BENJAMIN FULFORD - "ATUALIZAÇÃO SEMANAL" - 25.03.2019



NEGOCIAÇÕES PARA CRIAÇÃO DE UMA "GOVERNANÇA, ATRAVÉS DE UMA FEDERAÇÃO MUNDIAL" ATINGE UM ESTÁGIO CRÍTICO, NA MEDIDA EM QUE O SIONISMO SE DESINTEGRA

O mês de Março continua suas loucuras, com um acontecimento histórico sem precedentes – a formação do primeiro governo mundial – se desdobrando diante de nossos olhos. O que está acontecendo é que a Loja Maçônica P2 e as pessoas que criaram oMonoteísmo estão fazendo um acordo com as sociedades secretas asiáticas para criar uma “governança, através, de uma federação mundial”, confirmam fontes P2 e da Sociedade Secreta Asiática. Agora, as únicas pessoas que estão no caminho são os adoradores de Satanás e os Sionistas fanáticos que ainda se apegam a antigas superstições.

Existem vários eventos noticiosos que confirmam isso. Por exemplo, observem esta imagem das negociações entre a China e Mônaco no site oficial de notícias chinês Xinhua.


Vejam se isso se parece com negociações entre um país de dois quilômetros quadrados com uma população de 38.400 habitantes e o governo de 1,4 bilhão de chineses? O que realmente está acontecendo é que Mônaco é o quartel-general da muito poderosa e secreta Loja Maçônica de Mônaco, também, conhecida como P2. Isso significa que Mônaco é uma poderosa cidade-estado que rivaliza com Washington, D.C., a cidade de Londres e o Vaticano. Segundo fontes da P2, estão discutindo cooperação “em campos como ciência e tecnologia, inovação, proteção ecológica e ambiental, conservação da vida selvagem e energia renovável”.

A mídia oficial chinesa, também, está falando abertamente sobre uma “nova era”, como se já tivesse começado. Ao descrever a visita do presidente chinês Xi Jinping à Itália, a Xinhua reporta que “a China está pronta para se unir à Itália, para manter firmemente a direção das relações bilaterais na nova era” e negociar “questões importantes, como assuntos das Nações Unidas, governança global”, mudanças climáticas e a Agenda 2030 para um Desenvolvimento Sustentável”.


As sociedades secretas asiáticas decidiram negociar diretamente com as sociedades secretas italianas, após a fracassada reunião de cúpula, em 27 de Fevereiro, entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e o poderoso norte-coreano, Kim Jong-un.

Para eles, este encontro deixou claro que Trump, realmente, não estava no comando, dizem fontes do MI6 e da Sociedade Secreta Asiática. É por isso que Xi Jinping cancelou sua planejada reunião, em Março, com Trump e foi para a Itália, “para conhecer os verdadeiros chefes”, os representantes das 13 linhagens, dizem fontes do MI6. 

Agora, toda a história superficial sobre o encontro de Trump/Kim, entre uma nação empobrecida de 25 milhões de pessoas e a superpotência mundial está desmoronando. Por exemplo, o ex-chefe da missão da CIA, na Coréia, Andrew Kim, revelou isso quando disse numa audiência em Seul, Coréia, na semana passada, que Kim exigiu a desmilitarização total do Havaí e de Guam, bem como o desmantelamento da frota naval norte-americana do Indo-Pacífico.



O fato de Kim, apesar de ser chefe de uma pequena e falida nação se sentir capaz de ostensivamente fazer tal exigência, confirma que, na verdade, ele é um chefe sênior da Sociedade Secreta Asiática, exatamente, como fontes da NSA há muito tempo nos disseram.

Em todo caso, outro sinal incomum veio com o fim da investigação de Robert Mueller sobre a “interferência da eleição russa”, sendo anunciada em 22 de Março – ou 322, o número da Skull and Bones.

A Skull and Bones é amplamente conhecida como uma sociedade secreta da Universidade de Yale. No entanto, os maçons dizem que o crânio e os ossos originais podem ser encontrados numa igreja situada em Roma, construída pela mãe do Imperador Constantino, no ano 322. Abaixo está uma foto da escultura original da caveira e ossos localizada lá.


Esta data foi escolhida pelos P2, como um sinal para os insiders de uma mudança fundamental, de acordo com fontes maçônicas P2.

Também, não é coincidência de que o Japão anunciará o nome de sua nova era em 1º de Abril e instalar um novo Imperador em 1º de Maio, disseram fontes da Sociedade Secreta Asiática.

O surgimento da nova era, também, será visto com a implosão do Sionismo, concordam múltiplas fontes. Fontes do Pentágono dizem que se o povo de Israel reeleger o assassino em massa, Benjamin Netanyahu, como Primeiro-Ministro, então haveria uma curta e afiada campanha militar para remover do poder os criminosos regimes israelense e saudita. O provável gatilho seria um movimento da Rússia, Turquia, Irã, Síria, Iraque, Jordânia e Egito para aproveitar as Colinas de Golan, disseram fontes do Pentágono. As fontes acrescentam que o reconhecimento “ilegal” de Trump da soberania israelense sobre as Colinas de Golan “não é apoiado pela força militar dos EUA e isola Israel, ainda mais, com a enorme oposição internacional da ONU, UE, Reino Unido, França, Alemanha, Egito, Rússia, Turquia, Irã, etc.” As fontes acrescentam que Trump “interpreta um papel de fantoche fazendo coisas para Israel até que um dia não fará mais”.

