens canalizadas com os fatos que estão ocorrendo no atual momento histórico em nosso planeta, ou além. A comparação permite constatar o quanto são precisas as informações que estão sendo entregues à Humanidade via canalizações e a seriedade desse trabalho do qual Gabriel Raio Lunar é um expoente.

---------------------------------------------------------------------------------------

Tema: “Aprendendo com os Meninos da Tailândia”

É certo que quase o mundo inteiro tem acompanhado o caso do time de meninos da Tailândia desaparecido desde o dia 23. Foi noticiado que "Os 12 meninos e seu treinador estavam explorando as cavernas de Tham Luang Nang Non em 23 de junho do corrente ano e ficaram presos quando o local alagou devido às chuvas. Eles foram localizados dez dias depois." (Vide https://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/mais-quatro-meninos-sao-resgatados-de-caverna-na-tailandia-nesta-segunda). E logo começaram os complicados trabalhos de resgate. No domingo, dia 8, a Marinha e os bombeiros trabalhando juntos conseguiram fazer o primeiro resgate e foram retirados quatro meninos. Há uma infinidade de material disponível nas mídias sobre esse assunto, inclusive no nosso “Jornal Galáctico”, o P1. (Jornal Galáctico é o nome que o Pai João de Aruanda, em canalização do Gabriel, deu às Notas do P1.)

O P1 está acompanhado esse acontecimento como quem cuida para que os Planos dos Céus se cumpram e vai trazendo breves notas para atualizar a informação. No dia 06.08, dois dias antes do resgate inicial, saiu a primeira: "Nota 644: Chaves para libertações cavernosas encontradas!” No dia 09, a segunda: "Nota 646: Chaves para libertações cavernosas encontradas!(2)". E no dia 10, Nota 648, a terceira: “Chaves para libertações cavernosas encontradas!: assimilação de mensagem maior em andamento.”

Três motivos importantes justificam o registro dessa sincronia entre o P1 e o fato ocorrido na Tailândia: a precisão do nosso “Jornal Galáctico”, o bem sucedido resgate dessas pessoas e as lições e aprendizados decorrentes desse acontecimento. Nesse momento, há pessoas do mundo todo refletindo muito sobre o ocorrido e divulgando suas conclusões. Há muitas reflexões valiosas acontecendo. Muita revisão dos valores que orientam nossos pensamentos e ações. O fato na Tailândia foi doloroso e houve a “perda” de uma pessoa, o mergulhador voluntário, todavia está deixando um saldo positivo, que é a revisão pela humanidade de alguns valores que, inevitavelmente, estimularão a evolução das consciências. Podemos exemplificar alguns pontos dessa revisão de valores, com breves recortes que coletamos da internet:

Elilize Neves compartilhou uma bela mensagem dizendo que no período em que os garotos ainda não haviam sido encontrados, eles experimentaram vários graus de ansiedade, medo, confusão, vulnerabilidade e dependência e, talvez, desesperança. A meditação ajudou-os a passarem dezesseis dias numa caverna embaixo da terra, no escuro, com pouco alimento, e sem respirar direito. E que o professor do time ensinou aos meninos meditação, cujo resultado foi muito bom, pois isso tanto os acalmou como reduziu o gasto de energia deles. Com esse  comentário, foram mostradas as amorosas ações do professor que também deu a sua parte de comida e água aos meninos, enquanto eles não eram localizados. Esse treinador - disse ela - sabe-se que ele ficou órfão aos 10 anos, então estudou para ser monge, mas deixou o mosteiro para cuidar de sua avó doente em Mae Sai, no norte da Tailândia. Lá, ele dividiu seu tempo trabalhando como ajudante em um mosteiro e treinando o time de futebol. No acidente da Tailândia, tivemos a satisfação de conhecer esse jovem e identificá-lo como um ótimo exemplo de ser humano consciente, responsável e amoroso, bem como o Planeta precisa.

Anita Da Silva Castro compartilhou um link no grupo PROSPERIDADE- FALANGE SILVESTRA, dizendo: “... o resgate dos meninos e seu técnico foi um sucesso e apesar de todas as dificuldades ambientais e do local de difícil acesso onde esses anjos estavam tudo correu bem, e os nossos 12 meninos e seu treinador estão a salvo. Fico feliz de ter sido uma dessas milhares de centelhas que, unidas, acenderam a luz para esses anjinhos serem resgatados. Ações como essa só fortalecem ainda mais a certeza de que quando os seres humanos se unem em vibrações e emanações gentis e amorosas, não há más condições, nem sombras, nem misérias, nem males de nenhuma forma que não sejam vencidos.”

Entre os exemplos, também encontramos slide significativos, este assinado por Budismo Engajado: “QUE TODOS CONSIGAM SAIR DE SUAS CAVERNAS.” E outro: “Meditação serve para quê? Pra vivermos e sairmos da Caverna, seja ela qual for.”

Vilma Capuano comentou em sua timeline dia 10.07: TODOS SAÍRAM! E HOJE COMEÇA O NOVO AMANHÃ... E discorre brevemente sobre o Mito da Caverna, de Platão: “É uma metáfora criada pelo filósofo grego Platão, na tentativa de explicar a condição de ignorância em que vivem os seres humanos, aceitando as ideias e conceitos que são impostos por um grupo dominante, e o que seria necessário para atingir o verdadeiro “mundo real” através do senso crítico. O indivíduo que consegue se “libertar das correntes” e vivenciar o mundo exterior é aquele que vai além do pensamento comum, criticando e questionando a sua realidade.” Ela resume o Mito: “Existia um grupo de pessoas que vivia numa grande caverna com seus braços, pernas e pescoços presos por correntes (=crenças) forçando-as a fixarem-se unicamente para a parede que ficava no fundo da caverna. Atrás dessas pessoas existia uma fogueira e outros indivíduos que transportavam ao redor da luz do fogo imagens de objetos e seres, que tinham as suas sombras projetadas na parede da caverna. Como os prisioneiros podiam enxergar apenas as sombras das imagens, julgavam serem aquelas projeções a realidade. Certa vez, uma das pessoas presas nesta caverna conseguiu se libertar das correntes e saiu para o mundo exterior. A princípio, a luz do sol e a diversidade de cores e formas assustou fazendo-o querer voltar para a caverna. No entanto, com o tempo, ele acabou por se admirar com as inúmeras novidades e descobertas que fez. Assim, quis voltar para a caverna e compartilhar com os outros prisioneiros todas as informações e experiências que existiam no mundo exterior. As pessoas que estavam na caverna, porém, não acreditaram naquilo que contava e chamaram-no de louco. Para evitar que suas ideias atraíssem outras pessoas para os “perigos da insanidade”, os prisioneiros mataram o fugitivo. (Vide mais sobre o Mito da Caverna aqui: https://www.todamateria.com.br/mito-da-caverna/)

E ainda Vilma Capuano (https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10204867815652877&id=1764077924) fez um interessante post: “ASSIM COMO DOS 33 MINEIROS CHILENOS EM 2010, O RESGATE DOS 12 MENINOS NA TAILÂNDIA TRAZ UMA LUMINOSA MENSAGEM ANTES DOS ECLIPSES DE JULHO” em que analisa sob a perspectiva da Numerologia a questão do ‘12’ presente no contexto dos Meninos da Tailândia: ‘Um dos princípios da Nova Era é ‘viva e deixe viver’ - esteja consciente de que os outros devem ser eles próprios – e desfrute da Plenitude aprendendo a tolerar o que difere da sua Integridade. Assim como o ‘33’, número da Consciência Crística, o ‘12’ traz uma importante simbologia mística. A jornada simbólica da alma através dos doze signos solares é a forma como alcançamos experiência física e mental em nossos corpos densos. A alma ‘nasce’ e vivencia todos os estágios de crescimento espiritual.

O que significa o 12? ... 12 = 1+2 = 3

O 3 é o primeiro número da geometria, já que são precisos três pontos para formar um triângulo, a primordial figura geométrica. 30 graus vezes 12 completam 360 graus de uma circunferência perfeita.

As notas musicais são 12, assim como as cores; há 12 meses, nosso dia é dividido em períodos de 12 horas. A nação de Israel era composta de doze tribos. Na mesa de ouro dos pães eram colocados doze pães (Lev. 24:5,6). Elim tinha doze fontes de água (Ex. 15:27). Foram enviados doze homens para espiar a terra (Num. 13). José pôs doze pedras no rio Jordão (Josué 4:9). Elias usou doze pedras para construir um altar (I Reis 18:31,32). Depois de cinco mil pessoas terem se alimentado, as sobras dos cinco pães e dois peixes encheram doze cestos (Mat. 14:20).  Jesus foi a Jerusalém aos doze anos de idade (Luc. 2:42). Ele escolheu doze apóstolos e lhes prometeu o direito de se assentarem em doze tronos (Mat. 19:28). Ele levantou da morte a filha de Jairo, que tinha doze anos de idade (Luc. 8:42,54,55). (...)”

Nosso leitor poderá fazer sua própria pesquisa sobre a simbologia do “12” e ficar com as conclusões obtidas em seus corações.

Depois concluído o resgate dos meninos, saiu um depoimento muito importante: “Fizemos algo que ninguém pensou ser possível. Foi inédito no mundo’, comemorou o chefe da operação, Narongsak Osottanakorn, ao final do resgate. Foi uma ‘missão possível’ para a equipe Tailândia. O oficial lembrou: ‘Dessa vez, os heróis foram pessoas de todo o mundo’, referindo-se aos socorristas de várias nacionalidades que ajudaram no resgate. ‘Essa missão foi bem-sucedida porque tivemos o poder do amor. O mundo emanou isso aos 13 [presos]. Quando há vontade, há um caminho’, acrescentou Churat Panngao, um comandante da polícia regional próximo à operação.’” Vide matéria completa aqui: https://www.metropoles.com/mundo/chefe-de-resgate-na-tailandia-nao-sabemos-se-foi-milagre-ou-ciencia.

E nós, da nossa parte, sabemos que o caso dos meninos da Tailândia foi um evento grandioso, rico de significados e de sincronicidades, um mundo de conhecimentos a ser explorado,  cognizado e integrado, pois tudo tem o divino propósito nas entrelinhas. É como uma expressão muito usada pelos Trabalhadores da Luz: “Está tudo certo.” Gabriel RL já abordou esse tema. Está dentro desta palestra (de 2014, mas a temática ainda é atual) “Tudo é Justo e Perfeito, a Reencarnação É a Prova Disso.” Vide aqui: (https://www.youtube.com/watch?v=ezdXl4ql5zQ&t=29s).

Para concluir, vamos deixar aqui as palavras de duas Sementes das Estrelas do PVSE, a Cintia Libório (da Noruega), que disse:  

“- Ouvindo a TV por aqui, vi muitas manifestações de solidariedade, mobilização de todo o Planeta. Pessoas se sensibilizando com essas questões, pessoas se manifestando em querer ajudar e fazer algo para solucionar. De repente, é bem por aí, para despertar esse outro lado nas pessoas e mostrar que a humanidade ainda tem esse outro lado. Mostrar que as pessoas se importam, que ainda existe a compaixão, a solidariedade, o amor, o desejo de ajudar, de compartilhar e de trabalhar junto. E por que na Tailândia? Na cultura budista? Porque aquelas crianças daquele lugar? Talvez para mostrar esse outro lado. Mostrar o que é a meditação e no que isso pode contribuir. No caso daquelas crianças, que aprenderam a meditar com o treinador para se acalmarem, para entrarem em estado de tranquilidade e conseguirem suportar toda a dificuldade que estavam passando . Talvez isso seja uma forma de despertar e mostrar para o mundo esse outro lado, a importância da introspecção, da meditação, da espiritualidade...”

E da Flavia Grimaldi (do Canadá) que complementou:

“- Essa história da Tailândia mexeu tanto comigo!... Eu acho que realmente aconteceu lá para mostrar mais desse povo, desse povo da Tailândia, porque esses meninos foram um exemplo. Quando a equipe chegou para resgatá-los, eles estavam numa calma, numa tranquilidade, sem desespero. Foi muito lindo! E as pessoas, em geral, que também tiveram solidariedade. Teve gente que viajou mais de 800 km para oferecer comida de graça. Então, isso tudo passou uma lição de amor, de manter a calma, lição de fé, de coragem. Eu vi o depoimento do chefe da equipe de resgate quando tudo terminou, contando como tinha sido a operação. Ele falou exatamente isso. Que tudo isso serviu para mostrar ao mundo a lição de amor, de solidariedade, de fé, de tudo!... Então isso serviu para unir as pessoas. Todos que fizeram parte disso, tanto os repórteres, as pessoas que estavam lá. Todo mundo se emocionou... porque era essa a energia presente: a energia do Amor... Então, as pessoas sentiram!”

Assim, as lições estão sendo sentidas e divulgadas, aos poucos. Há ainda muita coisa por vir, pois, reiterando aqui a menção do P1, “assimilação de mensagem maior em andamento.” E a mais recente menção deles, do dia 11.07, que diz “Libertações cavernosas finais acontecem. Consciência de Unificação estabelecida de vibrante.” E assim é.

“... Confiantes, seguimos nossas atividades de Trabalhadores da Luz conscientes e incansáveis nas nossas tarefas e muito respeitosos ao que disse a Frota Prateada: ‘Sabemos que as nossas verdades ressoam com as verdades de vocês porque, no fundo, é uma ÚNICA. É por isso que estamos juntos! É por isso que estamos em sincronia! É por isso que há sincronias de informações! ’”- (Mensagem da Frota Prateada, do dia 25.04.2018, vide aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/04/relatorio-da-frota-prateada-portais-na.html).

Vitória da Luz, sempre!!!

Solange Yabushita


Elaboração: Solange Yabushita


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

MESTRADO: (MESTRE RENIY / MESTRE URY) CLIQUE AQUI
PARA COSMOBIOGRAFIA E SÍMBOLO PESSOAL CLIQUE AQUI
ESCLARECIMENTOS: COSMOBIOGRAFIAS E FALANGES DO P1
TOMANDO CONSCIÊNCIA DO SEU EU DIVINO CLICANDO AQUI

VEJA MAIS NOTAS DO PLÊIADES 1 CLICANDO AQUI 
INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI
CHAMADA AOS AGRUPAMENTOS/FALANGES! CLICANDO AQUI
TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI
ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI

AS ILHAS E SUAS EXPRESSÕES CLICANDO AQUI
OS CANTOS DAS SETES RAIZES CELESTES CLICANDO AQUI

SEE MORE NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE
INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

----------------------------------------------------------------------------------------

VEJA MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS CLICANDO AQUI

Amor e Bênçãos,

Gabriel RL 

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...