A questão de Golã é apenas “outro prego no caixão do Sionismo”, continuam as fontes. Elas observam que pensamento policial Sionista e seu discurso de ódio (Southern Poverty Law Center) estão implodindo, enquanto os políticos do partido Democrata estão boicotando uma reunião que está sendo realizada pelo grupo de lobby do AIPAC (Comitê de Assuntos Públicos Americano Israelense). Estão boicotando, porque a maioria dos judeus americanos está despertando para o fato de que foram os Sionistas que, realmente, os responsáveis pelo Holocausto, dando as costas para eles.

Outros sinais de colapso Sionista, também, foram vistos na semana passada, quando o “doador Sionista, Bob Kraft, pode ser forçado a vender o time de futebol americano ‘Patriots’ e a Brown University se torna a primeira escola da Ivy League, onde os estudantes fizeram uma votação em que 69% foram favoráveis à alienação das empresas que estejam fazendo negócios com Israel”, anotam as fontes.

Fontes do Pentágono estão dizendo que o lançamento do Relatório Mueller, isentando Trump, levará à desclassificação do FISA, à divulgação do relatório do Inspetor-Geral do Departamento de Justiça, à revelação de acusações e aos tribunais militares. Já ouvimos tudo isso antes e vamos acreditar nesses tribunais, na medida em que eles realmente aconteçam.

Uma boa maneira de começar seria com a prisão Jared Kushner. Não se esqueçam, o edifício 666 na Fifth Avenue, de Kushner, era onde estavam desenvolvendo microchips da “marca da besta”, para implantar na cabeça das pessoas. Existem evidências suficientes da criminalidade de Kushner para alguns até afirmarem que ele seja o Anticristo.


Nesta frente, o ex-oficial de operações da CIA, Robert David Steele, observa que: 

“O livro Kushner, Inc. criou uma tempestade de artigos na mídia apontando para Jared Kushner seguindo os passos de seu pai, direto para a cadeia. Usando o WhatsApp para se comunicar com líderes mundiais, ignorando todos os protocolos oficiais e canais de comunicação, traindo a confiança do Presidente em vários níveis, violando múltiplas leis de fraude, impostos e imóveis, Kushner parece estar sendo demitido da Casa Branca, num final ignominioso. Sua esposa – e filha do Presidente – foi exposta como uma perua vazia com um senso de direito que desafia qualquer crença.”

Além da destituição de Kushner, as pessoas estão perguntando por que os pedófilos de alto perfil não estão sendo capturados. O site do Qanon recentemente publicou muitas evidências ligando as celebridades de alto nível à Ilha Pedófila de Jeffrey Epstein. Como Trump era um visitante desta ilha e é o sogro de Kushner, pode ser que seja destituído, se não agir nessas frentes, dizem fontes da CIA.

A investigação criminal da Boeing sobre o sequestro remoto e queda de aviões, pelo menos, é um sinal de que alguma ação contra a cabala nos EUA já começou. Até o Secretário Interino da Defesa, Patrick Shanahan, está sendo investigado por seu envolvimento, dizem fontes do Pentágono.


As fontes dizem que esta investigação “levará ao seu equipamento militar superfaturado”, à corrupção no Departamento de Defesa e no complexo industrial militar, bem como à corrupção corporativa e no governo dos EUA.

A contínua exposição pública de atos criminosos pelos oligopólios de alta tecnologia é outro sinal. O exemplo mais recente é a confirmação de que as empresas de tecnologia estão usando de forma ilegal e sistemática, telefones celulares para espionar pessoas para fins comerciais e outros. Aqueles incrédulos, tentem falar sobre os produtos que planejam comprar e, em seguida, deem uma olhada nos anúncios que aparecem na próxima vez que navegarem na web.


É claro que os Sionistas não vão desistir facilmente. As empresas de alta tecnologia, por exemplo, estão tentando obter proteção chinesa, em troca de transferências de tecnologia para a China. Parte disso envolve promessas de fornecer aos chineses o domínio completo sobre a população mundial com tecnologia de controle mental 5G, dizem fontes do Pentágono. O Pentágono está fazendo o melhor para impedir isso, acrescenta. A confirmação superficial disto pode ser vista aqui:


Os Sionistas, também, vão continuar tentando usar computação gráfica para espalhar desinformação e propaganda. O exemplo mais recente é outro vídeo falso de Neil Keenan.


Neste vídeo, observem que o Keenan está usando uma calota craniana judaica, enquanto o verdadeiro Keenan era Católico Romano. Meu contato da CIA, na Indonésia, que fala a língua e está lá há 20 anos, confirmou que as autoridades indonésias não têm registro de nenhum Neil Keenan entrando em seu país. Observa que este último vídeo e postagem saiu para coincidir com a circulação de títulos reais reivindicando 91.173 toneladas de ouro indonésio. “Essa é outra maneira pela qual os [falidos] Rothschilds estão tentando acessar os bunkers [de ouro], mas isso não vai acontecer”, diz ele.

É provável que haja mais explosões, sabotagem, desastres climáticos orquestrados e muito mais, na medida em que a besta Sionista agoniza em todas as direções.


Por exemplo, o Reino Unido, está se preparando para um tumultuado Brexit, com planos de evacuar sua liderança para bunkers, disseram fontes do MI6. As forças armadas do Reino Unido estão se preparando para assumirem a logística, como a entrega de alimentos e combustível, caso os computadores do sistema financeiro (caixas eletrônicos, etc.) fechem, dizem eles.



Numa nota final desta semana, observo que muitas pessoas podem denunciar este escritor como um “globalista”. Gostaria de lembrar aos leitores que tudo o que estou fazendo é reportar o mundo como ele realmente é, não como gostaria que fosse. No entanto, o mundo precisa cooperar para parar o atual evento de extinção em massa em nível planetário e é isso que os líderes mundiais parecem estarem tentando fazer.


Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui